Review – Hareluya

01_006_007

“Do jeito que está, a humanidade deparar-se-á com a extinção no século XXI.”

O mangá de outro filho de Deus, mais inconsequente, brigão, engraçado e que hoje reina o universo. Conheçam Hareluya.

Hareluya é um mangá escrito por Haruto Umezawa no ano de 1993 e foi publicado na gloriosa Weekly Shounen Jump, sendo cancelado com 10 capítulos, porém com uma súbita melhora na popularidade após a decisão de cancelamento, Hareluya ressuscitou (esse é o filho de Deus mesmo, hein?) como Hareluya II BOY, que fez sucesso durante seus 33 volumes.

Hareluya conta a história de Hareluya Hibino, filho do Deus do Século XX e futuro Deus do Século XXI. Hibino é um irresponsável, preguiçoso, arrogante, que só quer saber de mulheres e bebidas e que deseja que os humanos se explodam. Nessa situação, seu pai não vê outra alternativa além de mandar Hibino para o mundo humano para aprender sobre o amor, a bondade, a humildade e as outras coisas que os Deuses aprendem quando vêm pra cá.

Ao descer dos céus, Hibino salva uma jovem freira do perigo e fica aos seus cuidados, sendo um humano comum para se tornar um Deus melhor do que ele seria para manter a paz, a ordem, o amor e a justiça na Terra.

Apesar de bastante curto, Hareluya é um mangá de porradaria divertido de se ler. Todo roteiro é simples e nada de complexo se desenvolve nesses 10 capítulos e nem se desenvolveria caso a série continuasse e nem se desenvolveu em BOY. A série acaba sendo isso mesmo, porradaria divertida, piadas e momentos épicos.

Hareluya

Outro bom ponto em Hareluya é o protagonista, Hareluya Hibino é um excelente personagem. Ele é extremamente insano e convencido, apesar do bom coração. É um personagem que dá muito gosto acompanhá-lo durante a obra e que nos diverte em vários momentos.

Outros personagens também não deixam a desejar como o Himuro e o Kyoushirou e além, claro, da Irmã Chris, que cuida de Hibino. São personagens bons que complementam bem as cenas de Hibino e que só não têm mais brilho pelo tamanho que o mangá teve e pelo fato do Hibino ser sensacional.

A arte não deixa a desejar. Haruto capricha em diversas páginas, principalmente as que envolvem um fanservice maroto para agradar o publico masculino. As cenas de luta são extremamente bem desenhadas e empolgam bastante o leitor apesar de serem poucas.

Bem é isso, recomendação curta, mas sejam felizes e leiam o mangá do filho do Senhor e a ressuscitação também, já que Hareluya II BOY também é muito bom. Até mais pessoal.

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Por, Eru-Marks

Um comentário em “Review – Hareluya

  1. realmente é um manga bem divertido de ler e deve ser o unico manga(q eu saiba ) q ressuscitou depois de já ter sido cancelado kkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s