Primeiras Impressões – Nobunaga Concerto

nobu

Mais um que vem para chutar o balde e mostrar que a summer é a season do ano!

Para quem chegou a ouvir o podcast falando sobre o que esperávamos da summer, deve ter escutado que eu veria esse tal Nobunaga justamente pelo elemento de viagem no tempo que tem na obra. Existe uma certa diferença entre histórias de viagem no tempo e histórias com viagem no tempo, e como um fã do dito subgênero, eu odeio, ou quase desconsidero, histórias com viagem no tempo.

Com isso em mente eu já estava me preparando pra dá uma desculpa para dropar Nobunaga Concerto, um anime que eu imaginava que seria mais um nobunaga alternativo. Me enganei, positivamente!

Nobu1

Olha esses efeitos especiais…

O protagonista Subaro nunca foi chegado à história do Japão. No seu ponto de vista, é inútil estudar o que já aconteceu anos atrás. Tendo uma personalidade de playboy, mas ainda assim, carismático, voltando para casa ele brinca de caminhar encima do muro. Aqui houve uma divergência entre o anime e o mangá. Ele conversa com seu amigo e com isso acaba se distraindo e caindo do muro, no mangá. No anime , a escolha do diretor novato tirou o amigo tornando-lhe desnecessário da forma com que ele naturalmente fez o Saburo cair do muro, trocando este por uma trave de metal.

Na queda Saburo vai parar na era sengoku do Japão. No local que se encontra acaba esbarrando com Oda Nobunaga, adoentado, e idêntico ao Saburou, para o bem da trama. O Nobunaga nota isso, e como já estava de passagem, quero dizer, querendo se livrar dos seus servos que queriam que ele voltasse para o castelo, se aproveitou do momento! Deu a responsbailidade de governar, de fazer história, de ser o Oda Nobunaga, ao tolo do Saburou, que nem sequer sabe o que aconteceu no Japão naquele tempo.

O enredo é simples porém rico. Não tive muito contato com a mídia original, li só o primeiro capítulo, então não sei se dá para o diretor extrair essa provável riqueza do mangá para o anime, além disso ele (o diretor) tá correndo bastante. Chuto que nesse primeiro epi. deve ter tido uns 4 capítulos, reciclando coisas e cenas desnecessárias como a que falei acima. Mérito ao diretor, adaptou muito bem, os acontecimentos não estão incoerentes e assim ele usa do que tem de realmente bom no mangá.

Ikeda

Personagem super simpático. Maid versão homem e sengoku!

Pelo que foi apresentado nesse primeiro episódio, a história será algo do que estamos desacostumados a ver com nobunagas alternativos. É possível que tenha bastante piadas contemporâneas inseridas no contexto daquela época, situações ao estilo gender bender com o cativante Saburou, e como tem viagem no tempo, é provável que  haja algumas nuances de paradoxo temporal, ainda mais se tratando de um protagonista meio desastrado com a história.

Ele é sobre o passado mas é feito de um jeito futurístico. Para mim teve uma animação, computação, não sei dizer o que é aquilo, tão única!, que só pela técnica eu dou todos os meus créditos. Seja apenas CG, seja CG com 2D, a forma que foi usada, supera qualquer CG dessa temporada. Alguns podem olhar torto por ser fora do comum, estranho, mas essa é a ideia! Não veja como um anime, veja como algo diferente.  Eu mesmo, confesso, tinha em mente que via algo inovador, quase revolucionário, nem CG e nem 2D, mas pelas minhas fontes é CG e é um que tá em ótimas mãos.

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Por, Kouma

2 comentários em “Primeiras Impressões – Nobunaga Concerto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s