Eu Recomendo – Hal.

Screen Shot 02-26-14 at 01.11 AM 002       Para lugar nenhum… Elas continuam aqui.

Embora HAL tenha estreado em junho do ano passado, achei perdido esse ano e me surpreendi por nunca ter ouvido sequer falar dele nesse meio tempo. Com a mangaká Io Sakisaka (Strobe Edge, Ao Haru Ride), que criou o design dos personagens; Ryoutarou Makihara, que fez sua estréia dirigindo o filme pela Wit Studio, temos também Katsuhiko Kitada (Guilty Crow, Fullmetal Alchemist: The Sacred Star of Milos), responsável pela animação dos personagens como Diretor-Chefe de animação e Asami Kiyokawa (Paradise Kiss), o Diretor de Arte Visual. Michiru Oshima (Fullmetal Alchemist, Beck) foi o responsável pela trilha sonora e a linda Hikasa-san que canta a música tema Owaranai Uta (Poema Interminável). Poderia se esperar algo maravilhoso com essas pessoas né? Dito e feito.

Hal mostra um lado mais filosófico da vida.

Não queira fazer como eu que em busca de passar a tarde chuvosa de domingo (que pessoalmente já é deprimente ensolarada) com algum filme super alegre e tentando escapar, de qualquer maneira, de pensamentos reflexivos, me deparo com Hal em designs maravilhosamente chamativos e relaxantes e logo que começa já penso, chorando, “PORRA’’ alguém morreu! /o/

Nos primeiros minutos vemos Q01, um robô, presenciar um avião explodir, o que para mim já passou uma estranha sensação. Pois, o senhor que chama Q01 olha para o avião e trata como sendo uma coisa normal. Tipo, “foda-se aviões explodem à todo momento” e ao ler um sms quase desmaia. O que até esse ponto fica óbvio que ‘’alguém’’ muito importante naquele avião… Morre.

Porém é aí que está o laço, o toque final, a cereja do bolo em HAL.

Segundo a sinopse, Kurumi perde HAL em um acidente de avião e Q01 é enviado para substituir HAL e dar sentido novo à vida de Kurumi.

Screen Shot 02-26-14 at 12.54 AM 001 Screen Shot 02-26-14 at 12.55 AM 001Screen Shot 02-26-14 at 12.54 AM 008 Screen Shot 02-26-14 at 12.54 AM 009 Screen Shot 02-26-14 at 12.54 AM 011Screen Shot 02-26-14 at 12.55 AM

Screen Shot 02-26-14 at 12.54 AM 016

Com cubos mágicos, flashbacks mostrados em um botão-câmera que Kurumi tende a assistir algumas vezes e Hal-Q01 perguntando para as pessoas do local sobre seu EU, vemos que há mais do que apenas ‘’um luto’’ a ser tratado e que as coisas não como são.

Sinto uma enorme vontade de contar cada mínimo detalhe do filme, cada pensamento e sentimento que tive ao vê-lo, mas poderia acabar passando uma ideia super exagerada do filme e decepcioná-los ou passar a vocês a vontade de me matar por contar spoiler de um filme que para mim foi magnífico. Magnífico por que em 60 minutos me passou o necessário para pensar que a vida é muito, muito mais do que ficar parado esperando ela passar, esperando as oportunidades passar, esperando pessoas importantes passarem. Porque senão todas essas coisas passaram e sem que vejamos também iram. Como num piscar de olhos.

A última fase do luto é a aceitação, e é um triste momento no filme quando o personagem aceita a morte da pessoa amada. O fato de seu amor querer a todo custo tê-lo libertado de todas as dores e amarras do mundo e sem que se perceba essa pessoa se vai… o que sentir senão culpa; solidão? Ver que a vida é mais que passado… A vida é o presente, que forma o futuro.

“A pior parte do fim é o recomeço” – LP.

Realmente quando o personagem aceita que acabou, que há momentos que não voltam por mais que se queira. Vemos uma pergunta que paira na mente de todos e que no fundo têm milhares e nenhuma resposta.

-Para onde vão as pessoas depois de morrerem?…

Este slideshow necessita de JavaScript.

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Por, Skyzinha-chan

6 comentários em “Eu Recomendo – Hal.

  1. Um “Eu Recomendo” rápido e simples õ/

    Geralmente os filmes de ação ou aventura que se destacam mais no ano? uma obra como essa não pode passar despercebida, acho que não me decepcionarei quanto ao drama.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s