Primeiras Impressões – Hinomaru Zumou

_now_hinomaru1440

Conheçam um pouco mais sobre o novato que conseguiu roubar o histórico primeiro lugar na Jump com seu capítulo de estreia!!

Hinomaru Zumou estreou sozinho na Shonen Jump este ano. O mangá é de autoria do novato Kawada-sensei. Primeiramente o título fora publicado como one-shot numa issue da Jump NEXT! em 2013 e mais tarde, devido a grande popularidade, publicado novamente como one-shot na própria Weekly Jump. O mangá chamou atenção logo de cara por ter como plot principal o esporte sumô, algo totalmente ultrapassado e esquecido pelo povo japonês, com exceção dos idosos.

bojk-tdigaapnwv_large

O grande destaque do título foi ter estreado com o histórico primeiro lugar na ToC da Jump com seu primeiro capítulo. Um feito extremamente raro na revista, que acabou superando até mesmo os recentes sucessos AssClass, Souma, PSI, Haikyuu!! e Nisekoi.

Separei algumas estreias pra vocês verem:

Legenda: Mangá – Primeiro rank

magico – Página colorida e depois 5º
Shokugeki no Souma – 3º
PSI Kusuo Saiki – Página colorida e depois 6º
Assassination Classroom – 2º
Kiruko-san – 13º no primeiro rank e 7º no segundo
Pajama na Kanojo – 10º
Koisome Momiji – 9º
Haikyuu!! – 4º
Sensei no Bulge – 8º
ST&RS – 6º
World Trigger – 6º
Koisuru Edison – 11º
Kagami no Kuni no Harisugawa – Página colorida e depois 6º
Hungry Joker – 13º
Cross Manage – 14º
Soul Catcher(S) – 10º
Iron Knight – 11º
Stealth Symphony – 13º
iShoujo – 9º
Illegal Rare – 11º
Nisekoi – 4º
Pakky – Página colorida e depois 7º

A História:

02

Hinomaru se passa nos dias atuais. O mangá segue o protagonista Hinomaru, que sonha em se tornar o melhor lutador de sumô do ensino médio no mundo todo. A sua grande barreira a superar é o seu tamanho. Lutadores de sumô não ”podem” ter uma estatura baixa, caso contrário o insucesso é praticamente inevitável, sem falar que os próprios organizadores de torneios oficiais não tendem a chamar lutadores com uma altura pequena.

Hinomaru sempre conviveu com essa barreira e muito sofreu até então. Vemos, inclusive, uma cena no qual mostra uma mulher muito doente no hospital – possivelmente a sua mãe – lhe pedindo desculpas por ele ser tão pequeno a ponto de não conseguir um eventual sucesso no esporte que ele tanto ama. Mas no lugar de desistir, o garoto passou sua infância inteira treinando arduamente, bem no estilo Gai e Lee de Naruto, hahaha. Quando jovem, Hinomaru era até conhecido e respeitado entre os lutadores de sumô, mas eventualmente acabou sendo esquecido, não só pela baixa estatura, como também pelo garoto ter dado uns tempos no esporte, o que ainda não sabemos os motivos pelos quais o levaram a fazer isso. Contudo, acredito que tenha alguma relação com a sua mãe ter adoecido, assim como mostra aquela cena com uma mulher no hospital.

31

Como um mangá que trata de um esporte completamente superado e esquecido pelos próprios japoneses conseguiria se sustentar? Ora, transforme ele em algo colegial! Mas a grande diferença, antes que já venham aquelas pedras atiradas cheias de pré-conceitos mal fundados pelas pessoas, é que o autor soube fazer essa transação e fusão com extrema maestria. O elemento colegial se encaixou perfeitamente com o mangá e com o tema da história.

Bom, em geral é isso. Hinomaru Zumou tem sua história seguida pelo protagonista e seu sonho de alcançar o Yokozuna, que nada mais é do que se tornar o número 1 do mundo em sumô entre colegiais. Pelo menos é esse o seu primeiro passo/objetivo em mente.

Considerações técnicas e opinião:

01

Foda. Isso sim que é um capítulo de estreia bom!

Confesso que não esperava muito de Hinomaru e que não conseguia acreditar que ele, de fato, mereceria esse primeiro lugar na ToC com o capítulo de estreia, mas tenho que concordar com o japas. O capítulo #1 mereceu, sim, a primeira colocação. Sabe, são poucos os capítulos que tu lê e sai com aquela sensação ótima, de ter lido algo muito bacana, de ter visto um trabalho tão bem feito e ajeitadinho em todas as partes, como foi com Hinomaru. O capítulo inicial teve seu importante e relevante clímax, mas não basta apenas criar uma sensação de surpresa ou um grande acontecimento num primeiro capítulo para surpreender o leitor e fazer com que ele vote no mangá. Hinomaru foi simplesmente competente nesse ponto. Tudo ficou incrivelmente perfeito em todos os sentidos. Deu pra sentir que o autor e seu editor trabalharam muito para que todos – todos mesmo – os detalhes ficassem ótimos. Tudo recebeu atenção, não deixaram passar nada! Saí desse capítulo #1 com a sensação de que o autor é uma pessoa bastante perfeccionista e que ama tanto a sua obra que quis dar atenção máxima a tudo que foi possível. E o mais importante, isso foi facilmente transmitido aos leitores.

04 05

É inevitável não se envolver com a história, os cenários, os personagens, e tudo mais que aparecia. É tão bacana ver quando algo flui de uma maneira tão saudável e natural, que chego até a reparar vários erros nos capítulos de outros mangás que vou ler logo em seguida. A impressão que passa é de que temos um autor super renomado e famoso fazendo o mangá, quando na verdade é apenas um novato!!

Não basta uma boa história, o que conduz de verdade uma obra são os personagens. E eu tiro o meu chapéu – que eu vou botar agora só pra poder tirar – pro autor, porque ele sabe fazer personagens. E olha que estou falando isso tendo lido apenas 4 capítulos de Zumou! O que vai conduzir o mangá para o sucesso serão os seus ótimos personagens. Eles transformaram esse simples plot em uma história muito interessante e divertida. O Hinomaru é sensacional. Ele tem tudo que um ótimo protagonista de shounens precisa. Aquele carisma dele chega a impressionar. O autor pesquisou muito pra fazê-lo, tenho certeza. Luffy, digo, Naruto, digo, Hinomaru tem tudo para ser adora pelos leitores. Ele lembra muito os nossos queridos Luffy e Naruto. O cara é engraçado, não tem vergonha alheia, tem aquele senso de justiça clássico, é foda e tem o famoso sorriso carismático. Luffy que tome cuidado, porque o Hinomaru tá aí pra roubar a vaga de garoto propaganda da Colgate e do Listerine! O legal nisso tudo é que eu não conseguia sentir que esse sorriso do personagem era forçado, de tão bem construído durante o capítulos que ele foi para nós, leitores, pensarmos assim.

23 (1)

Uma cena bem bacana e que demonstra muito da sua personalidade foi quando Hinomaru ficou frente a frente com o Yuuma de novo. Falou com ele como se fossem íntimos e bons amigos, e a reação do Yuuma mostrou que ele será outro grande personagem da história. Uma cena clichê, mas feita perfeitamente. O, até então, antagonista do mangá deixou aquele incrível potencial de que todos vão adorar ele mais pra frente. O cara tem muito carisma. Aquele típico ”vilão” que todos gostam muito. Ozeki, o gordinho, é outro bastante carismático e querido. Eles não são diferentes, inovações, nem nada, mas sim ótimos personagens.

08 09

Os traços do autor são sensacionais. As cenas de ação ficaram lindas! Transmitem uma bela emoção, assim como já é característico, em geral, de mangás de delinquentes. Do pouco que vi das lutas de sumô, gostei. Eles introduzem o esporte de uma jeito muito interessante e envolvente. Eu terminei Hinomaru simplesmente adorando o esporte, haha. O autor soube muito bem valorizá-lo e conquistar os leitores. O principal ponto para isso foi ter tratado, com muita inteligência, o pré-conceito que todos nós temos com sumô. Ele ainda usou elementos envolventes, como o de uma pessoa sofrer por gostar muito de algo que é mal visto pelos outros. Isso é uma coisa que pode se estender pra muitos outros hobbys ou paixões, como por exemplo, pessoas que leem mangás no Brasil, seja em público ou na frente do pais, entre muitos outros exemplos. Além do cotidiano, poderíamos até citar algo dentro do meio, como um cara querer fazer patinação, balé, ou uma guria querer jogar futebol, ser piloto de corrida… e por aí vai. Com certeza isso ajudou bastante Hinomaru a conseguir envolver seus leitores ou pelo menos aproximá-los com mais carinho do mangá.

46

Com personagens tão bacanas assim e com diálogos e conflitos tão interessantes, que instigam você a querer ler mais, Hinomaru ainda tem muito a mostrar. Tanto esse primeiro sonho do protagonista, como o seu, aparentemente, triste passado e a sua luta por superação contra as próprias leis da natureza num esporte que propriamente se restringe e pratica preconceito. Com certeza o guri ainda passará por bastante dificuldade, derrotas, agonias e sofrimentos, mas sem dúvida dará a volta por cima e enfrentará o que parece impossível assim como sempre fez em sua vida. A diferença é que agora ele não está mais sozinho, tem amigos ao seu lado, sem falar na sua ótima e otimista personalidade, que faz diferença!

37 38

Hinomaru foi uma das melhores estreias que já vi até hoje na Weekly Shonen Jump. Mereceu mesmo o primeiro lugar histórico com seu capítulo de estreia, assim como a sua grande popularidade. O mangá tem tudo para trilhar um belo caminho. Caberá ao autor não tornar essa caminhada de Hinomaru para o djasiojdasi repetitiva e sem brilho, coisa que ele já provou ter potencial para conseguir fazer.

Acredito que o mangá mereça uma conferida, mesmo que num primeiro momento não desperte interesse em você, assim como foi comigo. Hinomaru é um mangá muito bom dentro dos seus limites. Ele não é nenhum shounen sobrenatural, de fantasia e quase sem limites, portanto deve ser cuidadosamente julgado antes de sairmos lhe comparando com outras obras. Hinamoru Zumou é um shounen de esportes, comédia, slice of life e vida escolar!

23

Hinomaru é um perfeito arroz com feijão. Entregou o básico/normal com tudo, todos os detalhes, com 100% de cuidado e próximos da perfeição. Não tentou inovar, nem fazer nada arriscado. foi uma estreia segura e extremamente competente. Acertou na mosca!

E parabéns para o departamento editorial da Jump por apostar em uma obra com um esporte tão ultrapassado como o sumô. Eu adorei essa estreia e com certeza pretendo continuar acompanhando o mangá. E vocês, o que acharam?

39

Nota: 09/10.

Vocês podem acompanhar Hinomaru Zumou na Kyodai Scans, nossa parceira. Eles estão fazendo um excelente trabalho com o mangá, então vale mesmo a pena acompanharem por eles. Inclusive, a pessoa que mais está envolvida com o projeto é o nosso redator, e também ADM da Kyodai, Gah. Falando na Kyodai, saibam que o leitor online, Union Mangás, já está 100% concluído!!! O leitor é excelente, moderno, bonito, prático e bom de se ler. Recomendo pra todo mundo dar uma conferida!

48

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

8 comentários em “Primeiras Impressões – Hinomaru Zumou

  1. Pingback: Table of Contents – Shonen Jump: Edição #45 & 46/2014 | Gekkou Gear

  2. Caraca o personagem me pareceu muiito legal , pena que a tanto tempo não vejo um carisma desse nas novas histórias de shonen battle , e gostei do fato dele citar Deus , muito legal a maneira como ele encara as coisas como desafios e sempre se ponhe na linha de frente pelos seus amigos !!

    Curtir

  3. Pingback: Top 20 – Mangás que farão grande sucesso no futuro | Gekkou Gear

  4. Pingback: Kodansha Manga Awards 2015 – Divulgado os vencedores | Gekkou Gear

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s