Estreias e Cancelamentos – Weekly Shonen Jump

Yoakemono

4 novos mangás estreando, a volta do autor Horikoshi Kouhei (Oumagadoki Doubutsuen, Sensei no Bulge) e os cancelados da vez!

E cá estamos nós para mais um daqueles famosos e polêmicos períodos de estreias e cancelamentos da Weekly Jump. Momento no qual vários fãs correm em círculos nos seus quartos e choram loucamente por verem suas séries queridinhas indo pro limbo, assim como também vendo novas estreias com, talvez, grande potencial e hype. Ou seja, um bom momento de contrastes, apesar dos meus exageros propositais ditos acima, hehe. Mas podem ter certeza que um ou outro infeliz vai fazer todo um drama e choradeira em casa, hahaha!

Enfim, parágrafinho inicial de introdução pronto, vamos ao que interessa, porque tem muitas coisas pra escrever aqui.

Oumagadoki Doubutsuen

Wiki-background

Foi anunciado que quatro novas séries vão estrear na Jump das próximas semanas. Uma delas, inclusive, já começou na issue dessa semana. O nome da série é Sore ike! Yuugou-kun. A história gira em torno de Yugo, um jovem que está a três passos à frente dos tempos. Esse gag será apenas um especial de três capítulos, portanto, uma mini-série. É escrita e feita pelo novato Miyazaki Shuuhei. Bem bacana essa idéia da Jump, que não só testa uma obra que acredita ser promissora, como também dá uma experiência e até confiança para este novato. Acredito que para ter ganhado essa mini-serialização é porque viram potencial ali, então se der certo com os leitores, provavelmente num futuro próximo vire, quem sabe, até uma série da revista.

002

Os outros três títulos anunciados serão, de fato, novos mangás da Jump. O primeiro deles estréia na próxima semana na issue #32 do dia 07 de julho. O seu nome é Boku no Pico Hero Academia e possui uma premissa bem bacana. A história do manga se passa nos dias atuais, tirando o fato de que pessoas com poderes especiais se tornou algo muito comum em todo o mundo. Um menino chamado Izuku Midoriya não tem poderes, mas ele ainda sonha.

002b

Boku no Hero Academia

Acho que dá para sair algo bem interessante disso aí. O autor é Horikoshi Kouhei, conhecido por seus trabalhos com Oumagadoki Doubutsuen e, recentemente, com Sensei no Bulge. Acredito que ele e o departamento editorial estejam bastante confiantes com esse título, até porque esta será a terceira tentativa do autor na revista. Se ele falhar precocemente de novo ficará com uma situação difícil. O design do protagonista não me empolgou, não gostei muito, mas Boku no Hero Academia é o que eu mais estou aguardando para conferir entre os novatos. A série originalmente fora publicada em 2008 como um one-shot na Akamaru Jump, que mais tarde também foi incluído como bônus em um dos volumes do primeiro mangá do autor, Oumagadoki Doubutsuen. Já se passaram seis anos desde a publicação do one-shot, então podemos esperar por um grande aprimoramento e planejamento para esse novo mangá, assim como aconteceu com World Trigger, que foi baseado em um one-shot do Ashihara Daisuke de 2008. Será que Boku no Hero também conseguirá esse bom desempenho de Trigger? Espero que sim, o autor é muito criativo e simpático, merece mesmo.

CÃ-³pia de 002

Mitsukubi Condor

As outras duas estreias parecem vir da Jump VS. Na verdade, uma delas dá pra afirmar que vem da VS. Na issue #33 começa Mitsukubi Condor, por Ishiyama Ryou, e na issue #34 se inicia Yoakemono, de Shibata Yousaku. Mitsukubi Condor parece ser baseado no one-shot da Jump VS chamado de Parasite B. Ele era mais um shounen que tinha algumas pancadarias, mas a história parecia legal. O protagonista estava numa espécia de laboratório e despertou seu poder ao ver um outro personagem matando geral. No fim ficaram amigos. Abaixo vocês poderão conferir umas imagens dele. O que me leva a pensar que Mitsukubi Condor possa ser baseado em Parasite B é o fato da grande semelhança entre os protagonistas. Os olhos, o cabelo, a cor do cabelo, o físico e até a fisionomia são bastante semelhantes, porém isso pode não significar nada. O autor que pode muito bem ter feito um protagonista semelhante porque gosta do design dele. De qualquer forma, poderia ser também um indício de que Condor possa ser baseado no one-shot.

270620131189

O autor Ishiyama Ryou é um novato que já teve alguns prêmios pela Shueisha antes. Ganhou o 53º Jump Treasure Award 2011 com seu one-shot chamado Deco Boco Monster. Tambem teve um one-shot publicado na issue de primavera da Jump NEXT! de 2012 chamado Ymir no Majin. Fora isso, não se tem mais nenhuma informação de Condor, mas parece algo legal. Acredito que seja um shounen de pancadaria e talvez tenha alguns elementos sobrenaturais ou de fantasia também.

CÃ-³pia (2) de 002

Yoakemono

E por fim, na issue #34 começará a última das estreias, Yoakemono, de Shibata Yousaku. Yoakemono é baseado em um one-shot de mesmo nome que pintou na Jump VS. A história se passa numa era de piratas com as pessoas, em parte, capazes de se transformar em monstros. O protagonista tinha uma personalidade bem genérica e no capítulo estava sempre ao lado de uma mulher, que parecia bem mais velha que ele. O design e traços do autor são muito legais, mas eu não curti muito o one-shot, apesar das boas lutas. O plot parece ser muito bacana e cheio de potencial, por isso espero que possa sair algo bem promissor dessa estreia. É aguardar pra ver! Abaixo vocês podem conferir imagens de Yoakemono na Jump VS. Todas essas fotos foram tiradas por mim. Caso queiram ver uma review completa da Jump VS, basta clicarem AQUI e conferirem o post Unboxing que fiz.

270620131219

Shibata Yuusaku, autor de Yoakemono, é outro novato da Shueisha. Ele teve o one-shot Enma Gavel publicado na issue #9 de 2011 da Weekly Jump e também concorreu na Golden Future Cup de 2009 com Meiji hyakki yakou-tan DENGI.

shonen

Até agora já saíram dois títulos da Jump VS que ganharam serialização na Jump. Foram eles: Iron Knight e Stealth Symphony. Ambos fracassaram rapidamente.

Agora vamos falar sobre quem vai deixar as páginas da Jump. O primeiro deles se despediu nessa semana, na issue #31, e foi Soul Catcher(S). Contudo, Soul não foi cancelado, mas sim transferido para Jump NEXT!, aquela famosa revista da Shueisha recheada de one-shots e capítulos especiais (bangaihens) de mangás da Weekly Jump. Pois é, Soul será serializado na NEXT! a partir de agora. A NEXT! está passando por mudanças, a revista passará a ser bimestral, ou seja, terá uma nova edição a cada dois meses. Ela basicamente será uma Shonen Jump ”B” e terá não mais apenas one-shots e capítulos bangaihens, mas também serializações próprias. Soul já está confirmado, assim como Mamono Kanteishi Babylo, novo mangá de Yoshiyuki Nishi, autor de Hachi, Bokke-san e Muhyo to Rouji. Mamono Kanteishi Babylo e Soul Catcher(S) irão começar na edição de agosto da Jump NEXT!. Essa nova ideia da revista é bem interessante, tendo em vista que ela também continuará cheia de one-shots em cada edição. Ela será a irmã caçula da Shonen Jump, assim como a SQ19, que também é publicada a cada dois meses e é como uma irmãzinha da Jump SQ, a diferença é que na SQ19 não existe essa ideia de one-shots para depois, dependendo da resposta do público, ganhar serialização na Weekly Jump, como sempre aconteceu na NEXT!.

Soul-Catcher-S

mamono

Mamono Kanteishi Babylo

Enfim, três novas séries estão estreando na revista, o que resultará na saída de, pelo menos, duas outras. A Jump se encontra com um lugar vago preenchido toda semana por one-shots. Podemos concluir que a mini-série Sore ike! Yuugou-kun ocupará este lugar por três semanas já contando com esta. Isso faria com que esse lugar vago seja aberto novamente ainda antes da terceira estreia da revista acontecer, ou seja, esse lugar vago seria ocupado pelo último estreante, enquanto Soul e mais um dariam espaço para os outros dois novatos. Entretanto, devemos levar em conta que o departamento editorial pode muito bem decidir manter esse lugar especial só para one-shots, fazendo com que três títulos acabem deixando a revista: Soul e mais dois. Mas quais seriam eles?!

_now_stealth1280

Eu cravo aqui que é certo que Stealth Symphony será cancelado. Bom, essa é apenas a minha opinião baseada em fatos e em meu histórico de acompanhamento de ToCs. Além do desempenho lamentável, Stealth teve o fatídico anúncio de que o seu volume #1 e #2 serão vendidos juntos em agosto, o que é praticamente um atestado de cancelamento, infelizmente.

_now_ishojo1280

A grande dúvida mesmo fica para um possível terceiro cancelado, caso a Jump não oblitere apenas duas de suas séries, hehe. Acredito que os principais candidatos sejam iShoujo e Illegal Rare. Vamos dar uma olhada nos prós e contras de cada um. É muito visível o carinho e tratamento diferenciado que o departamento editorial vem dando para iShoujo. Eles enxergam um bom potencial na obra e provavelmente acham que ela está agregando um certo público alvo que estavam visando. iShoujo vem tendo desempenhos ruins na revista e isso já seria mais do que suficiente para um cancelamento, contudo, porque diabos criariam uma conta oficial do Twitter para o mangá – sendo que nenhum outro novato ganhou -, porque desenvolveriam um aplicativo para Android e iPhones do mangá, porque os volumes estarão à venda de maneira normal e não como, por exemplo, os de Stealth, e porque ainda estarão vendendo o volume #1 em uma edição especial apenas em versão online que será totalmente full color??!!!!!!!! Porra, dando tudo isso pra iShoujo fica difícil acreditar que o título será cancelado, até porque tudo isso que eu citei acima, com exceção da conta no Twitter, foram feitas e divulgadas há, no máximo, duas semanas atrás!! Quando um título é cancelado, os autores são avisados a pelo menos um ou dois meses antes! Por outro lado, Illegal Rare vem de altos (que na verdade não são realmente tão altos assim) e baixos. Entre os novatos foi o que mais conseguiu posições melhores até agora, apesar de a melhor estreia ter sido a de iShoujo. Ultimamente IR vem ficando muito no bottom. O lado positivo nisso tudo é o fato de o autor da obra ser o mesmo de Nurarihyon no Mago, que já possui nome e experiência para conseguir superar uma eventual pressão e conduzir com segurança uma obra numa revista com um público muito exigente, e de o volume #1 ter conseguido vender 30k. Lembrando que vendas pouco importam pra Weekly Jump, então talvez isso não ajude em nada.

Illegal_Rare

Vendo tudo isso, acredito que qualquer um dos dois poderia se despedir ao lado de Soul e Stealth, mas não seria nem um pouco improvável ver ambos se salvando. No que vocês apostam?

O próximo período de estreias e cancelamentos será só daqui alguns meses. Curtiram os novatos que vão estrear? Achei eles com ótimo potencial. Todos os autores são novatos dessa vez, espero que eles deem conta do recado e tragam ótimas séries pra nós, porque a gente só tem a ganhar com isso!

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

26 comentários em “Estreias e Cancelamentos – Weekly Shonen Jump

  1. Acredito que nem Ishoujo e nem Illegal Rare sejam cancelados, mas se fosse pra dizer entre esses dois acredito que o azarado seria IR, mesmo gostando mais dele.

    Achei muito interessante essa jogada da NEXT, e vai ser como você disse, uma irmã caçula da Weekly, muito interessante mesmo

    Curtir

  2. Já tenho medo de gostar de algum novato. Sempre soube que a jump é impiedosa, mas depois do que fizeram com Hime Doll, foi ficar sempre sem esperanças. Só depois de pelo menos passar pela primeira rodada de cancelamento é que vou criar esperanças

    Curtir

    • Cara, não foi a Jump, foram os próprios leitores dela. Não havia sentido continuar algo que não ia dar certo nos padrões da revista. É normal ficar triste qnd uma série q a gnt gosta termina, mas todo mangaká que decide tentar a sorte na Weekly Jump sabe mt bem como funciona o esquema.

      Essa é uma boa, né, pq dai nao se apega tanto. De qqr forma eu prefiro acompanhar desde o começo e ficar na torcida msm, é mais legal, haha.

      Curtir

      • Como Mashiro disse, fazer mangá é uma aposta. kkkkkkkkkkkkk
        Só digo que foi a Jump porque quiseram pegar o Hype de Nisekoi, mas nem deixaram Hime doll mostra pra que veio. Sem contar que tinha um de Lacross lá que tava tão ruim quanto. Quem sabe se tivesse deixado Hime, podia ter ficado mais popular.
        Mas a regra é “nada de se apegar aos novatos”. kkkkkkkk

        Curtir

      • Mas Cross Manage er aquerido pelos editores e tb atraia um publico alvo diferente pra revista, algo q agrega bastante sempre, msm que a popularidade nao seja tao boa como foi o caso de Cross.

        Pois é, sempre será uma aposta e os japas sao loucos mesmo!

        Curtir

  3. Ficou sei lá meio com medo , nada aparece de bom nessa jump e qd parece que algo vá deslanchar não vai para frente , o certo é torcer o contrário , praticamente todos os títulos que n fui com a cara e que disse n é possível que isso vá adiante , estão um sucesso só na revista ja tem até anime e outros que já vão ganhar ejejeje acho que vou ter que usar psicologia reversa ekekek tô muito mick J com mangas kekekek .Bom melhor apostar em outras revistas , mas é tenso mangas de outras revistas shonen dificilmente ganha destaque merecido , gostaria de ver Mushibugyo sendo mais reconhecido , história legal , com personagens legais ,arte única e um tempo para vc gostar deles e não esses mangas que já começam no supetão e vc n tem nem tempo para digerir a história sinto falta disso parece que a maioria das histórias estão assim tipo algumas até ficam bem , mas tem outras que só tem ação sem história ou uma história sem tempo para construção de personagens e momentos épicos do inicio da aventura , tipo vi em Mushibugyo algo bem simples e épico , sem medo de estar enrolando (e sem enrolar apenas indo normalmente ) ,os fãs ja estão pegando séries show e agora querem que novatos já façam coisas de grandes reviravoltas e não dão chance alguma para história que são lançadas avançarem , triste !

    Curtir

    • Puts, dasiodjasiasfj. Vai ter q começar a torcer ao contrário msm!

      Cara, acho que Mushibugyo teve, sim, o destaque merecido. Se ele fosse mt bom, em um conceito geral na opiniao de quase todos, ele seria popular mesmo se fosse de uma revista pouco popular. Ele ganhou até mesmo um anime!!! Quer destaque melhor do que isso? Então se não conseguiu emplacar é pq nao é pra ser um sucesso msm.

      A Jump tem seus prós e contras, mas acho que colocar a responsabilidade neles totalmente demasiada, tendo em vista que essa política é de conhecimento de qualquer autor novato que tenta a sorte na revista. Essa mesma política só existe numa grande minoria de revistas japonesas e é a mesma política que permite a Jump dar chance há muito mais novatos que a maioria de revistas no japão. E o detalhe principal da coisa, quem manda os títulos embora somos nós, os leitores, afinal os votos partem da gente.

      De qqr forma, essa é só a minha humilde opinião.

      Curtir

  4. Adorei a ideia da jump em transferir Soul para a NEXT. Achei bem bacana a ideia da Next 😀 Dos novatos não sei qual esperar mais ja que são todos mangakas novatos.Dos que podem ser cancelados eu acho que os cancelados são SS e IR acho que IShoujo de alguma forma vai ficar 😀 Agora esperar pra ver o que vai sair desses novatos .Embora eu não tenha muita esperança.

    Curtir

    • Tomara que venha algo bacana. O que eu realmente espero alguma coisa é o Hero Academia, os demais não tem mts infos ainda p saber.

      O bom é que Soul vai ficar vivo, mas o ruim é que provavelmente vai cair no esquecimento.

      Curtir

  5. Digo que a premissa ‘todos são especiais menos o protagonista, é normal’ tem aí uma vasto campo para se tornar algo grande, entretanto… Não me interessei. Mas darei a chance para cada um deles. Nunca se sabe o que vem. Meu tão amado Souma foi tão sutil que até agora muita gente não o percebeu, haha.

    Curtir

    • Nossa, q vergonha comentar isso mlk. Só mostra q vc n leu absolutamente nada desse excepcional post que o Gekkou Gear fez. Ele fala la no começo do post q será apenas uma mini série. E o engraçado é q mesmo se ele n tivesse falado isso, teu argumento ainda estaria errado pq msm sendo uma mini série continua sendo mais uma estreia da revista, hahahahah

      Curtir

      • Rapaz, tu xingou eu o site no Skype do nada, qnd na verdade eu tava ausente viajando, coisa q tu nem ao menos cogitou naquela época qnd preferiu jogar td pro alto. Se for lá ler o histórico da conversa vai ver q oq eu to dizendo é vdd =/

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s