Especial Halloween – Os ‘melhores’ vilões dos animes e mangás

freeza-wallpaper-13085-hd-wallpapers

Hoje o dia é deles!

Aeae! Depois do especial do dia dos namorados, estamos aqui dessa vez com posts para o Halloween. Todo redator do Gekkou Gear participará, com exceção de alguns (Chibi sem PC; Karrask0 maratonando Boku no Pico; Loke com provas; Den-chan navegando pelos mares com os Mugiwaras; Nanda que desde que entrou pra Fairy Tail nos abandonou e fica disputando o Gray com a Juvia). Espero que vocês gostem! Fiquem agora com a contribuição da Vane, que estava sem tempo, mas que deixou uma bela introdução pra nós! \o/. Depois da intro. começa os vilões/antagonistas favoritos de cada um de nós.

O Halloween é um feriado totalmente americano, com raízes celtas, que ganhou adeptos pelo mundo, é o dia de falar de bruxas, mas hoje virou sinônimo do gênero horror. E quem melhor para produzir horror do que os japoneses? Se você acha que não, não duvide, fora os americanos, os japoneses também tem um excelente currículo para produção não só de filmes, como também de mangás. Muitos dos filmes, aliás produzidos por norte-americanos, foram adaptados de obras japonesas e sinceramente na minha humilde opinião, os japoneses fazem a coisa ficar mais feia do que os americanos, justamente porque eles exploram, e muito, o bizarro. Mas falando de mangás, eu fiz um post há algum tempo sobre alguns mangás de horror que gosto bastante, existem outros é claro, inclusive atualmente a produção de mangás de horror no Japão esta a todo vapor, estou acompanhando dois e gostando bastante, em breve resenhas… sobre vilões, bruxas ou serial killers preferidos, sinceramente não tenho nenhum em específico, apenas curto as tramas em si.

Antes de mais nada, saibam que essas são apenas opiniões pessoais de cada membro do site e não a verdade absoluta, portanto não precisam se ofender caso não concordem com alguém.

Gekkou_News!!

Bom, não foi fácil escolher alguns, mas selecionei 4 que me marcaram muito.

1- Freeza – Dragon Ball

GOKU_VS_FREEZA!

Simplesmente meu vilão favorito. Dragon Ball foi o primeiro anime que eu vi na vida e foi também o primeiro trabalho otakinho vindo do Japão que eu vi. A saga do Freeza foi a melhor em Dragon Ball pra mim. Tudo começou a acontecer naquele arco: mortes, medo, violência, emoção, adrenalina, e muito mais! O Freeza me marcou muito. Foi um dos vilões mais cruéis e fortes que eu já vi. Sem dúvidas ele representou muito pra mim e foi fundamental para a história de Dragon Ball, principalmente do Goku.

2- Pain (Nagato) – Naruto

pain_by_serathus-d2p90sn

O melhor arco de Naruto, na minha modesta opinião, foi o do Pain. Me lembro que enlouquecia assistindo! Foi MUITO marcante pra mim. Eu estava apenas entrando nesse hobby de ler e assistir mangás/animes nessa época. Foi um arco incrível e cheio de emoção. O Pain era um cara com um passado muito tenso e com objetivos concretos. Foi muito legal observar o que havia acontecido com ele no passado para ele agir da forma que agia no presente. Foi um personagem bem trabalhado e desenvolvido. O cara passou por muita coisa e ainda assim conseguiu fazer o mais difícil, que foi acreditar no Naruto e ver que seu ponto de vista não estava correto. O Pain é foda, matou o Jiraiya, quase toda a vila de Konoha e até mesmo quase o Naruto!

3- Johan – Monster

doomsday4

Johan e Tenma, respectivamente

É tanto vilão bom que eu nem sei se essas posições estão realmente corretas pra mim. O Johann é fantástico. Ele o Tenma brilharam e fizeram Monster ser a minha obra favorita. O cara é cheio de motivos bastante interessantes e tinha uma visão de mundo bastante peculiar. Ele mostrou que vilões realistas podem superar facilmente qualquer antagonista de um shounen, por exemplo. Nunca senti tanto suspense e drama com outro vilão como com o Johann. Talvez ele tenha sido o vilão mais frio de todos que eu já conheci.

4- Conde do Milênio – D.Gray-man

millenium_earl_by_bomb_a_jead-d3884t1

Outro antagonista que eu amo de paixão! O Conde é genial, o cara é muito mal, cruel, engraçado e forte. Ele é um dos grandes destaques de D.Gray-man. Toda a simbologia, elementos religiosos e mistério que envolvem o personagem deixam ele ainda mais foda do que já é. Não é a toa que D.Gray-man seja meu shounen favorito. Eu adoro obras com um clima tenso e melancólico e o Conde sabe muito bem como fazer isso, assim como D.Gray-man num todo. Uma pena que o mangá viva em hiato ultimamente.

Sky

Escolho acima de tudo estes personagens como meus top 3, por simplesmente terem um desejo de mudança e terem o poder para isso, porém o fizeram de forma incompreendida para o sistema de uma sociedade como a  nossa  – Skyzinha-chan

“Quando um homem enfrenta o medo, a sua alma é testada. O que ele nasceu para buscar, o que ele nasceu para alcançar … a sua verdadeira natureza se tornará claro.” – Shogo.

1 – Makishima Shogo

Acho primeiramente que escolho o Shogo não pelo fato de ser o grande ”vilão” da história, porque se for ver bem, há a Oryou Rikako-chan que matava as meninas de sua escola e fazia delas Obras de Arte ou até mesmo o Touma Kouzaburou-kun que vai sendo falado por um bom tempo na série por ter cometido assassinatos em que esfolava vivo suas vitimas. Mas o escolho acima de tudo colocando-o no contexto da nossa realidade, da nossa atualidade. Cercados pela falta de esperança de alguns, a matança e fome desenfreada, os assassinatos e assassinos fazem quase que parte da nossa sociedade e do nosso dia-a-dia e sempre fizeram…

Porém Shogo não é este tipo de assassino, é um ser que tem características que há em grande parte da população, senão em toda população: Altruísmo por falsos ideais, uma pessoa cínica que move os outros pela manipulação as deixando cegas por uma ”revolução”. Ele esta em meu topo pelo fato de despertar o que há em todo mundo. Um vizinho, um amigo, um conhecido ou desconhecido com que você se encontra… Guarda e sempre guardara dentro deles coisas obscuras, e fazer isso sair para fora não só em uma pessoa como em toda uma sociedade, desencadearia uma pandemia e veríamos o verdadeiro e todos os lados de uma pessoa.

Acho que o fato dele poder proporcionar isso em uma sociedade ”estabilizada” e ”estruturada” como mostrada na serie, fazendo-se ver que há e o quanto sempre haverá brechas num sistema que poderia se implantar ou camuflar como algo da nosso sistema atual, me faz gostar dele.

2 – Tirano ou Áster (Crônicas do Mundo Emerso)

Houve um tempo em que eu era movido por um único desejo, e
a minha finalidade era a única coisa que me mantinha vivo. – Tirano/Áster”.

Tirano ou Áster (Guerras do Mundo Emerso) como é conhecido fica em segundo lugar e devo dizer que  sequências de livros me deixam à flor da pele, quando termino um livro às vezes tenho vontade de pegar o outro e jogar na tv e rodar como um filme por preguiça ou cansaço de ler, mas acho que o fato de livro ser livro e ser bom como livro, é porque ninguém no mundo (isso tenho quase certeza) poderá produzir algo (triste, terror, ação, romance) que você imagina lendo.

Na primeira trilogia, Tirano nos é mostrado como um ser que se apoderou das Fórmulas Proibidas e se apossou das magias proibidas e após receber a profecia de que seria morto por uma semi-elfo, ele resolve atacar uma das terras do Mundo Emerso, e, claros, para ter uma história, Nihal uma semi-elfo sobrevive ao massacre… O fato dele ser considerado o meu antagonista preferido não é exatamente pelas coisas que ele fez, porque durante o decorrer da série toda as ações são feitas por diversos personagens, mas ele fica em ”quase” topo por ter influência num mundo inteiro, por ter criado algumas raças diferentes à seu mando, mexido com magia negra, exterminado um povo e criado uma guerra, ele coloca muitos personagens em situações deploráveis e de extrema tristeza em que uma cena onde o personagem vê sua família sendo morta e criando a partir dali imensa raiva dentro do coração, vencendo estigmas e passando por cima da ”pena” que os outros sentem para se tornar a heroína da serie, graças à ele te move e te faz querer destruí-lo também.

E que na segunda trilogia -Guerras do Mundo Emerso- onde se passa quase 40 anos depois, ele já está morto, mas seu legado continua mais do que vivo e com uma seita de assassinos (criado em nome de Theenar (um deus adorado pelos semi-elfos) e que Áster (Tirano) seria considerado o Messias), têm como a finalidade trazê-lo de volta a vida, e em mais uma sequencia, vidas e vidas são moldadas por conta de apenas um vilão,  pessoas do passado são trazidas de volta e Licia Troisi (autora da série) nos mostra como o tempo vai passando e a idade vai transformando as pessoas e que a morte sempre vem… E foi em Um Novo Reino (ultimo livro da segunda trilogia) que fez eu me apaixonar por Áster, durante as Guerras do Mundo Emerso inteirinho, ele foi retratado como um santo abençoado pelo deus Theenar e que Theenar consagrava apenas o caminho da dor e do sangue e quando é descoberto que ele era o Tirano (obs. por ter praticado magia negra ele, um semi-elfo, foi aprisionado em um corpo que nunca envelheceria, num corpo de criança) fazendo-nos criar aquela raiva por todas as tristezas que trouxe na primeira série como também as que trouxe na segunda, mas bem perto do final com apenas uns gestos e algumas palavras ele me cativou… E confesso que ISSO (terá que ler para saber) o fez ficar no meu top antagonista /o/

Você tem uma ideia bastante estranha da morte, como todos os
que ainda vivem, aliás – replicou Aster”.

3 – Diva (Blood+).

Estou com medo Saya!”

Tirando a sua morte, o único momento em 51 episódios e mais de 100 anos transcorridos que a Diva demonstra algum sentimento, senão o do desprezo e prazer à dor…

Com outro conceito sobre “vampiros” e “sugadores de sangue” a série se baseia e começa a sua trama à mais de 100 anos atrás. Dois pesquisadores, Joel e Amshel Goldsmith que ao capturarem um ser que denominam Chiropteran e disseca-lo, encontram dois casulos em seu útero que posteriormente acaba nascendo as Duas Rainhas do sangue. Porém, com tais anseios de pesquisador, Joel decide que iria criar uma das meninas e a outra seria, A Cobaia.

Conhecida apenas como Diva, é chamada de irmã mais nova de Saya, porém são irmãs gêmeas. Ela ganha seu nome enquanto estava cantarolando, única coisa que podia fazer da torre em que estava trancada e Saya a ouve e decide dar um nome à ele, pois ela não tinha nome algum sequer e recebe o nome de Diva, por conta de sua voz. Saya decide libertá-la no aniversário de Joel para Diva cantar uma música para ele, acontecendo um dos únicos momentos em que Diva demonstra sentimentos de medo, mas trata-se mais medo do mundo afora e pronto! A serie basicamente vai se revelando aos poucos,

Blood+ foi inspirado no filme de animação de 2000, Blood: The Last Vampire, entretanto, não se trata de uma continuação, pois aproveita apenas algumas alusões e elementos básicos do filme, seguindo cronologias e ambientação quase que completamente distintas. O inicia se dá por volta do ano de 2003 em Okinawa com Saya Goldsmith, que faz quase um ano que acordou de um coma, porém não se lembra de nada. Ela encontra no meio da rua tocando um violoncelo, Hagi, que nada mais é que seu único Chevalier e ao ouvi-lo Saya têm sensações estranhas e se lembra de cenas violentas e sangrentas de 1972, a Guerra do Vietña, a última vez que esteve acordada.

Durante toda a série, Diva é mostrada como a Super Vilã da trama, coisa com a qual discordo. Diferentemente de Saya, Diva não teve conhecimento do tema família e amor, tornando-se cruel, imprevisível e “mimada”, com Amshel sendo um de seus cavalheiros e o máximo de figura paterna que ela chega a ter, sendo que durante a serie percebe-se até o final (principalmente quando se descobre o passado das Rainhas Chiropteran) que Diva nunca passou de um objeto de tamanha curiosidade que deveria ser pesquisado, testado ao máximo.

E, claros, minha paixão por ela vem após provocar tantos distúrbios e mortes por suas próprias mãos, nos fazendo sentir as dores de Saya e simpatizando cada vez mais com ela, nos faz (pelo menos pra mim) ter toda essa ideia sobre ela caída por terra com a luta Saya X Diva. Em que a Diva acaba sendo atingida por Saya (obs.. Elas não envelhecem, cicatrizam rápido, não morrem …porém o sangue de uma é letal para a outra) e começa a aparecer vários stigmas no corpo dela.

É uma série que você não CHORA, não porque não é triste e só tem ação, mas porque as últimas cenas transcorrem de maneiras tão rápidas que é difícil de assimilar que : Acabou!

Mas chorei algumas partes, vibrei em outras com as cenas de lutas e as OPENS/ENDS \o\ /o/ Óoooh Goood! E claros o magnifico final da Diva onde tudo o que ela queria na verdade era ter passado pelas experiências que a Saya teve, Amor; Família e Liberdade. Uma vida com suas filhas que não chegam a nascer na sua presença.

Saya, eu não quero morrer! – Diva exclama enquanto os stigmas em seu corpo começam a petrificar. Saya agora entendia, entendia toda a dor que Diva havia sentido e o motivo de todas as suas ações, desesperada tenta inutilmente recolocar o braço de sua irmã de volta ao lugar e vê todo o corpo dela quebrar ao seu toque. Tudo o que Diva quis era ser feliz, uma felicidade simples e sincera de uma família que a amasse. No fundo Saya a amava e agora entendia aquela solidão, só nunca havia até então entendido que as suas dores eram as mesmas que as dela, porém de pontos de vista diferentes. Deixando o futuro nas mãos de suas sobrinhas, as duas Rainhas Chiropteran.

Diva e Saya

Presents

Olá, pessoas, aqui é o Eru-Marks nesse post especial pra falar sobre meus vilões/antagonistas favoritos. Eu sinceramente acabo de perceber que por mais que eu goste de vilania, malvadeza e caos no mundo, eu não tenho muitos antagonistas/vilões como favoritos. Aliás, é bem raro eu ter um vilão como personagem favorito numa obra. Acho que isso quer dizer que eu sou exigente com malvadeza em geral ou sei lá, vou parar com a enrolação de dizer quais são os meus antagonistas/vilões favoritos:

Takasugi Shinsuke – Gintama

77f99983

Apesar de ser um anime de comédia escrachada, nos momentos de porradaria, Gintama também brilha. Por mais que o nosso vilão aqui apareça bem pouco, toda vez que ele entra em cena, temos que parar para prestar atenção, pois momentos ótimos virão, sem contar toda a imponência dele.

Donquixote Doflamingo – One Piece 

Doflamingo_Heads_to_Punk_Hazard

É verdade que aos olhos do leitor, ele está se mostrando só agora nesse arco, mas desde sempre sentimos a aura imponente do poderoso Shichibukai cor-de-rosa. Nos últimos tempos, além de um antagonista que impõe respeito, um carisma imenso e uma inteligência absurda. Sem contar o fato de ele não ser daqueles vilões que só ficam sentados esperando o herói derrotar todos seus subordinados pra daí fazer alguma coisa, ele foi o primeiro cara que levantou e foi resolver as paradas que estavam acontecendo em seus domínios. Isso tudo acabou contando muitos pontos para o épico Flamingo ser considerado um ótimo antagonista.

Raoh – Hokuto no Ken

 Contemplem essa imagem:

16_040_041

Encerro aqui meus argumentos.

Dio Brando – JoJo’s Bizarre Adventure

14

Dio é um miserável, cruel, maldito, detestável, desgraçado, cujo coração só há maldade e ambição e com certeza o mundo seria muito melhor sem ele, por isso ele é um bom vilão. Vomitando minha opinião em você, mas eu não consigo aceitar um bom vilão sem uma personalidade. Vilões têm que ter pró-atividade para maldade e pouco se importar com a destruição de vidas alheias e o Dio é a síntese disso. Sem contar o carisma inigualável do vampiro e do fato de ele ter transformado o Led Zepellin em zumbis que trabalham pra ele. Isso que é vilão.

Luiz Jaeger

Johan Liebert

maxresdefault

Quem já leu/assistiu Monster sabe que Johan Liebert é aquele personagem que quando aparece é sinal de que irá acontecer alguma coisa quase sobrenatural/sinistra/bizarra/maldita/inacreditável e por aí vai. Johan é um vilão de aparência vistosa e gentil, mas que é um “monstro” por dentro, além de conseguir manipular os outros personagens e causar um grande espanto no leitor. Você não sentirá exatamente medo, mas com certeza ficará tenso.

Conde do Milênio

Millenium_Earl_by_DrawingKuma

A primeira impressão que tive ao ver o Conde do Milênio foi a de um personagem saído de um Halloween, e por isso é a ocasião perfeita para indicá-lo nessa data. Observem a aparência desse vilão, com sua pele macilenta, óculos, nariz pontudo, cartola, os dentes enormes, a barriga expansiva, e o guarda-chuva como adereço e me digam se não dá pra ir tranquilamente a uma festa de Hallowen fazendo cosplay com o Conde do Milênio?

UndeadMavatar

4 – Mereum (Hunter x Hunter)

O rei.

O rei das Quimeras Ants, o vilão de uns arcos shonens mais interessantes de todos. Vocês já devem conhecer sua história, então não vou enrolar muito. Mereum nasce com uma sede insaciável por poder, ele se considera superior a qualquer ser existente. O mais impressionante nele não é isso, ele começa a ter sede também de conhecimento e começa a ler livros sobre jogos de tabuleiro, assim que ele vence o melhor de cada jogo ele os mata.  O último jogo que ele aprende é o Gungi, algo parecido com Shogi, sendo assim resolve enfrentar a campeã dos jogos, Komugi, uma mulher cega, a partir daí sua visão de mundo sofre uma grande alteração. Suas mudanças e partidas com a mulher são muito interessantes, um desenvolvimento fantástico é feito em cima dele.

3 – Griffith (Berserk)

Se você procura por um vilão que seja extremamente filho da puta, você o encontrou.

Carismático, ágil, focado. Ele sempre sonhou em ter seu próprio reino. E nada, nada mesmo vai o fazer parar. Ele era o líder do bando do Falcão, onde manipulava todos os seus companheiros. Só para vocês terem uma ideia de qual fissurado por esse sonho ele era, Griffith chegava a “dar o seu corpo” para homens nobres em troca de poder. Sua relação com o protagonista é muito interessante, todos sabem de onde vem os melhore vilões, eles vem dos amigos. Guts e Griffith faziam parte do Bando do Falcão, mas Guts era o único que não era manipulado, o único que fazia Griffith ver o que era real e o que não era. Porém, acontecimentos trágicos fazem os dois virarem inimigos. O momento que Griffith se torna vilão é um dos momentos mais chocantes de qualquer mangá, um dos momentos mais intensos e assustadores.

2 – Randall Flagg (The Dark Tower)

Acho que poucos devem o conhecer. Ele é um dos vilões do Stephen King, mas esse chega a ser tão interessante que aparecem vários livros dele. (só explicando pra quem não conhece grande parte dos livros do Stephen Kings estão conectados). Randall Flagg é um dos muitos nomes dele, ele também é chamado de “O homem de preto”, “Walter das Sombras”, “Marten Broadcloack” e tantos outros nomes, e isso porque ele pode mudar de forma. Ele é a criação do mal. Em “A Dança da Morte” onde é o principal antagonista, ele tenta recriar a sociedade juntando o pior da humanidade, após uma grande epidemia. Um dos maiores manipuladores que já vi.

1 – O “Amigo” (20th Century Boys)

“You can kill a man, but you can’t kill an idea” – Abu Nazir (Homeland)

Essa é a frase perfeita para esse vilão. O verdadeiro poder em um nome, um nome tão ingênuo e afetuoso: Amigo. Tudo começa com uma pequena seita religiosa que adora um homem, que ninguém nunca vê o rosto.  E as coisas vão evoluindo até a dominação completa do mundo. O que um nome, uma ideia pode fazer? Elas podem exercer controle sobre as pessoas mais fracas. Um plano completamente insano, mas o mais interessante desse vilão não é o seu plano diabólico, ou até mesmo os efeitos dele e sim os motivos dele se tornar quem ele é. Não vou spoilar não ‘-‘.

Ro-kun

68110_533065493454857_1750229606_n

Conde do Milênio (D.Gray-man)

img_1337537_12296691_2

Impossível não gostar. Um personagem tão carismático que é o típico que você ama odiar AHUSHA.

Aizen Sousuke (Bleach)

Acho que é o mais sacana de todos… Nunca pensei que ele sequer poderia ser o vilão na saga da Soul Society e ainda parecer legal depois. Mas depois das 32984632 transformações ficou tosco rs.

Koumavatar

Iago

6SN9z8U - Imgur

Iago persuadindo Otelo

“Os fins justificam os meios.” — Nicolau Maquiavel

É a frase que melhor define Iago, principal vilão da obra Otelo, o Mouro de Veneza do dramaturgo Willian ShakespeareIago é considerado um dos maiores vilões da literatura mundial, não é à toa pois é a própria mão de Deus que dá vida (pensem nisso como uma ironia) à trama. Dizem que vilão bom é aquele que te estimula a odiá-lo, e Iago quase me fez entrar no livro para socá-lo. Mas o que faz ele está aqui não é sua capacidade de manipulação, de intrigar e mascarar seus atos, mas a sua essência como humano. Sim, humano, não pelos seus motivos nobres para fazer o que fez, mas pelo modo que fez. Não há mais poderoso do que aquele que sacrifica seus bens para alcançar seus objetivos, e Iago faz com proeza, matando seus capangas e até mesmo a sua esposa para conseguir o que quer. E no final da obra, vemos o resultado de seu egoísmo.

Escolhi ele porque sou o tipo de cara que admira pessoas que se matam para conseguir algo, e além disso, foi o vilão que mais me deu raiva, até hoje. Engraçado é que eu odeio ele por isso, mas também o admiro por isso, é um feito e tanto mesmo.

Kumagawa – Medaka Box

cYdsm2f - Imgur

Ele vence perdendo

Não é um vilão (no sentido exato da palavra), mas um dos melhores antagonistas de mangá. Não, eu diria que ele é o antagonista perfeito (no contexto da série isso seria uma ironia), pois é o exato oposto da protagonista de Medaka Box. Se ela é 1, ele é -1, e por aí vai. Além de ser um personagem divisor de águas, é também muito carismático devido à sua personalidade distorcida e seus lemas. Em geral ele é o antagonista que te faz gostar mais dele do que do próprio protagonista. Como vocês já devem imaginar, ele é um personagem do Nisio Isin, famoso pelos seus personagem com personalidades fortes e incomuns, mas ao meu ver Kumagawa é o cume dessa característica dele. Minha frase preferida dele é “Não se preocupe, eu estou do lado dos fracos.”.

Joy

Jooy

 

Yo! Minna. Aqui quem vos fala desta vez é Joichiro Joy, e vim participar deste post mais que especial. Então falarei um pouco sobre os meus vilões prediletos – podem não concordar comigo, mas são os que eu mais considero um vilão. São estes:

3- Aizen Sosuke – Bleach

Aizen Bleach

De fato, falar sobre vilões sem mencionar o Super vilão de Bleach, Aizen, não é falar sobre o assunto. Aizen mostrou durante sua longa exibição um enigmático e cruel vilão de coração frio, e foi este aspecto que chamou minha atenção, e fez de Aizen um dos meus vilões favoritos.

2- Naraku – Inuyasha

Naraku - Inuyasha

Este sim possui todas as qualidades – ou seria defeitos? – que um vilão deveria ter em qualquer história. Uma mente corrompida pelas trevas é um dos fatores que levam os personagens tornarem vilões, mas nunca alguem mostrou tanta maldade quanto Naraku durante a exibição do anime, e no fim como todo bom final clichê dos shounens, demonstra que lá no fundo possuia um fragmento de bondade.

1- Nishi Joichiro – Gantz

Nishi Gantz

Este seria um vilão? Não sei, o termo neste caso seria Anti-herói, pelo fato de Nishi não demonstrar nitidamente atos que o destacava como um vilão; antes de tudo, Gantz é uma historia que se destaca por suas exibições tecnológicas durante os capítulos, mas antes de tudo os personagens são humanos e nao possuem “super-poderes” que os fizessem poderosos, são apenas equipamentos, e mentes perturbadas se tornam frágeis a qualquer emoção negativa ao possuir um poder superior ao de qualquer humano. É isto que torna Nishi Joichiro um vilão – anti-herói – mais humano que vi.

Bom gente, os posts especiais de Halloween eram pra ter saido ontem, mas não foi possível devido a problemas pessoais. Enfim, ao invés do dia Halloween, vamos fazer a semana Halloween, então todos os posts especiais devem sair até domingo. Mas eai, gostaram da listinha de cada redator?

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

23 comentários em “Especial Halloween – Os ‘melhores’ vilões dos animes e mangás

  1. Caramba, eu realmente gosto de vários dos vilões apresentados aqui, como o Johan, o Makishima Shogo, Dio(mas a argumentação dos motivos para o Raoh estar na lista foi incrivel u.u), Meruem, Griffith e Kumagawa realmente são incríveis. Eles representam muito bem o papel que lhes é dado, sendo odiados a ponto de eu me sentir aquelas tiazinhas que assistem novela e querem bater na vilã, ou apenas me fazem gostar deles pelo carisma enorme que os mesmos tem.
    ótimo post ^^
    ps: o meu vilão preferido é o Orihara Izaya, só porque ele é carismático e me identifico com ele.

    Curtir

    • E eu acho que o gekkou ficou devendo uma foto dele com os amigos assistindo boku no pico, como ele prometeu no post de aviso u.u
      Tá, vc falou no halloween, mas tem coisa mais assustadora que isto?

      Curtir

      • também me lembro do Gekkou ter comentado sobre uma foto hein! huahuhau Aaaaah Izaya é perfeito e muito louco o personagem dele.. fico tipo de boca aberta sempre que ele aparecia e maravilhosas gargalhadas \o/ Eternamente :: Izaya x Shizuo [♥]

        Curtir

      • kkkk o famoso par IzayaxShizuo. Eles se tornaram tão famosos que, quando eu comprei a versão americana do mangá, ela veio com um poster dos dois. Quem é Mikado? Ah, ele é só o personagem principal (pffff…), quem merece a capa é o shipp mais famoso de durarara lol
        kkkkkkk Vamos cobrar até ele postar o/

        Curtir

      • Ooooooh Gooosh morri de rir . kkkkkkk
        Quem é Mikado? …. PFFF ! ahushuahsuahushaushaushau
        Mas é vdd… nao gostei mto do fim da série e preferia até q desse continuidade, mas o fato que fez ele ser tão bom foi os traços engraçados e INTELIGENTES, acabei vendo Baccano pq disseram q eram similares nisso.. No último episódio nos ultimos minutos, segundos de DRRR e eu chorando de rir. shippar eles forever /o/”\o\
        eo Shizuo é macabro pôw, sérião! kakakak

        Curtir

      • De Durarara eu gosto muito do enredo e da forma como ele é contado(e do Izaya), com vários pontos de vista sobre a mesma cena, ou várias coisas acontecendo, acho bem interessante este aspecto da obra. kkkkkk o Shizuo é mesmo assustador, naquela cena em que ele senta na moto da Celty e fica “matar, matar , matar, matar” pra conseguir entrar na “vibe” certa é épica. kkkkkk e eu também adorei a cena em que o Izaya explica como ele ganhou um olho roxo. Durarara teve um OVA lançado, e as novels continuam, mas ninguem sabe pq elas não foram animadas, já que Durarara foi um dos animes mais rentável do Brain’s Base(acho que foi esse o estúdio). Ah, outro aspecto que gosto muito são as aberturas, elas são íncriveis ^^

        Curtir

  2. Acho que TOP3 em quesito vilão:
    1 – Dio Brando (JoOooOooOOOJO~!)
    O cara mata a família Joestar quase toda!! xD
    2 – Aizen
    Lindo! LindO! xD
    3 – Takasugi Shinsuke
    É mal e com passado não muito bem explicado ainda~

    Curtir

  3. Sky colocou Aster 0_0, wow Eu acho o Mundo Emerso foda pra caralho, e esse cara é fodão. Muita gente botou o Conde, tb curto ele. O Makishima tb é muito foda, estou assistindo Psycho-Pass e ele é muito interessante. Eu ia botar o Johan, mas como não vi tudo de Monster ainda resolvi não botar. Todi mundo fala bem de Kumagawa, to quase lendo Medaka só por causa dele.

    Curtir

    • éeh eu sei. Shogo seria mais um antagonista como o Leandro-sama disse, do que vilão… e pra mim Light é um tipo de herói sem ideais desenvolvidos corretamente e que ao longo de 6 anos se tornou fútil…porém perspicaz. Mas considero a série muito boa tbm e sou apaixonada pelo L. [♥]

      Curtir

  4. Os meus três vilões preferidos são:
    1: Aizen(Bleach)
    Eu sei que ele meio que virou overpower mas ele é meu vilão preferido só por causa que ele criou a situação que eu menos esperava de todos os mangás que li!!!! Eu nuca imaginei que ele seria o vilão(tive a sorte de ler Bleach sem spoiler XD)
    2.Barba Negra(One Piece)
    Apesar de ter muitas mangás com vilões bons fiquei surpreso de não ver esse filio da p*** na lista, ele é basicamente o único pirata de verdade na série e é a causa do momento mais triste da série #Ace, eu sinto tua falta :((((
    3.Medusa(Soul Eater)
    Ela é simplesmente fooooooda, Soul Eater é um dos meus mangás preferidos e todas as lutas da Medusa são épicas.

    Curtir

  5. ahsuahsu Aster simplesmente é perfeito pra mim, com seis livros sobre Mundo Emerso e ele teve tanta influencia, assim como os ideias incompreendido de Shogo-kun. Genteeee o Conde tbm é meu preferido, mas não havia palavras pra eu conseguir descrever o qnt ele é FODA!

    Curtir

    • Eu gosto muito de toda a simbologia e historia por trás da figura do conde. E por favor, quando ele faz cara de mal sei que o kanda fica com os joelhos tremendo u.u
      Eu não sei quem é Aster, não posso falar nada ^^’

      Curtir

      • haushau Áster é um carinha ae (muito FODA pra quem conhece ;), não é animango ) hausdhaushau Juro que as vezes shippava o Kanda e o Allen-kun… u.u” eu sei, eu sei é nada a vê. Mas faze oq né. kkk Concordo com vc sobre a historia do Conde, no volume 21 em diante Hoshino caprichou mesmo hein! /o/

        Curtir

      • Animango? Que não faz parte de animes e mangás? Eu li animago, e eu fiquei “hum, eu sei que ele não é de Harry Potter” lol
        Kanda e Allen? Não sei. O Kanda é meio durão, o Allen poderia derreter aquele coração de gelo(possível razão para o shipp) e fora o fato que o Kanda ajuda o Allen depois de fugir. kkkkk ela caprichou nos desenhos e no shounen-ai

        Curtir

  6. Cara para mim o griffith ,johan,meruem e o makoto shishio são os melhores vilões que ja vi na vida. Eu tambem incluiria o aizen souseke mais pra mim o kubo estragou o personagem.

    Curtir

  7. para mim um top dos vilões seria em: 1 Meruen 2 Doflamingo e em terceiro ficou um pouco dificil pq n conheço muitos viloes mas dos q vi em anime 3 Naraku foi um ótimo vilão do começo ao fim gostei muito !!!conheço Aizen mas não vi nada de surpreendente , e jamais colocaria o Amigo em 1º foi muito forçado o ,aqela ceita de jeito nenhum duraria .entao esse são meus tres favoritos , acho que ficou bom.

    Curtir

  8. Naraku nem era vilão a vilã real de Inuyasha foi a invejosa da Tsubaki e cade a Pandora de the lost canvas? aquela vadia ingrata Degel salva ela e mesmo assim ela o deixa morrer. E também como ” Pain” pode ser vilão? se era só uma ferramenta vilão era o Zetsu..Madara e Orochimaru.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s