Magi #235 – Comentando – O Retorno de Salomão

magi235

A autora resolve pôr o que ela havia revelado nos flashbacks dos arcos passados para dar consistência.

É perceptível a forma que a narrativa tá vindo arrastada nesses momentos finais do tal arco. Batalhas para encher espaço, discursos heroicos clichês, e união do lado do bem para derrotar o lado ruim. Quase que ficou, ao todo, como uma coisa maniqueísta esse confronto da Arba com Salomão. Na verdade ficou, mas eu quero acreditar que Arba fez o que fez por um defeito dela própria.

Eu pensava que Salomão já havia se tornado uma entidade espectral, que já estava morto etc. Mas ele volta só para dar fim à batalha e, por que não, ajudar os mocinhos, que claramente perderia, segundo eles próprios afirmam. Ugo segue correndo para salvar o bebê Aladdin, e pelo visto, será ele quem criará o novo mundo. Acho que é até um carinho da autora dar esse papel ao personagem, porque o Ugo já tem relevância como ajudante do Aladdin no novo mundo. O personagem está tendo o carisma rebaixado por esse arco, devido a forma que ele é retratado. De tal maneira imagino que a autora percebeu isso e quis dá-lo uma função importante, para não parecer um personagem perdido.

009

Houve uma explicação corrida para consistir com o que foi mostrado nos flashbacks passados. Foi revelado que os Djins, os 72, vem das 72 espécies distintas que existiam em Alma Toran. O que mais me decepciona é a explicação para eles serem Djins: magia. De fato magia não precisa de uma explicação aos moldes de nossa lógica, mas até dentro da mágica precisa haver uma lógica, o que ficou faltando aqui.

A batalha continuou sem Ugo ter muita participação, e os outro Magis não se arrependeram de terem lutado por um Deus que nem sabem o que vão lhe dar. Falan e Wahid nem sequer pensaram no filho quando lutaram por Ill Illah, demonstrando a superficialidade dos personagens. Enquanto isso Ithnan também não possui uma motivação muito boa para lutar pelo Deus falso, a não ser que mais a frente jurem-no que o tal Deus pode fazer coisas inconcebíveis para magos normais, como ressuscitar os mortos.

003

No fim, mostrou ser um capítulo de transição. Erro da autora pois poderia ter terminado já nesse capítulo. O que dá a entender é que haverá uma explicação para a formação do novo mundo, a derrota da Arba, o nascimento do Aladdin, mas eu não estou com muita expectativa quanto a essas coisas.

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Por, Kouma

3 comentários em “Magi #235 – Comentando – O Retorno de Salomão

  1. não sei muito o porque,mas um monte de revisores gringos pagam muito pau pra esse mangá,especialmente um bem conhecido do youtube que é o forneverworld,não não acho que seja ruim mais sinto sinto o mesmo hype que eles sentem por ele

    Curtir

      • Creio que o mangá chama mais atenção pela temática das 1001 noites. Pra mim é algo notável, realmente, num mar de criações japonesas com ideias e bases orientais… Fora a isso, mesmo se não se importar muito pra essa temática, ou não gostar, recomendo dá uma chance para a série. O mangá em si vale a pena.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s