Comentando – Kuroko no Basuke II – Episódio #8

capa

Somos o clube de basquete do colégio Seirin

A fúria de Hyuga e uma bela amizade

MEU. CORAÇÃO.

É TUDO QUE TENHO A DIZER. Pronto, acabou. É isso. Até a próxima.

BRINCADEIRINHA, eu tenho tantas coisas a dizer sobre esse episódio que sinto que deixarei meu coração falar por mim, então… Leiam!

h

Primeiramente, falar do terraço. Esse terraço que a gente conhece faz um bom tempo e agora entende por qual motivo virou uma tradição da Seirin fazer esse tipo de grito de guerra. Aliás, muito mais que um grito de guerra, um grito de determinação e sentimento! De esperança! (NO CASO DO HYUGA, eu o imagino rezando todas as noites, do tipo: eu não quero mostrar minha bunda, eu odeio o Teppei, a culpa é dele, alguém me salve… NÃAAAAO, QUE MERDA EU FIZ! Hyuga Feelings)

E cara, eu jurava que o Mitobe ia gritar. Porém, o Koga gritou por ele (pelo que eu entendi e ouvi).

Sinceramente, foi um episódio maravilhoso.

h6

Eu sou uma dessas pessoas que acredita muito em destino, em momentos que acontecem e a gente nem percebe. Não só os momentos como também as pessoas que fazem parte de cada momento em nossas vidas. E vocês devem estar pensando: estávamos falando sobre terraço e agora destino… No que ela quer chegar? Pois bem, eu quero chegar até o Kuroko… Como vocês devem ter visto no episódio, passou a galera da Geração dos Milagres em frente à Seirin, certo? E então, todos ficaram maravilhados com a força de presença de cada um da equipe. No entanto, nenhum deles percebeu quando o Kuroko passou por eles.

h7

E cá estamos nós, vendo o oitavo episódio da segunda temporada, com a Seirin tendo suas esperanças justamente em quem? No Tetsuya e também no Kagami. E cara, não é o primeiro encontro marcante que acontece na série… Temos também o encontro HyugaxTeppei (sem esse encontro, a equipe Seirin não existiria), o encontro KagamixKuroko (sem esse encontro, a Seirin se sentiria sem esperanças e Kagami continuaria sendo um metidinho), o encontro TeppeixMakoto no passado e no presente, propiciando uma nova motivação para o Kagami e para o Kuroko, que com certeza ficaram putos ao ouvirem toda a história e vão descontar com tudo no time Kirisaki Daiichi. Além disso, HimuroxKagami, despertando mais uma motivação para a competição entre Seirin e a escola do Murasakibara, Yosen.

h3

Trazendo esses encontros à tona, vejo que a Seirin não só é uma grande equipe como também está apta a ajudar seus membros, por meio do basquete. Então, sem palavras, mas com atitudes e por meio do que os movem (o basquete), eles enfrentarão quem for necessário e treinarão o quanto for preciso para colocarem seus objetivos em dia. Eles não só querem ganhar e serem os melhores do Japão como também querem estabelecer sua amizade e calar a boca de quem acha que manja das coisas.  E o episódio foi sensacional para não só demonstrar como afirmar, DEFINITIVAMENTE, quem é o colégio Seirin. Antes e agora.

Seirin hoje, Seirin ontem, Seirin agora, Seirin sempre.

Com a Riko no comando e os membros de antes ainda presentes, a meta deles não mudará, sabe? Não importa quem entre, eles colocarão a pessoa na linha. Tipo isso. A Seirin tem que ser uma só… Apenas juntos eles conseguem e foi um dos fatores para eles perderem quando o Teppei foi forçado (PRECISO COMENTAR ESSA PARTE, SOS) a sair do jogo e não participar das finais.

Não é pela Seirin ser fraca sem o coração de ferro, é pela Seirin saber que precisa do seu companheiro para vencer… Cada um tem sua função e perder um único membro, em qualquer time de basquete, muda tudo!

h5

Well, agora a parte que obviamente despertou a atenção de todos, foi a formação da amizade entre Hyuga e Teppei, demonstrando mais uma vez que o mundo de todos ali é movido pelo basquete. Ainda que Hyuga dissesse odiar o Teppei e ficasse com raiva pelo pessoal da arquibancada gritar por ele, aos poucos, com passadas incríveis e confiança um no outro, tal sentimento foi saindo da quadra e alcançando o cotidiano deles… Aos poucos, Hyuga foi entendendo e norteando Teppei e Teppei foi fortalecendo Hyuga. A partir do momento em que o objetivo deles virou o mesmo, não havia para que pensar em ódio… Numa quadra, quando se joga junto, com o clima da Seirin, a última coisa que vem em mente é o ódio… Talvez uma raiva e tal, mas nunca o ódio! Além disso, eles viraram uma ótima dupla em quadra!

E OBVIAMENTE, pessoal que curte yaoi, viu mais que amizade que eu estou sabendo UEUIEHUIEHUIHEUIHUEHUIHEIU

Mas, como já disse, meu OTP sempre será HyugaxRiko em Kuroko no Basuke. Além disso, sempre fico feliz quando vejo uma amizade assim nos animes, faz a gente ficar com esperanças na vida ❤

h9

h11

PORÉM, é diferente quando você está assistindo o jogo e vê um cara como o Makoto fazendo a merda que fez. PORRA! Desculpa, gente… Mas, eu não agüentei. NÃO AGUENTEI ver o Teppei naquele estado, falando estar bem e o Hyuga não poder fazer nada.

h10

E então, agora, sabendo o que aconteceu e tudo o mais, eu quero mais é que a Seirin dê o seu melhor e coloque Kirisaki Daiichi para correr. Não quero que batam no Makoto ou que deem o troco de forma agressiva. QUERO QUE OFEREÇAM O MELHOR DO BASQUETE E MOSTREM DO QUE SÃO CAPAZ, AGORA, MAIS DO QUE NUNCA, EU SOU SEIRIN!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Seirin, not Shorin

Vocês não possuem noção de como estou com raiva do personagem. No entanto, isso serve para mostrar que ele segue muito bem o seu papel, que é o de despertar nosso ódio. Além disso, ele tem aquela cara horrível dele que contempla muito bem do que ele é feito.

h15

Ver a amizade do Teppei e do Hyuga se firmando e as coisas voltando ao seu lugar, a oportunidade de “vingança” foram os pontos altos do episódio.

Espero ansiosamente por um jogo FODA.

E nem preciso dizer que fiquei arrepiada com essa frase do final:

“Depois disso, sem o Kiyoshi, nós fomos esmagados pelos três reis de Tóquio no quadrangular final”.

h13

PAKSPOAKSOKZAPOKSZAPOKSOPAKSOPAOPSAPOKOKSPOA

h14

CARA… EU NÃO CONSEGUI… VER UM HOMEM COMO O TEPPEI CHORANDO, VER O HYUGA AO LADO DELE. MEU CORAÇÃO PAROU COMPLETAMENTE. TEPPEI, COMO EU QUERIA TE AJUDAR D:
MEU KOKORO PRATICAMENTE PAROU DE FAZER DOKI DOKI… MIL LÁGRIMAS

ESTÁVAMOS ESPERANDO… AI, O ÚLTIMO ANO COM O TEPPEI NO TIME… EU NÃO CONSIGO… SÓ DE PENSAR NISSO D:

E temos que ver pelo lado dele também: basquete é a vida dele. Cara… Cara…

Aliás, queria citar também que bateu uma saudade do basquete quando eu vi o pessoal ganhando os uniformes, treinando e tudo o mais. Foi realmente muito fascinante e cara, não poderia ser diferente: Teppei já virou um dos meus personagens favoritos de Kuroko no Basuke… Não tem como… Ele, Hyuga e o Midorima são os meus preferidos até agora.

h4

O episódio oito, com drama e claro, a comédia de sempre, ganhou um espaço forte no meu coração. Foi ótimo para desenrolar a história e para o próximo jogo.

Sucesso puro!

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Até mais, Den-chan o/

Fiquem à vontade para me seguir no Twitter e mandar um alô o/

4 comentários em “Comentando – Kuroko no Basuke II – Episódio #8

  1. esse episódio foi emocionante, eu quase chorei com a forte amizade do teppei eo hyuga. agora esse makoto faz ter muita raiva dele da até vontade de entrar no anime e espancalo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s