Finais #2 – Ajin 2

Quando todos esperavam por fim, eis que…

Um dos melhores animes de 2016!!

Começando mais um Finais aqui no Gekkou Gear e novamente com um anime de 2016. Ajin começou na temporada de janeiro e teve sua continuação em outubro do mesmo ano. Ajin é o caso, infelizmente, de afastar muita gente por simplesmente ser diferente do padrão, isto é, ter uma animação feita 100% em CG, algo que incomoda muitos, até mesmo aqueles que nunca tiveram contato com animes assim. É normal e eu entendo o fato de existir pré-conceito, mas eu acho isso algo bem bobo, sendo bem sincero. Eu mesmo tinha certa restrição para animes assim alguns anos atrás, entretanto sumiu rapidamente assim que peguei um anime em CG pra assistir. O que eu acho engraçado, é que muitas dessas pessoas – incluindo eu, antigamente – são frescas com isso, mas não veem problema algum em assistir filmes da Disney ou desenhos nos mesmos moldes. É evidente que não dá pra comparar uma produção multimilionária e com computadores da Nasa, como são os filmes da Disney, com meros animes japoneses sendo feitos por estúdios bem longe da realidade de um grande de Hollywood. E a diferença nisso a gente vê pela fluidez do CG de uma produção para outra e às vezes até na taxa de frame rate.

Geralmente quando chegamos nesse ponto da discussão, com a desculpa de que a animação em CG não parece ser boa e tudo mais, eu costumo questionar: e os animes antigos? Boa parte deles eram pobres de qualidade de animação ou até visual, ao contrário da maioria de hoje – visualmente falando -, e por acaso eles todos eram ruins, então? Animação é só um detalhe a mais em quase todos os animes – alguns realmente dependem dela -, o que importa mesmo é a qualidade da obra, da história e dos seus personagens. Enfim, o que eu quero dizer com tudo isso são duas coisas: a animação de Ajin não é ruim, eu gostei bastante do que eu vi. E a outra coisa é para tentar convencer vocês a dar uma chance aos animes feitos totalmente em CG. Deixa de birra ou pré-conceito com bobagens superficiais como essa. É SUPER fácil de se acostumar com a animação em CG, acho um exagero quando leio pessoas falando que não conseguiram assistir, pois ”não deu pra aguentar”. Isso só aconteceu porque elas foram assistir já cheias de pré-conceitos sobre o anime antes, o que atrapalha qualquer experiência de entretenimento. E isso serve pra muitas outros pontos também. Vejam Sidonia no Kishi, vejam Ajin, vejam Ronja, vejam o que for, mas sempre sem restrição quanto ao uso do CG ou não. Talvez você, um dia, acabe deixando de acompanhar uma obra que poderia se tornar incrível e inesquecível pra você, pelo simples fato de ter um preconceito bobo com a animação.

Bom, depois dessa grande introdução, mas que eu acho super válida, vamos comentar sobre o desfecho do excelente anime de Ajin! Eu amei o primeiro cour do anime lá na temporada de janeiro. Eu fiquei completamente absorvido e grudado no meu computador sem conseguir parar de assistir um episódio atrás do outro. É difícil encontrar uma obra nesses moldes que seja séria, madura, com conteúdo e interessante. A maioria acaba se perdendo ou revelando ter um enredo bobo, com personagens fracos e de motivação batida. Felizmente em Ajin o caso é completamente o oposto. Enquanto eu achei o primeiro cour excelente, o segundo, da temporada de outubro, eu achei um pouco abaixo do anterior, mas ainda assim muito bom. Um detalhe que eu não gostei muito foi eles terem tirado a cabeça dos Ajins, que no mangá possuem aqueles bocões de dar medo, haha. O Nagai é um protagonista que demora um pouco pra se tornar interessante, na minha opinião. Contudo, assim que passamos a conhecê-lo um pouco melhor, ele começa a crescer na história. E acredito que boa parte dessa culpa se deve ao próprio andamento do enredo nos primeiro arcos de Ajin. Por exemplo, até agora não tivemos um arco falando sobre o Nagai, sua irmã, sua família e seu passado. Com certeza deverá ser algo bem interessante, afinal ele pode ter sido o primeiro ou um dos primeiros Ajins do mundo. Lembram que ele já tinha o seu desde criança? Falando nisso, talvez o anime tenha tocado nesse ponto, sobre existir Ajins desde a antiguidade, eu só não lembro agora ao certo.

Nesse segundo cour conseguimos ver o quanto o Satou é louco, haha. Finalmente foi revelada partes da sua motivação, apesar de eu acreditar que tem mais coisa nesse buraco. O cara é louco e como louco age. Minha dúvida é quanto as reais intenções do Tanaka ao seu lado. Acho que alguma hora ou outra ele vai acabar traindo o Satou ou, ao menos, mudando de lado. Mas eu confesso que me surpreendi com a atitude dele de não fugir com os outros no final. Talvez isso seja um sentimento de gratidão por ter sido salvo pelo Satou anteriormente. O que eu fiquei um pouco perdido na batalha final foi sobre a parte em que um Ajin perde a cabeça. Quando o Satou passa por isso, eu imaginei que ele morreria ou voltaria com uma mente, memórias ou personalidade completamente diferentes. Acho que tinham falado isso no primeiro cour, mas eu realmente não lembrava mais ao certo o que era. Talvez o Satou – e quem sabe também o próprio Nagai – sejam especiais nesse sentido, afinal eles são muito mais ligados aos seus Ajins que a esmagadora maioria. O que eu achei legal foi terem completado as primeiras cenas do episódio um do anime lá de janeirão, agora no último episódio do segundo cour. Deu a entender duas coisas, ou que o Satou já tinha seu Ajin desde a época de militar, ou de que ele adquiriu essa habilidade através de experiências com algum dos capturados por ele e sua equipe.

E quando todos pensavam que havia tudo acabado para o Satou, que o arco dele havia, enfim, se encerrado… Eis que o filho da puta mostra lembrar de tudo e continuar igual, através daquele papo com o Tanaka no Avião. E boom! Ele consegue, de alguma forma, usar seu Ajin para explodir o avião e escapar com o Tanaka, dando a entender, também, de que uma derrota na batalha anterior já estava programada em seus planos entre os vários finais que enxergou. E não creio que ele tenha usado algum explosivo com ele ou algo do tipo, porque ele e o Tanaka foram, obviamente, revistados antes de entrarem no avião. A dúvida que fica para a sequência é do que ele fará em seguida. Será que ele vai dar um tempo? Será que ele pretende ir para outro lugar e deixar o Japão um pouco de lado? Abriu-se o leque para inúmeras possibilidades. E não podemos nos esquecer que já sabem da fuga dele. Foi um final bem inesperado e bem interessante pra sequência da história.

Eu gostei da forma como relacionaram os personagens nesse segundo cour, com o Nagai e companhia se juntando ao Tosaki e a Izumi <3. Tô bem curioso pra ver como isso se seguirá no enredo, ainda mais agora que os Ajins tiveram seus direitos como cidadãos reconhecidos no Japão. Eles podem voltar pro colégio, trabalhar, ter uma vida normal, porém isso não significa que serão aceitos imediatamente por todos, assim como não impede que seja uma manobra do governo e das grandes nações de botar as mãos em um ou outro Ajin por aí. E gostei de ver aquele Ajin voador lá, bem bacana. Legal também o Kaito estar livre agora, mas não podemos nos esquecer que ele fugiu da prisão, hahaha.

Ajin foi uma das gratas surpresas de 2016. Eu já esperava bastante do anime, mas acabei me surpreendendo ainda mais com o que vi. Foi um dos meus favoritos do ano. Como é bom ver a Polygon Pictures pegando só obra de qualidade pra animar, ainda mais sempre com a Netflix dando uma forcinha por trás e comprando o stream das temporadas. Já foi antes com Sidonia no Kishi ❤ e agora com Ajin. Ainda sonho com uma S3 de Sidonia, pra fechar a história de vez, e, quem sabe, com uma de Ajin também! Lembrando que Ajin ainda teve três filmes sendo exibidos desde o final de 2015 até o final de 2016. Uma franquia bastante popular e de muito sucesso no Japão. Recomendo bastante para darem uma espiada no anime, caso ainda não o tenha feito, e depois para conferirem o mangá, que é muito bom.

Espero que tenham gostado, comeeeenteeem e até o próximo post!! o/

Izumi ❤

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

3 comentários em “Finais #2 – Ajin 2

  1. Cara, Ajin foi um anime que passei meses só olhando e passando direto por ele no Netflix, mas quando coloquei pra assistir foi uma grande surpresa. Diferente de muitos animes que tentam a todo custo colocar uma comédia em algum momento (já vou dizendo que sou fã de anime de comédia, quando eles são feito para isto, Nichijou, seitokai, Uzumanga, workking….) em situações desnecessárias. Ajin se mantem como um anime ao meu ver adulto a todo momento, o CG não me incomodou em nenhum momento por ter sido feito com perfeição. Sem sombra de dúvidas que para mim também se tornou um dos meus animes favoritos não só do ano mas de sempre, e não estou exagerando. Agora é esperar pra ver quando sairá a 3° temporada.

    Curtido por 1 pessoa

      • Vi a 1° temp no Netflix também, gostei, a 2° ainda não tive tempo, mas não demoro vou dar o play por lá. Flw!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s