Sala de Redação: Primeiras Impressões – Animes da Temporada de Verão/2014

Primeiras_impressoes_animes_julho_2014_temporada

Confiram as primeiras impressões de vários animes da atual temporada no nosso novo podcast!

Começando mais um post de primeiras impressões nesse novo modelo com todos os animes juntos. Dessa vez com essa ótima temporada de julho/2014. De maneira geral, tô gostando bastante dela.

A segunda edição do Sala de Redação traz uma análise de quase todos os animes da nova temporada. O bate-papo dessa vez trouxe também alguns convidados do nosso parceiro Hajimari no Sora. A partir de agora o Sala será semanal, onde debateremos, cheios de teorias e zoas, alguns dos animes de Julho/2014. Como era um primeiras impressões, acabamos comentando sobre várias das estreias, mas o número delas vai diminuir já no próximo programa. E, sim, o podcast não durou 4 horas que nem da última vez!!! Confiram abaixo a ordem dos animes analisados:

1º Rail Wars!
2º Zankyou no Terro
3º Aldnoah.Zero
4º Aoharaido
5º BaraTamon
6º Tokyo Ghoul
7º Akame ga Kill!
8º Sword Art Online II
9º Yami Shibai II
10º Sailor Moon
11º Glasslip
12º Argevollen
13º Gekkan Nozaki-kun
14º ESP
15º Majimoji Rurumo
16º Hanayamata
17º Free!
18º Jinsei

Pois é, não tem o minuto certo de cada anime porque eu fiquei com preguiça de ficar catando o/.  Mas dá pra se guiar tranquilamente quando forem ouvir, haha.

Respondam a nossa pergunta interativa do programa que no próximo Sala daremos os resultados! Não deixem de participar do nosso podcast também, basta enviar um e-mail para contato.gekkougear@gmail.com com seu nome e o que mais quiser falar pra gente que iremos ler a mensagem no próximo programa.

Participaram dessa edição do Sala de Redação: Gekkou Hayate, Kouma, Teke, Bia e Nany.

Download do podcast –> MEGA

Patrocinadores:

Jimo

Tumelero

Zaffari & Bourbon

Rudder

CarHouse

Nex Group

E aqui segue as minhas primeiras impressões dos animes que acompanhei em formato de texto mesmo.

Shirogane no Ishi: Argevollen

Argevollen

Argevollen foi aquele mecha que eu vi o trailer e pela primeira vez um anime desse gênero me fez ter vontade de assisti-lo, nem que fossem apenas os primeiros três episódios. E agradeço muito por ter decidido dar uma conferida nesse ótimo anime.

Demais, muito foda!! Esse primeiro ep. ficou muito bom! Me surpreendeu completamente! Os personagens são legais, são humanos, são interessantes. Quando eu digo humanos eu quero dizer que eles são muito iguais a nós, nada de personalidades chatas, cheias de esteriótipos pra fazer a animação vender, e tudo mais. Eles, de fato, são e pensam como nós. Isso já é um GRANDE ponto positivo do anime. Até porque se encaixou perfeitamente na trama da história.

Falando nela, posso dizer que adorei! O pano de fundo, o plot, parece ter sido tudo muito bem pensado. Algo sólido e sem motivos fúteis. Tudo gira em torno de conflitos políticos e idealistas entre duas facções, dois grupos, duas cidades ou regiões. A história retrata essa guerra entre ambos. Já deu pra ver claramente que existem fortes motivos políticos e de ideais por trás de tudo. Tenho certeza que são coisas e motivos bem desenvolvidos e relevantes. Dá pra ver isso só de assistir, sem falar que o anime terá muito tempo pra trabalhar essas questões, tendo em vista que serão 24 episódios.

Se você é como eu e também não curte mechas, pode ficar tranquilo. Argevollen tem, sim, mechas na história, mas o foco aqui não são eles, mas sim esse ótimo pano de fundo criado. Eu não entendo nada de robôs e tal, mas gostei bastante dos mechas e seu visual. Nada futurístico demais. Eles tem muito mais cara de ser algo meio retrô e que combinou perfeitamente com o período e clima que o anime passa. Esse foi mais um acerto bastante preciso da produção. O designer dos mechas é o mesmo que está cuidando dos de Aldnoah.

A direção, a meu ver, foi quase impecável nesse ep. inicial. Estamos falando do pessoal da Xebec, que coleciona trabalhos bem sucedidos e produzidos de mechas, por isso acho que o anime está em ótimas mãos. Não acredito que se perderão no meio da história ou algo do tipo.

O character design e a dublagem é outro ponto que eu gostei bastante. Nunca fui fã desse character design, que é o mesmo carinha que fez os de To LOVEru. Mas tenho que confessar que virei a casaca, porque encaixou direitinho com Argevollen.

Falando no nome do anime, Argevollen é o mesmo nome do mecha principal da história, no qual o protagonista controlou no ep. inicial. É um mecha diferente dos demais e que parece ser o primeiro para uma nova tendência no mercado da época. Bem bacana.

Um coisa que eu achei realmente sensacional e que me deixou muito surpreso foi a trilha sonora e efeitos de sons ambientes. Simplesmente fantástico!! Fantástico a ponto de deixar toda a ambientação incrível, me fazendo me sentir lá onde eles andavam e até mesmo dentro dos mechas, em determinados momentos!!

Olha, Xebec. Tenho que tirar o chapéu pra ti, ein. Tá fazendo muito bonito nesse início. Vamos ver se o nível continuará tão bom assim durante o resto do anime, o que eu acredito que acontecerá!

08/10

Onde encontrar: Chrunchyroll

Rail Wars!

RW!

Eu juro pra vocês que depois de ver aquela mina pulando, a partir do chão, em direção a um tronco de árvore e depois, ao mesmo tempo, dando um mortal pra trás e subindo metros e mais metros de altura a ponto de conseguir alcançar um balão que estava preso lá em cima e depois cair no chão como se fosse uma formiga, quase me fez largar esse anime. E essa porra impossível aconteceu em menos de 3 minutos do início do episódio!!!! Caralho, a mina é o quê? Nem a Daiane dos Santos, no alto da sua plenitude, faria isso que essa louca fez!!!

Apesar de o anime não algo de fantasia/sobrenatural, existem coisas que normalmente não são possíveis, vide saltos ornamentais absurdos.

Enfim, achei Rail super genérico. Os personagens também. Foi muito decepcionante ver que eles eram pessoas tão rasas assim.

O protagonista é bem banana, assim como a maioria deles são em light novels. A protagonista feminina tem peitos completamente fora das leias da física. Aquela cena dela correndo foi escrota demais, sério. Exageraram completamente naquela parte. De qualquer forma, ela é aquela personagem chata, peituda e tímida que é apaixonada pelo protagonista porque ele fez algo por ela quando crianças e até hoje a menina se lembra disso, mas obviamente que o banana do protagonista não.

Rail Wars! vai ser divertido e cheio de clichês. Teve bastante infos sobre trens nesse primeiro episódio, pro pessoal que curte essas coisas, tipo Tomas, o trenzinho.

Estou muito curioso pra ver por onde a história vai correr, qual direção irá tomar e qual será a trama principal, porque até agora…

Vou ver até o ep. 3 pra ter uma ideia melhor.

04/10

Onde encontrar: Chrunchyroll

Aldonah.Zero

Aldnoah

SENSACIONAL!!! Uma das melhores estreias que já vi na vida!!! Digna de uma nota 10/10, assim como Shingeki no Kyojin levou quando assisti.

Toda essa história e pano de fundo criada pelo Urubochi ficou genial! Apesar de não ser ele criando os roteiros, o mesmo falou que está gostando muito do que já viu do script dos próximos eps, então é mais um motivo pra gente se alegrar e esperar por algo foda, afinal tem o selo de aprovação e admiração do Urubochi. Ele ficou responsável pelos roteiros dos três primeiros episódios e provavelmente ficará com alguns dos últimos também.

Teremos bons conflitos políticos e um tema muito interessante sendo tratado, o preconceito. Os marcianos nutrem um preconceito e um nojo pelos terráqueos há muito tempo, a ponto de já ser algo cultural por parte deles, mesmo que os mesmos já tenham o conhecimento que surgiram dos próprios terráqueos! Um tema tão interessante e profundo assim ficou a altura do primeiro ep. E estou tranquilo quanto ao desenvolvimento e aprofundamento desse assunto porque Aldnoah é split-cour, ou seja, terá mais de 20 episódios, mas com uma pausa no anime de uma temporada para outra.

Temos bons personagens, mas ainda nada muito relevante sobre eles. Um dos protagonistas é um terráqueo que trabalha para os marcianos e constantemente sofre discriminação. A princesa é a única no qual ele confia, assim como ela nele.

A verdade é que os marcianos estão louquinhos pra atacar a Terra e eles conseguiram. Tenho certeza que aquele ataque na princesa foi feito pelos próprios marcianos. Algum dos capitães deles, afinal é como se cada um tivesse sua própria jurisdição. Teremos personalidades e visões sobre a realidade em várias versões por causa dessa gama de capitães apresentada.

Não acredito que a princesa tenha morrido. Quero ver como vão explicar isso.

Os mechas não serão o foco em Aldnoah, mas sim a história em si. Pelo menos foi a impressão que me deixou. Será algo meio semelhante a Suisei no Gargantia.

Eu acho que ainda existem muitos mistérios que levam os marcianos a quererem atacar a terra. Acho difícil que tudo isso seja apenas movido a desafeto, deve ter algo a mais por trás de tudo. Uma coisa interessante foi a tal batalha entre os dois planetas há anos atrás. Um dos sobreviventes, e talvez o único, é tipo um professor/comandante para os mais novos, lhes ensinando a usar os mechas para um inevitável combate futuro. Ele disse que viu o verdadeiro e incomparável poder de 300 mil anos que os marcianos possuem. Parecia que ele estava se referindo a um Mecha gigante e muito poderoso que tinha o nome de Aldnoah.

Achei a animação impecável e o character design muito bom, gostei mesmo.

O final foi épico. Aquelas cenas das naves entrando na terra por todos os continentes, com as grande cidades sofrendo ataques talvez até mais potentes que o de bombas atômicas, com as pessoas virando pó e tudo sendo destruído e ainda com o contraste das duas criancinhas se referindo as naves como estrelas cadentes a ponto de pedirem por paz mundial, etc, foi muito foda. Foram cenas tão fortes, emocionantes e perfeitas, que fiquei apavorado e literalmente de boca aberta até o final! Aquela sensacional trilha sonora do gênio do Sawano (Guilty Crown, Shingeki no Kyojin, Kill la Kill), deixou tudo muito mais impactante e incrível. Foi impossível não se arrepiar e dar alguns surtos, haha. E são nessas horas que a gente percebe o que, de fato, é um trabalho de direção foda. Parabéns pra eles, tenho certeza que o Spielberg tá morrendo de inveja nesse momento, haha.

10/10

Onde encontrar: ANSK | Dollars

Akame ga Kill!

Akame

Sei que muitos que acompanham o mangá acharam essa estreia muito corrida e nem tão impactante assim. No entanto, pra mim e pra quem não acompanha o mangá, acredito que a sensação e empolgação tenha sido igual as duas palavra que citei no início dos coments de Akame.

Gostei bastante de como tudo aconteceu nessa estreia. Achei meio rápido demais as coisas até e acredito que poderiam desenvolver com mais calma alguns acontecimentos, mas nada que me incomodou.

Os personagens são fodas, sem piedade alguma. São seres humanos de maneira nua e crua, e isso reflete bastante na sociedade e atual momento que eles vivem. O ser humano sendo retratado como eles realmente são.

Adorei ver que o protagonista não é um banana e covarde, o cara é loucão mesmo, haha.

Fiquei triste pelo amigos dele terem terminado do jeito que foi, mas não me envolveu muito por terem corrido um pouco o início. Nunca imaginei que aquela fosse uma família de sádicos. Bem legal a ideia do autor. As cenas da mãe morrendo, depois do pai, e por fim da guria, foram muito fortes e impactantes! E o melhor de tudo, sem censura alguma!!! Confesso que estava puto e torcendo para algum deles se salvar, mas depois de ver o que tinha no depósito torci, na mesma hora, contra a família, haha.

A animação ficou ótima e o character design também. Algo normal para primeiros episódios de animes, quero ver como isso ficará mais a frente, já que o anime terá mais de 20 episódios.

A história parece ser bem foda. Acredito que no próximo ep. vão adentrar mais nos assuntos do plot e dos objetivos do protagonista, assim como a da sua nova facção, a Night Raid.

Não posso deixar de mencionar também que a trilha sonora ficou muito boa e em perfeita sintonia com a cenas e o anime em si.

Por tudo isso, merece mesmo o meu 10. Estreias impactante como essa são difíceis de se encontrar, ainda mais quando a história é um elemento surpresa pra você, diferente de quem já acompanha a obra original.

10/10

Onde encontrar: Eternal Animes & Moshi Moshi Subs | Aenianos & Dollars

Glasslip

Glasslip

Foi uma estreia legal, mas bem abaixo das minhas expectativas.

Não mostrou praticamente nada nesse ep. 1. Mas já deu pra perceber que ambos os protagonistas possuem uma ligação que deve ser maior ainda que o poder sobrenatural que possuem. A sinopse do anime diz que eles podem ver o futuro.

Os personagens são todos meio clichês e nenhum chamou atenção, pelo menos até agora.

Glasslip é um típico slice of life que terá um bom foco no romance e amadurecimento dos personagens, tendo em vista que eles estarão se deparando com grandes mudanças em suas vidas com o final do colégio se aproximando. Um fase de intensas emoções.

Conhecendo bem o diretor, já tô vendo que ele manterá aquele clima meio melancólico no ar e com forte tensão e peso emocional que a gente percebe só de olhar as expressões dos personagens, coisa que eu adoro, haha.

O diretor fez igual em True Tears e meteu galinhas na história xD. A diferença é que em True Tears tinha um significado e uma grande metáfora por trás, enquanto em Glasslip parecia que ele botou apenas porque gosta de galinhas mesmo, haha.

O character design ficou simples, mas legal. Os visuais e as cores foram um show a parte, bem ao estilo P.A. Works mesmo.

Enfim, o anime ainda não mostrou a que veio, mas tenho certeza que ainda mostrará suas garras nos próximos episódios. Esse editor ama criar tretas, podem ter certeza que elas virão bem rápido entre os personagens!

6/10

Onde encontrar: Aenianos & Shinonome Fansub

Tokyo Ghoul

TG

Muito bom o primeiro episódio. Me fez ficar perturbado e ter aquele mesmo sentimento do protagonista, então acho que acabou sendo uma boa estreia.

Gostei da animação também, apesar de ter quase certeza que a qualidade vai decair nos próximos episódios, afinal estamos falando da Pierrot.

O plot é muito interessante. Quero ver como o coitado do protagonista vai lidar com tudo isso agora. Tava muito na cara que a mina era a louca devoradora. Ela tinha cara de ser muito mais velha também, haha.

Já deu pra ver que os próprios Ghouls possuem um sistema de hierarquia e de divisão de territórios. No mangá isso deve ser bem explorado, diferente do anime, que será 1 cour apenas.

Já mostraram que tem gente grande agindo. Tipo aquele que foi mandado para matar a devoradora. Ele estava sob ordens de alguém grandão.

Tenho certeza que foi alguém quem soltou as vigas para caírem em cima da louca a matando. Mas no fim das contas um ou outro dos órgãos dela foram transplantados para o protagonista, que por causa disso se tornou um Ghoul. Aquele médico é MUITO suspeito. Acho que ele sabia o que estava fazendo, tanto que nem ficou surpreso ou chamou a polícia quando viu que o menino não estava comendo nada desde que havia sido internado, sem falar que ele disse para o próprio doutor que não sentia o mesmo gosto de antes com a comidas, e nessa mesma hora ele abriu um sorriso.

Em meio a essa nova realidade, o Kaneki vai ter que lutar muito contra esse seu novo dilema pessoal. Deve ser impossível ficar sem comer nada, alguma hora ele vai acabar ficando fora de si e vai atacar alguém. O bom é que a maioria sacia sua fome por até 1 mês depois de comer. O coitado ainda vai ter que lidar com o seu amigo e a faculdade. Pois é, problemas por toda a parte. A minha curiosidade é em saber como nascem/surgem os Ghouls. Tenho certeza que existem vários do bem por aí.

Tô achando que ele vai ficar amigo da mina do café, aquela que olhou pra eles quando o Kaneki estava junto com a devoradora. Foi um olhar muito suspeito e de gente que parecia saber da identidade dela.

Tokyo Ghoul teve uma ótima estreia. Ela foi um pouco corrida e cobriu boa parte do volume 1 já. Vamos ver como as coisas vão andar de agora em diante.

08/10

Onde encontrar: BTR Subs | Kyoteru Fansub | Owari Fansub

Barakamon

Barakamon

DEMAAAIS, MUITO BOOOM, PQP!!

O mangá eu já lia e amava, mas o anime foi, de fato, um show a parte. Sensacional, conseguiram captar tudo, todo aquele clima da ilha, de cidade do interior, de hospitalidade das pessoas, dos sons ambientes e paisagens, tudo tão perfeito e em sintonia que, com certeza, foi uma das melhores e mais agradáveis estreias que eu já vi até hoje! Kinema Citrus foi incrível, assim como em Tokyo Magnitude!

O protagonista é um cara de personalidade! E isso torna tudo muiiito mais interessante. O autor conseguiu fazer personalidades muito fieis de pessoas do interior e de cidade grande, mostrando visivelmente os contrastes entre elas, tanto na maneira de ser quanto na maneira de pensar. Até sotaque ele colocou! E melhor que isso, ele soube trabalhar esse fator com grande qualidade e de maneira muito envolvente e divertida. A Naru é outra que é um dos destaques. Ela é genial na obra, representa toda inocência e criatividade de uma criança, cheia de sonhos e muito humildade. Com certeza ela vai abrir o coração do nosso protagonista e fazer ele enxergar as coisas de maneira menos dramática e egoísta.

E que linda surra que o Handa deu naquele velho idiota, hahaha!

Alguém mais quer ir morar naquela ilha?!

10/10

Onde encontrar: Moshi Moshi Subs | Shinonome Fansub & Owari Fansub

Gekkan Shoujo Nozaki-kun

Nozaki-kun

DJIOASJDASIOJDFSAOIFJASOIFASOIFJSAOIFJASOIFJASOFIJASOFIJSAFIOASJFAOI

PQP, QUE NEGÓCIO GENIAL!!! MTTT ENGRAÇADO!!! Ficou tudo perfeito, gsus. História muiiiito boa, divertida e engraçada! Os seiyuus foram sensacionais, tanto o do Nozaki, Nakamura Yuuichi (Okazaki de Clannad, Kyousuke de Oreimo, Houtarou de Hyouka), que já é um gênio, quanto a da Sakura, Ozawa Ari, que é uma seiyuu novata.

Todas foram situações divertidíssimas e nem um pouco forçadas. A personalidade dos personagens foram muito bem trabalhadas e aproveitadas. O protagonista é sério e muito engraçado, ainda mais com a Sakura ao lado dele. A percepção das coisas que ele tem também torna tudo muito mais divertido. Ele nem parece ser um autor de mangás shoujo. A própria obra em si brinca com esteriótipos.

Eu ri do inicio ao fim com esse anime, me surpreendeu demais, não esperava por algo tããããão bom assim! Acho que não me divertia tanto desde Baka to Test.

A animação tá ótima, nem precisa de muito mesmo em Nozaki-kun, mas ainda assim capricharam.

Nunca pensei que teriam tantos animes com nota máxima nessa temporada de julho. Mais do que merecido o meu 10.

10/10

Onde encontrar: Chrunchyroll

Zankyou no Terror

Zankyou

Foi tudo perfeito e equilibrado. Tudo parecia em sintonia nesse ep. 1. E realmente não esperava menos do Watanabe.

Os personagens são bem legais e interessantes. Cada um tem sua personalidade, que reflete bastante na forma como veem o mundo e como julgam as coisas. Tenho certeza que já passaram por muitas coisas quando eram crianças. O fato de se chamarem por números, somado a cena deles fugindo de uma espécie de campo de concentração, passa a ideia de que eles eram como cobaias para testes de alguma coisa. E talvez aqueles número pelos quais se chamam seja igual aos números que tinham quando crianças. A protagonista também é interessante. Tô achando que ela é a tal garota que eles acabaram deixando pra trás quando fugiram. Só não sei até que ponto vão explorar e entrar a fundo no passado deles, tendo em vista que o anime terá só 11 episódios. Mas ainda podem anunciar ser uma split-cour mais pro final.

Incrível como da pra sentir um clima meio tenso e pesado no ar, com aquela pegada de suspense e psicológico. As cores retratam muito bem isso.

Outro personagem que parece ser bacana é o professor que era antes detetive. Só de o fato de ele estar, curiosamente, na mesma escola que os três, já dá a entender que o ex-detetive vai causar problemas pra eles. Acho que o cara pode ser tornar um personagem muito bom.

Outra coisa que achei muito legal foi ver a atitude do Touji ao pular na piscina também. Foi simplesmente genial, tenho certeza que ele não fez aquilo por ser idiota. Ele viu que era bulliyng, viu nos olhos da Lisa que ela já havia passado por algo como eles e foi lá ajudar de uma maneira sensacional. Ótimo trabalho de direção.

Agora, qual será o real objetivo deles ao fazer aquele primeiro atentado terrorista, que por sinal ficou muito semelhante com a realidade. Ainda mostrou eles invadindo uma base no meio de uma montanha de neve para roubar algo. Parecia ser uma bomba. Tudo indica que isso tenha a ver com o passado deles e pelo o que já vivenciaram. Talvez uma espécia de vingança ou ódio pela humanidade que eles ficaram, mas acredito que o objetivo deles sejam as pessoas que, aparentemente, fizeram eles passarem por experiências horríveis quando crianças.

A animação ficou muito boa e o character design eu adorei muito! Sem dúvida um excelente primeiro episódio!!

09/10

Onde encontrar: Dollars

Jinsei

Jinsei

Acho que foi um dos piores episódios que eu já vi até hoje, hahaha. Ele foi MUITO mal dirigido. Jogaram os personagem pra cima da gente, como se já os conhecêssemos há anos!!

Falando neles, são todos muito fracos e cheios de esteriótipos muito pobres, rasos e com clichês bem mal trabalhados.

Foi tudo muito bizarro e corrido nesse episódio inicial. Teve poucas cenas engraçadas e divertidas. Acho que as melhores partes eram as das tentativas de aproximar o personagem principal com a louca que adora ciências lá.

Os problemas pessoais dos alunos que poderia ser o grande ponto positivo e interessante do anime foi tratado como lixo! Foi muiiiito mal desenvolvido! Provavelmente é assim na light novel também.

De qualquer forma, acho que crianças vão gostar do anime. Ele com certeza dará certo com os menores. O problema é que isso não fará ele ser um sucesso e ter boas vendas.

Pelo jeito será um anime bem fraquinho dessa temporada, infelizmente.

02/10

Onde encontrar: Chrunchyroll

Ao Haru Ride

Aoharaido

Uhuul, finalmente o anime de Aoharaido!! Adorei o episódio de estreia. Foi totalmente fiel ao mangá. A animação ficou muito boa. Teve vários ótimos visuais e a ambientação ficou show também. A trilha sonora ficou legal, mas o que mais curti foi o character design.

Se preparem por situações nas quais você se verá irritado pra caralho, tipo a da cena da mulher lá do bar do colégio da Futaba acusando ela de roubo e as pessoas a sua volta já acusando ela e fazendo fofocas e teorias, como se só existissem ignorantes por lá.

ODIEI a voz do Kou, horrível, nada a ver!!! Aquele seiyuu definitivamente não serve pra shoujos, na minha opinião. Mas acho que com o tempo me acostumo mesmo, fazer o que né…

O episódio foi bem legal, teve alguns momentos de vergonha alheia, outros bonitinhos, mas as tretas vão vir, podem esperar!

Aquelas ”amigas” nojentas dela e a menina envergonhada ainda vão ter um destaque maior já nos proximos eps, assim como o motivo do Kou não ter ido encontrar a Futaba naquela vez quando eram menores e também por ele ter mudado o nome e tudo mais.

A Production I.G. deu um show nesse primeiro ep, espero que continue assim, porque se ficar em uma qualidade tão boa como essa e como já fizeram em Kimi ni Todoke, com certeza Aoharaido vai fazer sucesso e conseguir vender seus BDs depois.

08/10

Onde encontrar: Dollars | Koisuru Fansub & Shinonome Fansub

Majimoji Rurumo

Mamoji

Muiito legal, muiito divertido!

O protagonista é um tarado completo e que todos os seus amigos e colegas de colégio já sabem, principalmente as garotas. Ele faz parte de um clube que pesquisa o sobrenatural.

A Rurumo é uma ótima personagem. Gostei bastante dela. Ainda não sabemos muito sobre ela e seu passado, que acredito que ainda falarão no anime. O bom de tudo é que o mangá já está concluído, o que possibilita a staff do anime fazer um ótimo material. A J.C. Staff fez bonito mesmo nessa estreia, espero que continue assim.

Pra quem não sabe, Majimoji é do mesmo autor de Pedal. O mangá é muito divertido e engraçado, vale a pena.

Pro azar (?) do Kouta, aqueles 600 bilhetes que ele ganhou custam a vida dele caso acabem. Ou seja, ainda dá pra usar muito e viver tranquilamente. Só não sei o que acontecerá caso ele perca os bilhetes ou se eles acaberem rasgados ou queimados, hahaha.

Vamos ver então o que o Kouta aprontará com tantos desejos em mãos. Com certeza é o sonho de qualquer pessoa ter isso também T_T. Ele será o personagem mais invejado da temporada, sem dúvida alguma!!

Foi uma bela estreia. Nada grandioso, mas bem bacana.

06/10

Onde encontrar: Levantine Fansub

Seirei Tsukai no Blade Dance

Seirei

Seirei era outro das minhas estreias mais aguardadas da temporada, e posso dizer que achei muito bom, gostei bastante.

Apesar de vários clichês e esteriótipos, a história é bem bacana e criativa. É tudo muito bem trabalhado e divertido. Vão ter várias cenas engraçadas, muitas delas graças ao ótimo protagonista. Kamito é um cara sensacional. Ele difere da grande maioria de protagonistas chatos e bananas de quase todas as light novels. O cara é muito sarcástico, zoeiro e meio aproveitador. Apesar disso, é uma boa pessoa.

No primeiro episódio já podemos notar essa sua peculiaridade, quando ele mente para Claire dizendo que para fazerem um contrato espiritual era preciso um beijo. Hahaha, esse cara é foda! Podem esperar por mais situações divertidas como essa e até por mais zoas ainda!!

A Claire é uma personagem legal. Uma loli tsundere, mas bastante divertida. No fim das contas ela não conseguiu domar o espírito da espada e o Kamito acabou formando um contrato com ele. Contudo, isso só aconteceu porque foi, talvez, a única maneira que ele conseguiu pensar naquela fração de segundos, caso não fizesse nada, a Claire teria morrido. Aliás, ele salvou a vida dela antes mais cedo também.

A grande consequência disso com certeza será mostrada mais a frente, afinal ele foi apenas o segundo homem na história a conseguir formar um contrato com um espírito. Antes dele, apenas o Rei Demônio, que já se encontra morto, havia conseguido, ou seja, tem tretas aí no meio. Acredito que ambos tenham uma ligação.

Por hora, o primeiro conflito em Seirei que nos foi apresentado foi o motivo de ele ter sido convocado a estudar naquela escola só de garotas, que seria para derrotar a tal espadachim que voltou e que ganha de todo mundo naqueles duelo, que se não me engano se chama Dança das Espadas. Ela tem um espírito maligno e aparenta ser do mau.

A staff me dava medo, mas gostei do trabalho que fizeram, apesar de não ter sido algo glorioso foi competente. Eu podia muito bem dar um 6 ou 7 pela estreia, mas Seirei tem um protagonista tão foda e cenas tão divertidas, que esse lado fez com que a minha nota aumentasse. Esse tipo de coisa também sempre deve-se levar em conta quando se for dar uma nota.

Leiam a light novel – já tem alguns volumes em português, até onde eu lembro – e que venha mais Seirei!

08/10

Onde encontrar: Animes Warehouse | ANSK

Yami Shibai II

YS

Bem legal! Começou bem a nova temporada de Yami Shibai.

O bacana é que o anime representa o folclore japonês de mitos e algumas histórias bem da sua cultura.

A animação é muito característica pra entrar no clima de medo e suspense, e o anime consegue passar esse clima e sensações de maneira muito bem, é fácil se envolver.

Pra mostrar mais ainda que essas histórias de terror estão em boas mãos, os dois diretores do anime são diretores de filmes de terror reais!! Um deles, inclusive, é o mesmo diretor que dirigiu o famoso O Grito.

E quem é que não tem medo ou desconfiança de bonecos marionetes como aqueles!! Eu particularmente odeio, hahaha. Imagina o pavor do policial, ainda mais com todas as risadas ao fundo, típico de um clima de filme de terror e desespero, simplesmente perfeito! Fiquei torcendo pra ele conseguir soltar a mão de dentro do boneco xD

Acredito que vale a pena todos darem uma conferida. São apenas 4min por episódio e ainda mostra um lado muito bacana sobre a cultura japonesa, sem falar que um ótimo – e um dos meus favoritos – fansub está fazendo!

08/10

Onde encontrar: Animes Warehouse

Sailor Moon Crystal

Sailor_Moon

Legal ver Sailor Moon depois de anos e ver que era algo assim que eu adorava acompanhar toda santa tarde no Cartoon Network. Confesso que comecei vendo porque queria ver elas se transformando em Sailors, se é que me entendem, huhuhu.

O anime ficou bem bacana e muito mais focado na parte dramática do mangá do que na comédia, o que eu achei ótimo! Ainda assim teve cenas divertidas. A seiyuu da Usagi é demais, muito boa!

A trilha sonora está fantástica, promete muito!! Apesar disso, a animação tá bem fraquinha, mas nada que incomode. Pra terem ideia, o cara responsável pela trilha sonora é nada mais nada menos que o gênio do Takanashi Yasuharu! Ele é o meu compositor favorito e que mais admiro. O cara fez as OSTs ”só” de Shiki, Naruto Shippuden e Fairy Tail. Ele também tem passagem por outros animes, como por exemplo, Log Horizon e Gantz.

Estou ansioso pelo próximo episódio, duro vai ser ter q esperar 15 dias pra ver cada um deles! Com certeza deve ser coisa da autora chata do mangá, que deve estar supervisionando tudo meticulosamente, haha.

07/10

Onde encontrar: Aenianos

Rokujouma no Shinryakusha

Rokujouma

Super clichê, mas muito engraçado e divertido!

Bom, só porque é clichê, não significa que seja algo ruim, muito pelo contrário. Várias das garotas possuem esterótipos bacanas e divertidos que são muito comuns por aí, a grande diferença se dará no aproveitamento que darão a elas na obra. Parece que vai ser algo wtf e cheio de zoas propositalmente!

O protagonista parece um cara legal e com um objetivo bem bonito. Espero que ele seja um ponto de destaque.

Eu adoro o estúdio Silver Link e ainda mais a staff que está envolvida no projeto, por isso estou com boas expectativas! O Silver Link sempre faz ótimas comédias, ainda mais com o excelente diretor Shin Oonuma, o mesmo que dirigiu o meu amado Baka to Test e ef – a tale of melodies.

Com certeza teremos bastante comedia e diversão.

06/10

Onde encontrar: Chrunchyroll

Tokyo ESP

ESP

Não, não é X-Men! Tá mais pra X-Espers, na verdade. Enfim, o episódio 1 ficou muito bom. Cheio de cenas de ação e lutas muito bem trabalhadas. E pelo jeito parece que não teremos censura!

Imagino que muitos estranharam o episódio 1, mas fiquem tranquilos. A staff é a mesma de Ga-rei Zero, o autor é o mesmo também. Por conta disso, tivemos várias semelhanças entre as obras. A primeira delas é o fato de o ep. 1 ter começado com um arco mais a frente do mangá, assim como fizeram e Ga-rei Zero, portanto acredito que já no ep. 2 ou 3 eles voltarão pro inicio da história e contarão como tudo ficou daquele jeito. Outra das semelhanças foi vermos personagens de Ga-rei Zero aparecendo no anime, haha. Bem bacana!

As cenas das pessoas nas ruas andando normalmente enquanto tanques do governo estavam por lá foi bem foda. No mesmo momento atacaram o governo e começaram a criar confusão em várias partes de Tóquio. Logicamente que existiriam Espers do mau, assim como do bem, e isso já foi claramente mostrado nesse início.

A tal garota branca que ficavam falando é, na verdade, a Rinka, protagonista da série. Como disse antes, acredito que já nos próximos eps vai mostrar como tudo começou e como ela se envolveu nessas coisas todas.

E que linda aquela surra que a filha da puta da mulher levou, né?! Só o que faltava ela matar a mãe da guriazinha!

Fica como grande dúvida, por agora, os objetivos dos personagens. Existe muita coisa pra contar, podem ter certeza.

08/10

Onde encontrar: Anime Corner | Hacchi Fansub

Ufa! E essas foram as primeiras impressões de vários animes dessa temporada. Espero que tenham gostado e que deem uma chance a algum outro título que antes não apostavam e não pretendiam acompanhar. Temos várias opções e muita coisa boa pra assistir, por isso vamos aproveitar porque não é qualquer temporada de animes que temos esse privilégio!

Assim como na temporada de abril, vou pegar alguns animes pra comentar semanalmente aqui no GG. O Análises Semanais vai voltar!! Também estou preparando um post especial dos animes de abril, tenho certeza que vão adorar!

Ultimamente tenho postado menos que o normal porque em início de temporada é sempre essa boa correria pra assistir tudo e organizar os novos posts envolvendo esses animes, por isso o ritmo das minhas colunas diminuiu nessas últimas semanas. Logo que eu organizar tudo, volto com os posts de sempre.

Até qualquer hora! o/

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

9 comentários em “Sala de Redação: Primeiras Impressões – Animes da Temporada de Verão/2014

  1. Comecei vendo Adlnoah Zero – Não sou muito de assistir mecha, mas a estreia desse me conquistou. Já assisti ao segundo episódio e tenho grandes expectativas.
    Glasslip – Esse eu abandonei. Achei o primeiro episódio muito… confuso. Sei lá xD Não curti.
    Tokyo Ghoul – É legal, continuo acompanhando, mas infelizmente segue o típico clichê de mangás shounen.
    Zankyou no Terror – Gostei da estréia desse, é o único q ainda n vi o segundo episódio. Foi um tanto misteriosa que me “pegou” haha XD
    Ao Haru Ride – Cara, me impressionei em ver o quanto é gostoso é assistir esse anime.

    Não comecei com a intenção de ver Barakamon, mas indo baixar vi o cartaz e deu vontade. Ainda bem! Muito divertido, iria me arrepender se n visse.
    Parabéns pelo post! Vi esses animes seguindo as suas expectativas e curti 🙂

    Curtir

  2. cara tem só uma coisa que vc não entendeu do Akame ga kill não é a família que é sadista É A PORRA DA SOCIEDADE INTEIRA, é um anime super pesado cheio de sangue e MUITO SÁDICO MESMO ou pelo menos é no manga

    Curtir

    • Eu sei, muitos conhecidos acompanham e tenho ciência de como as coisas são e funcionam em Akame, até comentei isso mais a fundo no guia da temporada de julho que postei há um tempo já. Aquela família é, literalmente, sádica, foi isso que eu disse. Aquele galpão foi tenso, né, hahaha. De qqr forma, aquela sociedade atual deles é quase uma escória da humanidade, só lutando muito mesmo pra tentar mudar alguma coisa.

      Curtir

  3. Pingback: Podcast Gekkou Gear – Primeiras Impressões dos Animes de Julho/2014 | ALCHEMIST NANY

  4. Gostei do post ficou bem bacana.

    Aldonah.Zero – O anime estreou muito bem, acredito que os mechas vão ser de grande destaque. Só não gostei da cena em que o míssil vem para atingir o carro e o moleque calmamente avisa que vem vindo o míssil, só que esses dias assisti o ep. 2 e percebi que o personagem é frio e calculista, então ta explicado aquela estranha reação rsrs.

    Akame ga Kill – Gostei muito do ep. 1, foi focado no Tatsuya e mostrou que pelo menos ele não um banana e matou a guria em vez de ficar se lamentando pela morte de seus amigos.

    Tokyo Ghoul – foi uma boa estreia, mas achei o ep. muito corrido e tbm no mangá o Kaneki e seu amigo criam a teoria que os ghouls são iguais aos seres humanos só que vivem disfarçados e no anime eles pularam essa pularam essa parte.

    Zankyou no Terror – Cara que 1° ep. bacana, quando percebi ja tinha acabado o episodio, prendeu minha atenção do inicio ao fim, esse anime promete.

    Majimoji Rurumo – achei super divertido o 1° ep., vamor ver como ele vai reagir daqui pra frente sabendo que ao fim dos bilhetes ele vai morrer.

    Seirei Tsukai no Blade Dance – eu não gostei tanto assim desse anime, assisti mais não me agradou muito….

    Sailor Moon Crystal – eu assistia quando passava na Manchete, e estava ansioso pela sua estreia, no geral foi bom, só as cenas de comédia que eu axei um pouco fraquinhas.

    Tokyo ESP – Não conheço o mangá de ESP, mas achei um bom 1° ep. mesmo não entendo muita coisa rsrs.

    Curtir

  5. Saudações

    Escutei ao podcast e, de maneira franca e direta, tenho alguns comentários à tecer sobre o mesmo…

    Primeiramente a duração. Quase três horas de áudio é muita coisa, falo bem sério isso. Tudo bem que tinha muito para comentarem, vários animes serviram de pauta. Porém, para isso, acredito que posso fazer duas sugestões. Uma seria de dividir este podcast em duas partes (a gravação em si pode ser feita de uma vez, mas a edição ficaria para duas ou três partes) e a outra seria trabalhar todas as obras relacionadas de maneira mais resumida (ou na melhor forma “conversa de bar” possível, sem separar por obras e afins).

    Em segundo, sobre o som de fundo. Um podcast sem música durante a conversação perde um tanto de seu poder de atenção (e de retenção). Se somares isto ao fato do podcast em si ser muito longo, certamente a tendência é de ficar maçante a experiência de vários ouvintes com o trabalho em questão. Por isso, minha sugestão (humilde e sincera) e que, nas próximas edições, coloquem alguns sons ao fundo se julgarem necessário.

    No mais, gostei da forma como as opiniões foram passadas. Achei deveras interessante e com muita sinceridade da parte de vocês. O pessoal comentou muito bem. É claro que concordei e discordei de algumas de tais mas, sinceramente, o podcast ganhou muitos pontos positivos neste quesito.

    E por favor, minhas sugestões são humildes, porém sinceras. Palavras de quem tem participado de podcasts há algum tempo. Espero poder ter ajudado de alguma forma, todavia. No mais, espero que prossigam com o trabalho.

    Quanto ao texto dos animes em si, eu esperava mais de Yami Shibai em sua continuação. Glasslip tem melhorado muito em três episódios seguidos. Aldnoah Zero é ótimo, seguramente. Ao Haru Ride é a minha preferência-mor desta temporada. Free! Eternal Summer tem focado mais na amizade e slice-of-life do pessoal. Akame ga Kill! não correspondeu ao hype que muitos fizeram (ao meu ver) mas é uma ótima pedida para se assistir. Rail Wars! sabe divertir e de maneira descompromissada. Hanamayata é a maior surpresa positiva para mim, sendo uma obra muito interessante de se assistir. Argevollen tem um protagonista que consegue ser mais patético que o de Abarenbou Kishi Matsutarou, embora o enredo da obra seja muito bom. Gekkan Nozaki-kun é outro anime à se destacar positivamente. E Sailor Moon Crystal dispensa comentários para mim, seguramente.

    No mais, ótimo trabalho da equipe.

    Até mais!

    Curtir

  6. Ainda estou ouvindo ainda pq é muito grande mas se desse pra da uma melhorada na qualidade do som agradeceria. Discussão do tema em si tá bem feita.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s