Guia Completo – Animes da Temporada de Verão: Julho/2016

guia_animes_summer_season_temporada_julho_verão_2016_completo

A melhor Summer Season dos últimos anos!! E a melhor temporada de 2016…?

Nossa, parece que o ano mal começou e já estamos indo pra temporada de julho. Geralmente a gente só choraria por estar ficando mais velho e por estar entrando numa temporada que não costuma ter grandes investimentos, mas dessa vez o negócio está diferente! Muitos animes interessantes, vários títulos promissores, grandes franquias retornando, filmes incríveis e vários OVAs/ONAs bacanas. Essa temporada de julho com cara de abril e outubro tem tudo pra ser a melhor season do ano!

Sem dúvida tem potencial de ser a melhor temporada de verão japonês dos últimos anos. Veremos se isso irá se confirmar, mas o importante mesmo é poder se divertir assistindo novos animes. Enfim, novamente preparamos um guia gigantesco e super informativo pra vocês. Dessa vez batemos o recorde de animes analisados, são mais de 80! Infelizmente ele seria postado muito antes, mas tive problemas sérios por aqui, além de uma gripe fodida daquelas violentas que a gente tem uma a cada uns 3 ou 5 anos.

Sempre que sair algum dado novo referente a algum dos animes dessa temporada estarei aqui atualizando o post e colocando qual foi a atualização que fiz logo abaixo desses parágrafos de introdução no ”Atualizações até o momento”.

Aproveitem o guia, não deixem de votar nas enquetes e comentar!

Atualizações até o momento:

Última atualização: 03/07/2016

– Adicionado trailers de Handa-kun e Kono Bijutsubu ni wa Mondai ga Aru! (03/07)

– 

Animes

D.Gray-man Hallow

D.Gray-man-HallowSinopse: Nova temporada de D.Gray-man.

Perto do final do século 19, Allen Walker junta-se oficialmente a organização dos Exorcistas, que destroem os seres conhecidos como Akuma, armas mecânicas feitas pelo Conde do Milênio com as almas sofredoras dos mortos. Allen tem tanto um olho amaldiçoado e uma arma anti-Akuma como um braço normal, tendo o poder da “Innocence”, um presente dado a ele como um apóstolo de Deus. Allen, junto com seus companheiros Exorcistas devem pôr fim a trama final do Conde do Milênio que poderia levar à destruição do mundo e todos os que vivem nele.

Comentários: MEEEEEUU DEEEEEUUUSS!!!!!! OMG!!!!!!! NÃO ACREDITO, D.GRAY VAI VOLTAAARR!!!!! OBRIGADO, MADOKAAA!!!!! QUE ALEGRIA!! QUE EMOÇÃO!! TÔ CORRENDO EM CÍRCULOS AQUI!!! JD8389JHIOADK09QWIOASDJK8

Nossa, sério, que felicidade. Eu AMO D.Gray! É o meu shounen favorito e um dos meus títulos favoritos no geral. É sensacional, gente. Nem acredito que depois de 7 anos o anime vai estar voltando. A animação anterior teve 103 episódios e provavelmente só acabou chegando ao fim devido a doença que a Hoshino-sensei teve na época e também porque estavam se aproximando dos capítulos atuais do mangá. O anime terminou bem após o arco do primeiro Akuma level 4 que atacou a central. Foi um puta arco! Até hoje me lembro daquele final que mostrava a outra identidade do Conde e demais Noahs… Muito foda.

Já foi confirmado que essa nova temporada de D.Gray vai continuar após os acontecimentos do episódio 103, portanto não será um remake ou um reboot, mas sim uma continuação. Óbvio que eu acharia bem bacana poder ver o anime todo em HD desde o começo, só que ter uma continuação é MUITO melhor!! Pelo menos pra mim. Os arcos que se sucedem ao do final da primeira temporada são incríveis!! Tem o arco do passado revelado do Kanda, tem o arco do Cross Marian, tem o Allen tomando uma decisão muito drástica que muda o seu rumo, tem o Alma Karma, tem a Lenalee recebendo uma confissão indireta (?), tem o Lavi e o Bookman em situação complicadíssima, tem MUITA coisa!

Felizmente, a Hoshino-sensei se curou, está conseguindo serializar o mangá com capítulos trimestrais na revista trimestral Jump SQ.Crown e agora seria o momento ideial, realmente, pra dar esse novo gás, esse novo boost na série. Achei a continuação do anime um belo acerto da Shueisha. D.Gray é uma das maiores franquias da história da editora, e mesmo depois de vários e longos hiatos, com idas e vindas do mangá, o título continua extremamente popular e vendendo horrores. Isso definitivamente não é pra qualquer obra. São poucas que resistem a infortúnios assim.

O estúdio será o mesmo que cuidou da primeira temporada, os meus lindos da TMS Entertainment. Os PVs ficaram sensacionais, deu pra ver que o character design tá super fiel ao mangá e não teve muitas mudanças em relação a S1. Foi muito emocionante ver os personagens de novo com aquela trilha sonora FANTÁSTICA da primeira temporada e em HD!! O diretor será o mesmo do recente Cross Ange, que também já passou por episódios de Madoka Magica e Bahamut Genesis, por exemplo. O gênio Wada Kaoru estará de volta para cuidar da trilha sonora do novo anime! As músicas da s1 são incríveis e casam perfeitamente com o clima da obra. Não foi divulgado o roteirista, mas teremos 3 pessoas responsáveis pelos scrips. Uma delas já passou por vários episódios de Toradora!, mas o nome de destaque é da Yokote Michiko, a super experiente que já fez bonito em vários títulos, como Shirobako, Genshiken, Dagashi Kashi, Bleach, Gintama, Naruto, Nourin, Prison School, Senyuu, Sore ga Seiyuu, Holic, Yamada-kun, entre vários outros. O anime não está com uma staff super empolgante, mas tem nomes muito competentes, sim.

Bem, eu tô extasiado aqui. Emocionado mesmo. Tô muito feliz com essa continuação e acredito que exista material de sobra para um anime 2 cour pra mais. Mas é aí que entra o primeiro ponto a ser debatido sobre esse novo anime de D.Gray. Foi confirmado que ele terá apenas 13 episódios. Okay, beleza… O problema nisso é vermos o que foi mostrado nos trailers. Eles exibiram cenas do arco do Kanda até o mais recente, o arco do Alma. É simplesmente impossível adaptar tanto material assim em 13 episódios. Não dá, ficaria horrível. Não mostraram nada do primeiro arco que ocorre imediatamente após o encerrado no primeiro anime, aquele em que o pessoal da Ordem se transformam meio que em zumbis ou algo parecido, dando a entender que pularão essa parte na nova adaptação. Eu gostaria muito de ver esse arco, principalmente porque mostra o Allen e companhia crianças, haha. Mas sendo bem sincero, é um arco que pode-se tranquilamente pular que não fará diferença nenhuma. Agora, adaptar em 13 eps. todo o resto é muito impensável. O arco do Kanda é muito grande e ainda rola bastante coisa até o outro arco extenso, o do Alma.

Bom, isso me leva a duas possíveis opções para essa adaptação em anime: ou vão ser mesmo 13 episódios do arco do Kanda até o do Alma, visando mais colocar D.Gray de novo na mídia, em evidência, ressaltando pra todos a sua volta definitiva com a melhora da Hoshino-sensei, ou seja, um anime apenas comercial e, por consequência, rushado estilo adaptações de obras da Young Jump, vide um Zetman, por exemplo. Ou o anime terá 2 cour pra mais e anunciarão isso apenas ao fim da temporada de julho, possibilitando uma adaptação tranquila, natural e fiel do mangá, sem correria nenhuma. Algo que é bem comum em animes, principalmente de mangás da Jump. O exemplo mais recente é o próprio Boku no Hero Academia, que teve anunciado um segundo cour ao final do primeiro agora na spring season, assim como eu já havia comentado no guia de abril que deveria ser. O problema é que D.Gray não é mais um título da Shonen Jump, mas sim da SQ.Crown, por isso não dá pra ter tanta certeza assim.

Resumidamente dá pra dizer que se o anime tiver apenas 13 episódios cobrindo até o arco do Alma, ele vai ser rushado, visando apenas colocar novamente D.Gray na mídia, refletir em vendas no mangá e, portanto, uma adaptação que não tende a ser boa. Teremos uma ideia bem clara disso no decorrer do anime, isto é, se nesses 13 episódios eles não mostrarem o Alma e nem começarem um arco mais pra frente, ficará bem claro que teremos mais de 13 episódios, tendo em vista que nos PVs mostraram partes do arco atual da obra, o do Alma.

Seja o que vier, eu já vou ficar muito feliz. Gosto tanto de D.Gray que tenho certeza que ficaria igual a um bobo feliz rindo sozinho só de ver os episódios. Mas a única coisa que me deixou realmente triste foi na mudança completa do cast de dubladores. Pôxa, não precisava, viu! O elenco anterior era simplesmente fantástico, sem nenhum exagero. As vozes do Allen, do Kanda, do Komui, da Lenalee, do Lavi, da Road, do Tyki, do Bookman, do Lero, do Krory, do Cross, da Miranda e do Conde são insubstituíveis! Sério, gente, a voz do Conde era ESPETACULAR. Nunca tinha visto uma voz combinar tanto e ficar tão incrível quanto a do Conde. Entretanto, o dublador dele e do Bookman infelizmente faleceram nos anos anteriores, o que já resultaria numa mudança natural. Achei desnecessário terem decidido mudar tudo, talvez tenham feito isso em virtude do longo intervalo de tempo desde a s1, afinal já fazem 7 anos. Vai ser bem estranho pra mim me acostumar com as novas vozes, mas só me resta torcer pra ficarem boas ao ponto de me acostumar rapidão. Pelo o que eu vi do novo cast, teremos dubladores muito bons!

A voz do Allen era ótima, mas agora ele será dublado por outro grande seiyuu, trata-se do Murase Ayumu (Worick de Gangsta; Hinata de Haikyuu!!; Rui de Gatchaman Crowds; Guy de Hitsugi no Chaika; Yuu de Ookami Shoujo). Como falei, não via necessidade da mudança, mas acho que o Ayumu tem uma voz até que parecida com a do antigo Allen. Vamos torcer para que ele faça um grande trabalho. A Lenalee vai receber a voz da ótima Kakuma Ai (Chamo de Rokka no Yuusha; Ruuko de WIXOSS; Est de Seirei Tsukai no Blade Dance; Love-pon de Mayoiga; Iroha de God Eater; Julis de Asterisk; Isuzu de Amagi Brilliant Park). Eu adoro essa dubladora e ela consegue variar muito a sua tonalidade de voz, desde o grave ao mais fino, o que é ótimo, tendo em vista que a antiga Lenalee tinha voz mais fina, bem longe de, por exemplo, a Julis de Asterisk. Já o Kanda terá a voz do Satou Takuya (Toshiki de Cardfight!!; Caesar de JoJo no Kimyou na Bouken; Masamune de Norn9: Norn+Nonet). O Takuya é um cara com bem poucos papeis principais. Eu nunca ouvi a voz dele em algum anime, então não sei muito o que esperar dele. O antigo Kanda era dublado pelo Sasori de Naruto, caso alguém se lembre da voz. O Lavi vai ser dublado pelo excelente Hanae Natsuki (Kaneki de Tokyo Ghoul; Rokuro de Sousei no Onmyouji; Takumi de Shokugeki no Souma; Kousei de KimiUso; Hikari de Nagi no Asukara; Qwenthur de Heavy Object; Tai de Digimon Adventure tri, Elam de Arslan Senki; Inaho de Aldonah.Zero). O Natsuki é um puta dublador. O cara é muito bom. No entanto, não consigo ver as vozes que ele já fez e o Lavi juntos, haha. Ele pode vir com uma tonalidade nova ou algo tipo, mas tá muito abaixo da voz sensacional do antigo Lavi.

A Road vai receber a voz da Kondou Yui (Furano de Ore no Nounai Sentakushi ga; Mikoto de Triage X; Rin de Cardfight!! Vanguard G). Essa é outra do time de dubladores novatos do cast. Eu sempre apoio vozes novas, não lembro muito da voz do protagonista de Trige X porque só assisti ao episódio #1, mas quero ver ela chegar perto da maravilhosa antiga Road. O Krory vai ser dublado pelo experiente Sugiyama Noriaki (Uryuu de Bleach; Sasuke de Naruto; Shirou de Fate series). Esse é outro seiyuu que eu sou mega fã. Esse cara é incrível, mas simplesmente não tem nada a ver com o Krory, puta que pariu, hahahah! Como a voz dele é super caricata pelos personagens marcantes que já fez, tenho certeza que vai ser impossível pra mim levar o Krory a sério. Vou sempre ver um Sasuke ou Shirou quando ele falar, haha. Agora vamos ao Tyki. Ele será dublado pelo Nishida Masakazu (Kyouma de Gunslinger Stratos; Akira de Concrete Revolutio; Mezou de Boku no Hero Academia), outra nova voz nesse meio da dublagem. Não lembro da voz desse cara, ouvi poucas vezes até hoje. O Tyki antigo era sensacional e tinha uma voz muito encaixada na personalidade do personagem. Novamente acho difícil chegar perto do anterior, mas estou curioso pra ver como ficará. O genial e engraçadíssimo Komui terá a voz do Inoue Go (Kyouji de Date A Live; Spain de Hetalia; Satoshi de Kuroko no Basket; Kaisar de Bahamut Genesis), outro dublador que eu não ouvi muitas vezes por aí. Eu adorei a voz do Kaisar em Bahamut Genesis, mas o antigo dublador do Komui é sacanagem. O cara é genial. O Komui é um personagem que exige muitas vezes uma voz bem zoeira, acho difícil de igualar com o anterior, mas vamos ver no que vai dar. E pra finalizar temos um dos melhores vilões de animangás de todos os tempos, o Conde do Milênio! Ele vai ter como seiyuu o experiente Aoyama Yutaka (Shimada de Zankyou no Terror; Kensei de Strike the Blood; Todo de Gundam Tekketsu no Orphans; Jura de Fairy Tail; Baudouin de Arslan Senki). É covardia comparar ele com o dublador anterior do conde, o mestre Takiguchi Junpei, mas acho que lembro um pouco da voz do Yutaka. Ele tem a voz grave e consegue ser flexível como o Todo do recente Gundam Tekketsu no Orphans. Não acho que a voz dele encaixe tão bem assim no Conde, mas também vejo que poucos conseguiriam. Não falarei nada da voz do Cross e do Lero porque não divulgaram seus dubladores ainda, mas mudar a voz do Lero chega ser CRIME!

Enfim, deu pra ver que eles não estão se importando com as vozes anteriores, caso contrário escolheriam dubladores com tonalidades de voz parecidas ou mantendo os antigos mesmo. Será uma nova cara para os personagens, isso sim. Temos um cast muito bom de dubladores, tenho certeza que farão um ótimo trabalho, mas não chegam nem aos pés do cast antigo, que era sensacional, um dos melhores que já vi em algum anime.

Se vocês ainda não assistiram essa maravilha chamada D.Gray-man, o que estão esperando?!! D.Gray é sensacional. Recomendo que vão atrás do anime, que é muito bem feito. A trilha sonora é fantástica, os dubladores, a ambientação e até os fillers que tem são muito bons!!! D.Gray-man é um dos poucos shounens que consegue ser bom do começo ao fim, ser sério, com enredo super interessante e com personagens maravilhosos e carismáticos. Vale a pena!

Que venha logo o anime que eu mais estou esperando no ano: D.Gray-man!!! E parabéns pra Hoshino-sensei por ter dado a volta por cima e estar de novo com tudo!! Ela merece mesmo.

D.Gray voltou, nem acredito! T_T

— Data de estreia: 05/07

— Estúdio: TMS Entertainment (Kamisama Hajimemashita, Bakumatsu Gijinden Roman, Yowamushi Pedal)

— Diretor: Yoshiharu Ashino (Cross Ange: Tenshi to Ryuu no Rondo)

— Roteiro: –

— Character Design: Yousuke Kabashima (Madan no Ou to Vanadis, Sora o Kakeru Shoujo)

— Nº de episódios: 13

— Origem: Mangá (25 volumes – em andamento)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Ação, Aventura, Comédia, Drama, Fantasia, Shounen, Sobrenatural

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUIAQUI e AQUI

— Expectativa: 08/10

— Expectativa pessoal: 09/10

Tales of Zestiria the X

Tales-of-Zestiria-the-XSinopse: Sorey, um jovem humano que cresceu cercado por seres espirituais invisíveis ao olho humano, os “Serafins”.

Ele, que acredita na lenda de que, “Num passado remoto, todos podiam enxergar os Serafins”, sonhava em desvendar os mistérios antigos e criar um mundo em que humanos e serafins pudessem viver juntos.

Um dia, quando visitava uma cidade humana pela primeira vez em sua vida, Sorey retira uma espada que estava presa em uma pedra, tornando-se um “Pastor” que varre os desastres da terra.

Enquanto carregava essa pesada missão, seu sonho de ter um mundo com humanos e serafins coexistindo, cresceu—

Junto com seus amigos, o “Pastor” parte agora em busca de uma grande aventura.

Comentários: AEEEEEE, PORRA!!!!!!!!! Nossa, quanta felicidade!! Sou fanboy declarado da franquia Tales of, que pra quem não sabe é uma das séries de jogos de RPG mais famosas do Japão e do mundo! Eu comprei há alguns meses meu Tales of Zestiria pra PS4 e tô jogando igual a um virgem sem parar, haha. Ano passado fizeram também um OVA que era como um prequel do jogo e logo em seguida já anunciaram que estava chegando um anime pra comemorar os 20 anos da franquia Tales of. A animação irá se basear justamente no Zestiria, mas não ficou muito claro ainda quanto ao enredo. Ao que parece, não seguirá a história original do jogo, pode ser algo como um epílogo ou uma coisa original mesmo. Vão adicionar um personagem novo na história também, mas ainda não se sabe se será homem ou mulher. Eu fico um pouco triste com isso porque, assim como todo fã da série, gostaria de ver um anime redondinho contando tudo da história de Zestiria, mas vocês sabem como é, né… Animes baseados em jogos geralmente são uma porcaria e com Zestiria seria igual caso seguissem o enredo original do jogo, tendo em vista que a história de Zestiria deve ter mais de 50 horas, tirando a parte do gameplay e exploração. Portanto, fica difícil imaginar um anime de 13 ou 25 episódios cobrindo todo enredo de Zestiria com perfeição ou sem correrias. Por conta disso, acho bem mais razoável fazer dessa forma que eles estão se propondo, isto é, apenas se basear no mundo de Zestiria. Assim dá pra fazer algo muito bom, ainda mais porque o anime está nas mãos do nosso lindo estúdio ufotable. Eles usarão os personagens de Zestiria e acrescentarão mais um, pra quem ainda não entendeu.

Não sei o que o pessoal achou de God Eater, mas eu gostei muito. Conseguiram fazer algo muito interessante e instigante adaptando um jogo! A maioria dos animes baseados em games tem roteiro raso e personagens fracos, muito por culpa do número limitadíssimo de episódios, infelizmente. Independente dos problemas que houveram em God Eater, não muda o fato de que os episódios exibidos tenham sido muito bons, ao menos na minha opinião. E a culpa dos atrasos não deve ser posta única e exclusivamente em x ou y, a gente não tem nem ideia do que aconteceu por trás de tudo. Enfim, o que quero dizer é que estou muito feliz de ver o ufotable cuidando de Zestiria e já me animo para esperar por algo de qualidade, tanto na parte técnica, quanto no enredo, algo característico desse ótimo estúdio.

A staff é boa. Temos um diretor experiente com material da série Tales of, cuidou, inclusive, do OVA de Zestiria que ficou extremamente bem feito e fiel ao game. O character design está idêntico ao do jogo e o roteirista não teve nome divulgado. Na trilha sonora temos dois nomes, sendo um deles o responsável pela OST do próprio jogo! E, pessoal, as músicas de Zestiria são lindas! O outro nome também é muito bom e recentemente cuidou de God Eater, além de passagens por Kyousougiga e Dimension W. Além do já alto padrão de qualidade de animação dos animes da ufotable, ainda teremos na equipe do anime um nome fenomenal… Terao Yuuichi, diretor de fotografia. Pra quem não sabe, um bom diretor de fotografia faz uma extrema diferença em produções de animes, filmes e afins. As coisas mudam demais na construção e fluidez de cenas, no posicionamento de câmeras, além de dar aquela profundidade e imersão sempre bem-vinda pra todos nós que gostamos de assistir. Não é fácil achar um bom diretor de fotografia, é uma função que exige bastante criatividade e inteligência. Vou citar agora alguns dos animes nos quais o grande Terao-sensei já trabalhou nessa função. Tenho certeza que muitos vão perceber o que eu estou dizendo ou conseguir enxergar melhor isso numa imagem na cabeça na mesma hora que lerem os nomes dos títulos, são eles: Fate/Zero, Fate/stay night, filmes de Kara no Kyoukai, Gyo, entre outros. Já conseguiram entender e visualizar o que eu estou dizendo, não é? A fotografia desses animes é sensacional! Enfim, com certeza ele fará uma puta diferença na construção das cenas do anime de Zestiria.

Pra quem não conhece, Tales of Zestiria saiu no começo de 2015 pra PS3 e mais recentemente pra PS4 e PC com legendas em português BR!! Não lembro se saiu pra PS Vita também, mas é provável que sim. Gente, o jogo é fenomenal. Sério. A ufotable é quem cuida e sempre cuidou das cutscenes e dos vídeos de abertura dos jogos da série. Ela quem fez também os OVAs que já saíram de Zestiria e de jogos anteriores. Em Zestiria a história se passa num mundo fantasioso em que existem humanos e criaturas mágicas. Tem tudo que é tipo de monstro e também seres como os Serafins, que se assemelham muito aos humanos fisicamente, porém são invisíveis aos olhos deles. Poucos são os humanos que conseguem vê-los. O protagonista, Sorey, é um deles. Ele foi criado desde criança por Serafins.

Numa era mitológica distante, quando o mundo estava coberto pelas trevas, um ser reapareceu para recuperar a luz. Quando as eras mudam e quando o mundo está em caos, as pessoas falam dessa lenda e rezam por salvação. Nesse momento, o Pastor aparecerá e acabará com as trevas. Mas, assim que a paz chegar, o Pastor desaparecerá.

O tempo passou e as pessoas se esqueceram dos Pastores, apenas contos restaram… e as trevas estão para ameaçar o mundo mais uma vez.

Esse é o enredo de Zestiria. Não tem nada de complexo, mas também não é algo bobo ou simples, muito pelo contrário. Tem várias mortes, jogos políticos e de poder, bastante mistério, muita comédia e personagens memoráveis. É um mais divertido e carismático que o outro. Ah, claro, tem várias possibilidades de shipps também, haha.

Recomendo bastante que deem uma olhada nos PVs aqui embaixo. O último deles é a opening do game. O Sinx, Youtuber que upou o vídeo, é BR e está fazendo série do jogo no canal. Comprem o jogo se estiverem em dúvida, tenho certeza absoluta que vão amar. E não esqueçam de baixar o OVA que tem quase 50 minutos de duração. Como dito, ele é um prólogo do jogo e ainda serve pra vocês conhecerem os personagens, a trama de Zestiria, se maravilhar com aquele mundo fantástico e ainda perceber que os personagens são dublados só por seiyuus sensacionais!!!

Falando nos dubladores, uma das personagens principais e mais queridas de Zestiria, a Lailah, era dublada pela maravilhosa Matsuki Miyu, que infelizmente veio a falecer muito precocemente há poucos meses atrás. Pra quem não se lembra, a Miyu dublou, além da Lailah, a Anna de Shimoneta, a Isumi de Hayate no Gotoku!, a Cthuko de Haiyore! Nyaruko-san, entre muitos outros personagens memoráveis. Uma pena que isso tenha acontecido. Infelizmente eles terão de encontrar outra dubladora para a Lailah no anime. Pra quem joga ou já jogou Zestiria, vai ser difícil se acostumar com outra voz. O trabalho que a Miyu fez com a Lailah ficou fantástico e muito marcante.

O Sorey é dublado pelo excelente Kimura Ryouhei (Shura de Akame ga Kill!; Hideki de Angel Beats!; Braz de Blood Lad; Kodaka de Haganai; Hirotaka de Nozaki-kun; Yuugo de Gin no Saji; Akira de Higashi no Eden; Kaminaga de Joker Game; Yuuki de Kimi to Boku; Judar de Magi; Howzer de Nanatsu no Taizai; Furuya de Sankarea). Um baita currículo, como podem ver. Mikleo é dublado pelo também excelente Osaka Ryota (Zen de Akagami no Shirayuki-hime; Masaya de Ao no Kanata no Four Rhythm; Staz de Blood Lad; Umiu de Denki-gai no Honya-san; Eijun de Daiya no Ace; Kakeru de Glasslip; Maou Sadao de Hataraku Maou-sama!; Kaname de Nagi no Asukara; Ikki de Rakudai Kishi no Cavalry; Watari de KimiUso; Marco de Shingeki no Kyojin; Nagate de Sidonia no Kishi; Ryuu de Yamada-kun to 7-nin no Majo). O legal é que esses dois já viveram irmãos em Blood Lad e agora estarão juntos numa relação quase igual.

No lado feminino também temos dubladoras de dar inveja a outros casts. A Alisha é dublada pela sensacional e maravilhosa Kayano Ai (Menma de AnoHana; Yuuri de Aoharaido; Kanade de Chihayafuru; Anna de Code Geass; Inori de Guilty Crown; Mayaka de Hyouka; Chisaki de Nagi no Asukara; Shiro de No Game No Life; Utaha de Saenai; Mashiro de Sakurasou; Lucy de Servant x Service; Kasumi de Witch Craft Works). Provavelmente ela é a minha dubladora favorita. Temos a Edna dublada pela ótima Fukuen Misato (Tearju de Black Cat; Rika de Haganai; Yin de Darker than Black; Saki de Durarara!!; Kurumu de Rosario to Vampire; Yami de To LOVEru) e a Rose será dublada pela excelente Komatsu Mikako (Inko de Aldnoah.Zero; Yume de Grimgar; Miuna de Nagi no Asukara; Tsugumi de Nisekoi; Asako de Ushio to Tora). A Mikako é outra das minhas dubladoras favoritas!

A escolhida pra substituir a Matsuki Miyu que fazia a Lailah foi a Shitaya Noriko (Ururu de Bleach; Sakura de Fates series; Maya de IS; Haruko de Maken-Ki!; Moegi de Naruto). É uma dubladora muito boa, felizmente. É muito difícil substituir alguém de nome como a Miyu, ainda mais com a qualidade do trabalho dela com a Lailah. Espero que fique muito bom!

Enfim, o OVA vocês podem baixar, felizmente, por fansubs de qualidade. Tem no EA e nos nossos amigos da BTR. Recomendo muito que deem uma chance a Zestiria! Ah, e um dado muito bacana e que eu gostaria demais em ver mais vezes é que o site oficial do anime tem a opção de linguagem totalmente em português do Brasil, assim como no jogo! Nos resta aguardar pelo número de episódios, ainda mais com esse sendo o único anime do ufotable em 2016. Tem boas chances de pintar 2 cours, vamos esperar pra ver.

— Data de estreia: 03/07

— Estúdio: ufotable (Kara no Kyoukai, Fate/Zero, Fate/Stay night, God Eater)

— Diretor: Sotozaki Haruo (Tales of Symphonia The Animation series, Tales of Zestiria: Doushi no Yoake)

— Roteiro: –

— Character Design: Matsushima Akira (Tales of Symphonia The Animation series, Tales of Zestiria: Doushi no Yoake, Maria-sama ga Miteru series)

— Nº de episódios: Indefinido

— Origem: Game (PS4/PS3)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Aventura, Comédia, Drama, Fantasia

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUIAQUI, AQUI, AQUI, AQUI e AQUI (OP)

— Expectativa: 09/10

— Expectativa pessoal: 10/10

Orange

OrangeSinopse: Um dia, Takamiya Naho recebe uma carta escrita para si mesma vinda de dez anos no futuro. Conforme Naho começa a ler, a carta relata os acontecimentos exatos do dia, incluindo a transferência de um novo aluno em sua classe chamada Naruse Kakeru.

A Naho de dez anos mais tarde afirma repetidamente que ela tem muitos arrependimentos, e ela quer corrigi-los, certificando-se de que a Naho do passado possa tomar as decisões corretas… Especialmente sobre Kakeru. O que é mais chocante é que ela descobre que dez anos mais tarde, Kakeru não estará mais com eles. A Naho do futuro pede a ela para vigiá-lo de perto.

Comentários: Você gosta de shoujo?

-Não.

Você gosta de shoujo?

-Sim.

Que bom, pois Orange é um shoujo que vai agradar quem gosta e quem não gosta de obras nessa demografia!

Você tem arrependimentos?

-Sim, todos temos.

Não importa se seja algo bobinho ou até mais sério, nós com certeza já tivemos algum arrependimento até hoje. Se arrependimento matasse, a humanidade já estaria extinta ou todo mundo já teria morrido várias vezes. Passado é passado, tem coisas que não tem volta, infelizmente. Agora, já imaginou receber uma carta mandada pra você mesmo do seu Eu do futuro, tipo uns 10 anos pra frente?! Que loucura, né? E a carta ainda dizia sobre um episódio em específico que resultou numa cadeia de consequências trágicas. O que você faria? Tentaria seguir as instruções da carta escrita por você mesmo? Ter arrependimentos não significa que a pessoa em questão seja infeliz, que ela não goste de si mesma no presente. Mas e se tudo isso envolvesse uma pessoa que você ama, importante pra você… O que faria?

E é mais ou menos por aí que a Naho se encontra no começo da história. Logo de cara já podemos ver que este é um enredo muito interessante e que foge daquela taxação de ”romance de menininhas” de obras do gênero. Orange tem, sim, coisas comuns de shoujos, mas vai muito além de algo como um romance bobo ou dramático, tendo a protagonista ou o garanhão da vez um passado triste e traumático, assim como vemos em vários títulos shoujo por aí. O que não significa que os mesmos sejam ruins! Orange tem uma história linda, densa – no bom sentido -, envolvente, angustiante, dramática, emocionante e bem pé no chão. Com certeza você conseguirá se ver imerso com facilidade na obra, assim como se ver ao lado dos personagens, pois tudo é bastante realista. Tenho certeza absoluta que muita gente vai se surpreender com o episódio inicial do anime, caso ele seja fiel ao mangá. Sendo assim, Orange é um título para todos os públicos. Podem entrar de cabeça nele sem ter medo de nada ou qualquer pré-conceito. Só vai, haha.

O mangá se encerrou ao natural com 5 volumes apenas, o que nos faz crer que teremos um anime de apenas 1 cour. Não foi revelado ainda o número de episódios, mas não deve fugir muito disso. A staff é muito boa. Temos o estúdio Telecom Animation cuidando do projeto, um estúdio afiliado de outro estúdio, o TMS Entertainment (D.Gray-man series, Kamisama Hajimemashita, Bakumatsu Gijinden Roman, Yowamushi Pedal). O responsável pela direção é o grande Hamasaki Hiroshi, o mesmo do sensacional Steins;Gate. Ele pode não ter dirigido nenhum shoujo até então, mas ele provou em vários trabalhos, principalmente no próprio Steins;Gate, que consegue trabalhar e desenvolver algo muito bom envolvendo relação de pessoas, amadurecimento e até elementos sci-fi, como viagens temporais. Ele também já cuidou do famoso Texhnolyze. Acho ele um grande nome pra dirigir Orange. Nos roteiros temos outro nome muito bom, trata-se de Kakihara Yuuko, que já passou por ótimas comédias, como Sora no Otoshimono, Seto no Hanayome, além de obras mais dramáticas e sérias, vide Sakimichi no Apollon e Chihayafuru. Quanto ao character design posso dizer que gostei muito, bastante fiel aos traços originais. Na parte da trilha sonora temos o mesmo que cuidou de Aoharaido, Lance N’ Masques, Kobato, Kuromukuro, Devil May Cry, YuuShibu, entre outros. É um bom nome também. E pelos PVs lindões já deu pra notar bem o clima e a ”sutileza pesada” da obra, ou seja, algo sutil, mas com aquela presença/carga psicológica. O anime não vai exigir muito da animação, mas eu gostei do que vi em relação a isso nos trailers, acho que teremos uma boa qualidade de animação.

A dupla de protagonista tem ótimos dubladores. A Naho vai ser dublada pela excelente e super conhecida Hanazawa Kana (Kanade de Angel Beats!; Kobato de Haganai; Ritsu de Bokura wa Minna Kawaisou; Roka de D-Frag!; Shiro de Deadman Wonderland; Anri de Durarara!!; Ayase de Gulty Crown; Shiori de KamiNomi; Satomi de Kiseijuu; Manaka de Nagi no Asukara; Kosaki de Nisekoi; Hana de Prison School; Mayuri de Steins;Gate), enquanto o Kakeru vai receber a voz do novato Yamashita Seiichirou (Nakagawa de Golden Time; Keisuke de HaruChika; Buntarou de Shoujo-tachi wa Kouya wo Mezasu; Takahiro de Walkure Romanze).

Orange é uma das obras mais interessantes que eu já li, talvez o meu shoujo favorito com muita folga e um título que você não poderia deixar de dar uma conferida. O mangá fez um sucesso estrondoso, teve hiato, briga de editoras, autora passando por problemas pessoais, uma volta surpreendente, um drama pra TV, vendas enormes e agora, finalmente, um anime de TV. Com certeza um dos títulos mais aguardados por mim nesse excelente 2016 para os animes. Recomendo muito!!

— Data de estreia: 04/07

— Estúdio: Telecom Animation Film (Moyashimon series, Phantasy Star Online 2: The Animation, Lupin Sansei (2015))

— Diretor: Hiroshi Hamasaki (Steins;Gate, Texhnolyze, Blade & Soul, Terra Formars)

— Roteiro: Yuuko Kakihara (Persona 4, Sora no Otoshimono series, Ebiten, Digimon Adventure tri. series)

— Character Design: Nobuteru Yuki (Gunnm, Maken-Ki!, Clover, Angel Cop, Battle Royal High School)

— Nº de episódios: Indefinido

— Origem: Mangá (5 volumes – concluído)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Drama, Mistério, Romance, Seinen, Shoujo, Slice of Life, Sobrenatural, Vida Escolar

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUI, AQUI e AQUI

— Expectativa: 09/10

— Expectativa pessoal: 10/10

Berserk (2016)

Berserk-2016Sinopse: Guts, conhecido como o Espadachim Negro, busca refúgio das forças demoníacas que persegue ele e sua mulher, e também vingança contra o homem que o marcou como um sacrifício profano. Auxiliado apenas por sua força titânica, habilidade e espada, Guts deve enfrentar seu destino sombrio, sempre lutando com uma fúria que pode tirá-lo de sua humanidade. Berserk é uma história sombria de esgrima chocante e destino sinistro, no tema de Macbeth de Shakespeare.

Comentários: E depois 18 anos… um anime de TV para Berserk está de volta!! A primeira temporada saiu entre 97 e 98 e teve ao todo 25 episódios pelo estúdio OLM, o mesmo de Pokémon. Mais recentemente, entre 2012 e 2013, Berserk ganhou 3 filmes cobrindo o grande arco Golden Age, dessa vez pelas mãos do estúdio 4ºC, que costuma fazer vários filmes animados. Dessa vez, em 2016, Berserk está voltando com um anime de TV novinho e dando sequência ao final dos filmes, sendo, portanto, uma continuação direta das animações anteriores. Novamente houve mudança de estúdio e o escolhido foi o desconhecido Millepensee ao lado do desconhecido GEMBA. Pra quem não sabe, GEMBA é uma empresa especializada apenas em CG, enquanto o Millepensee é um estúdio conhecido por fazer apenas animes curtinhos, como o popular e bem sucedido Teekyuu. Entre os produtores temos um estúdio conhecido, o Liden Films, que também já cuidou de animes em CG anteriormente, mas sempre em parceria com outro grupo para cuidar dessa parte.

Sim, isso quer dizer que o novo anime de Berserk terá CG. E não apenas isso, ele será full CG. Eu sempre prefiro obras com o estilo de animação clássico no qual já estamos acostumados por vários motivos, mas também tenho que dizer que há muito tempo que já perdi meu preconceito com esse tipo de animação. No fim, o que importa mesmo é o conteúdo, a história, se será algo de qualidade. Infelizmente os japas não possuem aqueles computadores da Nasa pra fazer CG igual a Disney faz, deixando algumas cenas meio bobas, artificiais e com baixo frame rate. Paciência, quanto a isso a gente não tem muito o que fazer. Mas nem por poucos defeitos significa que o anime venha a ser ruim, que não possa ser muito bom ou que não vá fazer sucesso, por exemplo. Animações em CG podem não ser da minha preferência, mas não me incomodam, são fáceis de se acostumar e pôxa, gente, é Berserk voltando depois de quase 20 anos pra TV!! Deixem de ser chatos ou já achar tudo horrível sem nem o anime ter estreado ainda! Vamos esperar pra ver como ficará.

Bom, pra quem não tem ideia sobre o que representa Berserk, tanto o mangá quanto a obra como um todo, saibam que ela é algo extremamente popular no Japão a ponto de ser algo da cultura pop por lá. É super conhecido e renomado até mesmo em vários outros países. Berserk é SENSACIONAL, sem exagero nenhum. Um daqueles pouquíssimos mangás que dá pra se chamar de obra prima. Ele e apenas mais 2 títulos foram os únicos na história até hoje a ganhar todas as premiações de mangás. Entre os outros dois está o genial 20th Century Boys do gênio Naoki Urasawa. O outro título eu não me recordo agora. Enfim, obras assim possuem, sim, algo de bom. Você pode até não gostar, já que gosto é algo bem pessoal, mas não pode negar que tem qualidade.

A staff eu acho bem curiosa. Sinceramente não sei o que esperar deles. O diretor é o mesmo das temporadas de Teekyuu, mas também já dirigiu o anime de Black Cat, por exemplo. O roteirista parece ser bem inexperiente. Os PVs mostraram coisas boas e ruins na parte da animação. Tem cenas muito bem feitas, outras fracas e outras em que o pessoal deu muito zoom exagerado nos rostos dos personagens ou mexiam loucamente a câmera durante cenas de ação. O problema nesse último ponto é que talvez sejam tudo aquelas famosas técnicas pra tentar esconder a fraca animação. Obviamente que um estúdio desses não tem muito orçamento e que o grupo GEMBA, no qual está cuidando dos CGs, é pouco conhecido e nunca havia participado dessa forma num anime, mas com certeza devem ter fornecido mais dinheiro que o comum para o projeto, tendo em vista que estamos falando de uma obra do tamanho de Berserk. Tô bem curioso pra ver o que vai sair disso aí.

Outro detalhe percebido pelos trailers e pelo o que o autor do mangá falou é que o anime adaptará o arco Espadachim Negro e muito provavelmente pulando o Lost Children. Os arcos de Berserk são enormes, então não é garantia que adaptarão tudo do Espadachim Negro. Eu acredito que serão pelo menos 2 cours o anime, mas nada é garantia nos dias de hoje nesse meio. Ah, vai sair também um novo jogo de Berserk, caso alguém esteja interessado.

A primeira temporada do anime que foi feita há quase 20 anos será relançada totalmente remasterizada em qualidade Blu-Ray, então recomendo pro pessoal que pegue pra ver. É ótima oportunidade, inclusive. Os filmes são fáceis de achar por aí. Bem, muito bacana essa volta de Berserk, espero que faça sucesso e que o mangá pare de ter tantos hiatos!!

— Data de estreia: 01/07

— Estúdio: GEMBA e Millepensee (Teekyuu series, Wake Up, Girls! series, Usakame)

— Diretor: Shin Itagaki (Devil May Cry, Black Cat, Ben-To, Teekyuu serie)

— Roteiro: Makoto Fukami (Yuru Yuri San Hai!)

— Character Design: Hisashi Abe (Aquarian Age: Sign for Evolution, Chobits, Gunslinger Girl, Devil May Cry)

— Nº de episódios: Indefinido

— Origem: Mangá (38 volumes – em andamento)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Horror, Maduro, Psicológico, Seinen, Sobrenatural, Tragédia

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUI, AQUI, AQUI e AQUI

— Expectativa: 08/10

— Expectativa pessoal: 08/10

Amanchu!

Amanchu!Sinopse: Uma menina de 15 anos que vive sua vida em um lugar tranquilo e pacífico e que ama o mar… E uma outra menina de 16 anos que morava em Tóquio se muda pra mesma cidade… Elas se encontram na escola e se tornam melhores amigas juntas. A história segue a vida de uma garota despreocupada que ama o mar!

Comentários: Aeeeee!!! Não sei bem o porquê, mas eu adoro Amanchu!. A história basicamente segue o dia a dia dos membros de um clube de mergulho na cidade de Ito, na província de Shizuoka. O mangá desenrola-se na mesma escola e envolve alguns personagens do mangá Roman Club, também de Kozue Amano, autora da obra.

Amanchu! é um slice of life. Mas não um slice of life de menininhas num clube de chá não fazendo absolutamente nada o dia inteiro, haha. Em Amanchu! vemos uma real relação entre os personagens e seus sonhos/vontades. É bem divertido, tem uma comédia bacana e os personagens são bem carismáticos. Os cenários e tudo que falam sobre o mar é lindo e bem interessante. Você se sente na praia ou com muita vontade de mergulhar. Tem cenas sensacionais que transmitem toda aquela ”paz/silêncio” que você tem quando mergulha na água e fica concentrado. É bem bacana.

Os PVs estão muito bonitos, transmitindo todo aquele feel e clima da obra. O anime já tinha trailer há vários meses, sinal de que a produção está bem tranquila e adiantada, o que é ótimo. Não sou muito fã da JC Staff, mas eles ganharam uns pontos comigo pelo seu bom 2014 e pelo seu grande ano de 2015. Fizeram animes de qualidade e muito bons em certos aspectos, como DanMachi e Souma.

A staff do anime é muito boa. Teremos dois diretores, sendo um deles o Sato Junichi, diretor de Aria. Ele já está bem acostumado com animes slice of life. O outro é Kasai Kenichi, um diretor maravilhoso e que já dirigiu animes como Honey & Clover, as três temporadas de Bakuman, Ookami Shoujo, Nodame Cantabile, Major e foi também um dos produtores do anime de Toradora!. Nos roteiros temos outro grande nome, a Mieno Hitomi. Ela é excelente com slices e comédias, já foi a roteirista de Arakawa Under the Bridge, Akagami no Shirayuki-hime, Etotama, as duas temporadas de Noragami, entre outros. Sem falar que cuidou do script de Gintama, um dos reis da comédia. Uma baita equipe e que só nos faz esperar por uma adaptação em anime de grande qualidade.

O cast de Amanchu! está ótimo, temos a Hikari sendo dublada pela ótima Suzuki Eri (Chinatsu de Flying Witch; Milinda de Heavy Object; Sanae de Rokujouma no Shinryakusha!?; Yuuko de The iDOLM@STER Cinderella Girls; Elizabeth de Dimension W) e a Futaba recebendo a voz da minha possível dubladora favorita, a excepcional Kayano Ai (Menma de AnoHana; Yuuri de Aoharaido; Kanade de Chihayafuru; Anna de Code Geass; Inori de Guilty Crown; Mayaka de Hyouka; Chisaki de Nagi no Asukara; Shiro de No Game No Life; Utaha de Saenai; Mashiro de Sakurasou; Lucy de Servant x Service; Kasumi de Witch Craft Works; Alisha de Tales of Zestiria).

Tô muito feliz pelo anime de Amanchu! e super ansioso por ele! O mangá já faz muito sucesso no Japão, tanto em popularidade quanto em vendas. Espero que o anime siga por esse mesmo caminho. Pra quem curte slice of life, essa é uma ótima chance. Além de ser bem divertido, bonito e com ótimos e carismáticos personagens, Amanchu! ainda tem aquele clima bom, tranquilo e super imersivo que vemos, muitas vezes, em obras do memorável estúdio Ghibli, por exemplo. Recomendo!

— Data de estreia: 08/07

— Estúdio: J.C. Staff (Yumekui Merry, To Aru Majutsu no Index, Toradora!)

— Diretor: Ken’ichi kasai (Aoi Hana, KimiKiss ~pure rouge~, Bakuman series)

— Roteiro: Deco Akao (Arakawa Under the Bridge série, Astarotte no Omocha!, Nazo no Kanojo X)

— Character Design: Youko Itou (Love Stage!!)

— Nº de episódios: Indefinido

— Origem: Mangá (9 volumes – em andamento)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Comédia, Esportes, Shounen, Slice of Life, Vida Escolar

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUI e AQUI

— Expectativa: 08/10

— Expectativa pessoal: 08/10

ReLIFE

ReLIFESinopse: A História segue Kaizaki Arata, um desempregado de 27 anos que falha em todas as entrevistas de emprego após sair da última no qual ficou por somente três meses. Sua vida muda após conhecer Yoake Ryou do Instituto ReLIFE de Pesquisas, que o oferece uma droga capaz de modificar sua aparência para a de um jovem de 17 anos novamente e então tornar-se alvo de experimentos por um ano no qual que ele começa sua vida de estudante mais uma vez.

Comentários: Aeeeee, mais um anime de um mangá que eu gosto muito!! ReLIFE é sensacional. Conta a história de um cara desempregado que estava prestes a ter que voltar para o interior e morar com os pais novamente devido ao seu insucesso tentando a vida sozinho numa cidade de verdade. As coisas mudam quando ele conhece Yoake, assim como a sinopse diz, que lhe oferece uma droga capaz de lhe dar a aparência dos seus 17 anos de idade mais uma vez. O físico do corpo realmente muda caso a pessoa tome a droga. O instituto ReLIFE praticamente stalkeiam pessoas como o Arata, ou seja, basicamente NEETs, com o objetivo de lhes darem uma nova chance para ver se é possível eles mudarem quem são agora. Num primeiro momento parece algo extremamente incrível e nobre, mas com certeza devem existir certas coisas obscuras por trás, né. A proposta feita ao Arata cobria um ano de experiência, tendo ele que vivenciar novamente o seu terceiro e último ano de colégio. Todas as suas despesas seriam pagas pelo instituto e ao final do experimento eles recomendariam com muitos créditos o paciente, no caso o Arata, para outras empresas importantes. Como o Arata estava bêbado na noite em que tudo isso aconteceu, ele acabou chegando em casa e tomando a droga, percebendo apenas na manhã do dia seguinte que havia tomado a pílula e o risco que poderia estar correndo, haha.

Dá pra dizer que tudo isso dito acima é o prólogo da história. A partir de então ele acaba sendo matriculado no colégio novamente e o Yoake também está lá para lhe observar o tempo inteiro. Ele usa a droga para se disfarçar normalmente, claro. Dessa forma, os dois ficam seguros e evitam ter contato na escola, pois poderia levantar suspeitas. Existem certos percalços no contrato. Se o Arata der com a língua nos dentes, ele terá sua memória apagada e voltará para casa como se nada tivesse acontecido. Ele ficaria apenas assustado não lembrando o que fez nos últimos meses. A outra, e também obrigatória, é que ao final do experimento de um ano, todos com quem o Arata conviveu tem suas memórias apagadas sobre ele. Seria como se o Arata não houvesse existido. É bem triste pensar nisso, mas ao menos ele está tendo uma segunda chance e realizando o sonho da grande maioria do mundo, que é voltar para os tempos de colégio com a cabeça madura, haha.

O grande diferencial de ReLIFE é que ele foge completamente dessa imagem que você possa ter criado na sua cabeça, imaginando que isso é mais uma obra de ecchi ou romcom barato. Confessa, vai… Você pensou nessa possibilidade, né, hahaha. Mas lhes digo, senhores, que ReLIFE não é assim!! Esse é o grande ponto positivo da obra. Ele não tem ecchis, coisinhas bobas ou infantis como vemos na maioria dos romcoms shounens e até alguns seinens. Ele é sério, toca nessas questões reflexivas da vida, mas é também EXTREMAMENTE divertido e engraçado! Os personagens são maravilhosos. Não temos nada superficial ou absurdo, os personagens são realmente seres humanos agindo como adolescentes! Eles são divertidos, engraçados, tem seus dramas pessoais e preocupações que todos nós já tivemos e por aí vai. Não existe aquele mimimi, estereótipos ou clichês fracos e mal trabalhados que vemos aos montes em séries parecidas de plot. Isso contribuiu MUITO pra ReLIFE. Outro fator muito positivo da obra é o seu ritmo. Você realmente fica com a sensação de estar vendo todos os dias do ano de colegial do Arata. Não tem aquela coisa episódica de algo acontecendo e depois um timeskip de semanas para acontecer outra coisa. É tudo, de fato, dia após dia. Isso é muito bacana e torna o mangá realmente imersivo. Até o capítulo 40 e poucos deve ter passado só 1 mês nos dias da história! Felizmente, ReLIFE já conta com mais de 100 capítulos publicados, então dá tranquilo para fazer uma bela adaptação em anime. Eles tem média de 20 páginas, mas muita pouca progressão e falas, parecendo o mesmo que a metade de um cap. de mangá semanal, então daria pra adaptar de maneira super natural uns 100 ou mais capítulos já publicados em apenas 1 cour.

Acredito que muitos vão adorar ReLIFE quando ele sair em anime. É um dos meus títulos favoritos atualmente. Ele é um mangá full color, fugindo um pouco do padrão preto e branco. A conceituada revista Da Vinci, em parceria com a NicoNico, publicou uma grande pesquisa no qual perguntava e pedia para os leitores japoneses nomearem o mangá que pensavam que faria um grande sucesso no futuro. O nome da premiação é ”Tsugi ni Kuru Manga”, algo como ”Mangás da próxima geração”. Ao todo a pesquisa teve 27.698 pessoas que votaram, com 53,5% de homens e 46,5% de mulheres. Pois é, quase 30 mil japas! E nessa importante e relevante pesquisa ReLIFE ficou em sexto lugar!! Vocês podem conferir o post que fiz com a análise de todos os indicados clicando AQUI.

Sem dúvida ReLIFE é um dos animes que mais estou aguardando nesse ano. Ele terá ao todo 13 episódios. Um fato curioso sobre isso é que já é possível assistir todos os 13 de uma vez! Pois é, o aplicativo da Comico já postou todos, sendo apenas o primeiro episódio de graça, com os outros necessitando pagamento. No Crunchyroll os usuários premium poderão assistir a todos os episódios de uma vez. Com certeza alguém vai vazar os episódios e provavelmente o anime todo já será assistido muito rapidamente por todo mundo. Bizarro e bem broxante ao mesmo tempo, não? Eu sempre prefiro ver tudo numa sentada só do que sofrer esperando semanas, mas é meio desmotivante ver que isso deve acontecer. Acho que foi muito amadorismo dos envolvidos, tendo em vista a época em que vivemos. Com certeza alguém divulgaria tudo pros outros. É bem surreal imaginar que os executivos não pensaram nisso, então eles provavelmente querem ou não se importaram com isso. Mas será que algo assim não vai acabar prejudicando nas vendas dos Blu-Rays lá pra frente? Veremos. E será que a produção foi tão adiantada assim ou fizeram tudo na correria? Descobriremos isso nos primeiros episódios! Fora isso, a exibição para as TVs japas será normal, com um episódio por semana até o final da temporada.

O estúdio será o TMS, o mesmo de D.Gray-man dessa temporada, terá um diretor novato e dois roteiristas. Não vejo problema com diretores novatos, acho bacana ver novas pessoas aparecendo na função, mas isso pode deixar a gente com uma pulguinha atrás da orelha. Os dois roteiristas são bons, principalmente pela excelente Yokote Michiko. Ela manda muito bem, principalmente em obras de drama, comédia, romance e slice of life. Com certeza será uma ótima contribuição pra ReLIFE. Ela está cuidando dos scripts do próprio D.Gray-man nessa temporada, além de já ter passado por animes como Shirobako, Genshiken, Dagashi Kashi, Bleach, Gintama, Naruto, Nourin, Prison School, Senyuu, Sore ga Seiyuu, Holic, Yamada-kun, entre vários outros. Ah, e o character design ficou ótimo, bem fiel aos simples traços do mangá. Excelente staff e, pelo o que eu vi dos PVS, com uma boa animação, mesmo que ReLIFE não exija muito nesse aspecto.

Enfim, vamos esperar por 1 ou todos os 13 episódios de ReLIFE de uma vez e curtir mais uma ótima obra ganhando adaptação em anime!

— Data de estreia: 02/07

— Estúdio: TMS Entertainment (D.Gray-man series, Kamisama Hajimemashita, Bakumatsu Gijinden Roman, Yowamushi Pedal)

— Diretor: Kosaka Satoru

— Roteiro: Michiko Yokote (Kobato., C3, Shinryaku!? Ika Musume, No-Rin) e Kazuho Hyodo (Mobile Suit Gundam AGE, Tactical Roar, Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai!)

— Character Design: Junko Yamanaka (Hitohira, Kamisama Hajimemashita series, Servamp)

— Nº de episódios: 13

— Origem: Web Mangá (5 volumes – em andamento)

— Site oficial: Aqui

— Gênero: Comédia, Romance, Slice of Life, Vida Escolar

 MyAnimeList

 AniDB

 AniList

Twitter

— Trailer: AQUI, AQUI e AQUI

— Expectativa: 8,5/10

— Expectativa pessoal: 09/10

91 Days

91-DaysSinopse: 1920, cinco anos após o Ato de Proibição Nacional, uma cidade chamada Lorel, nos Estados Unidos, é controlada pela máfia. Avolio se junta a família mafiosa de seu amigo para se vingar dos assassinos que mataram seus pais e seu irmão. Nero, seu amigo, é o homem que se tornará chefe da máfia algum dia, e o alvo da vingança. Uma história de vingança e tristeza começa agora.

Comentários: Temos aqui uma das possíveis boas surpresas da temporada. 91 Days pelo recente estúdio Shuka, formado por ex-membros do Brains Base que cuidaram da primeira temporada de Durarara!! e que estiveram ocupados há pouco tempo com a season 2 da série que teve, se não me engano, 36 episódios e foi exibida durante 2015~2016. Eu gosto muito do trabalho que eles fizeram em Durarara!!, que por si só já é uma obra fantástica, mas agora o estúdio Shuka está vindo com um trabalho autoral, isto é, uma obra original. Apenas por isso já torna 91 Days um título interessante e que merece a nossa atenção nessa temporada.

Logo de cara o anime me lembrou algo como Gangsta, por exemplo. Eu adoro essa temática e obras nesse estilo. Os PVs pouco mostraram e não dá pra formar uma ideia muito clara de por onde a série irá caminhar. No entanto, a staff empolga bastante. Temos Kaburaki Hiro na direção, o mesmo diretor do maravilhoso Hoozuki no Reitetsu, de outras excelentes adaptações, como Tonari no Kaibutsukun e Kimi ni Todoke. Ele também já dirigiu episódios do excelente NHK ni Youkoso!, conhecido aqui no Brasil pela Panini como Bem-vindo à NHK!. Não bastasse isso, temos ainda um excepcional roteirista, o Kishimoto Taku. Ele cuidou de ótimos animes e coleciona bons trabalhos, como o recente e muito bom Joker Game, como Boku dake ga Inai Machi, as temporadas de Haikyuu!! e Gin no Saji, Usagi Drop, Magi: Sinbad no Bouken, além de já ter cuidado do script de vários episódios do icônico Gintama. Com uma equipe dessas fica difícil esperar por algo que não seja no mínimo bom, então o hype mais do que se justifica.