Primeiras Impressões – Suisei no Gargantia

Suisei_no_Gargantia

Uma das melhores estreias da temporada

Suisei no Gargantia era um dos animes que eu mais queria assistir. Tinha criado grandes expectativas na série. Felizmente, gostei muito desse primeiro episódio. Como não sou fã de mechas, não me incomodei com o design e com a batalha que teve no início do episódio, por isso ele foi ótimo do início ao fim. Posso até dizer que superou minhas expectativas.

Captura de tela inteira 842013 234739

Toda essa minha empolgação e esperanças com Suisei no Gargantia não vieram apenas dos trailers e da sinopse, mas principalmente por ter como criador desse mundo, Gen Urobochi, famoso roteirista e escritor que foi responsável pelo enredo,  por escrever e por criar os cenários do famoso e popular Madoka Magica e também do conhecido Psycho-Pass. E acredito que seja quase impossível ninguém criar grandes expectativas nos seus próximos trabalhos, assim como foi com Gargantia.

Captura de tela inteira 842013 235043

A historia começa num futuro distante em um local ao longe da galáxia. A Aliança Galática Humana tem constantemente lutado por sua sobrevivência contra seres chamados de Hideous. Durante uma batalha intensa, o jovem Tenente Red e sua arma humanoide Chamber caem em uma distorção do tempo-espaço. Após acordar de sua hibernação induzida, Red percebe que está na Terra, um planeta completamente inundado pelos oceanos, onde a população precisa viver em grande navios. Sem conhecimento nenhum sobre a história ou a cultura do lugar, Red precisa viver em Gargantia com uma mensageira de 15 anos e tentar se acostumar com dias de paz.

Captura de tela inteira 842013 234548

Cada lugar que eu vejo usam um nome diferente para o protagonista. Já vi por aí Red, Redo e Ledo. Assistindo pelo episódio feito pelo ANSK, eu tive Ledo como primeira experiência, mas no começo vou usar o nome ”Red”. Caso eu mude, aviso por aqui. Outro termo que li diferente por aí foi o dos alienígenas. Muitos chamam de Hideous e outros de Hideauze. Vou manter o Hideauze, até porque foi o que o ANSK usou e também porque achei mais legal hahaha.

Captura de tela inteira 942013 000018

Captura de tela inteira 842013 235944

O início do episódio é cheio de informações nos explicando a atual situação daquele povo que vivia no espaço, no qual também chamavam de humanidade. Podemos dizer que são nossos parentes do futuro. Eles são todos organizados e vivem em guerra com seres alienígenas, conhecidos como Hideauze, que ameaçavam a sua existência. Para combater o inimigo, os soldados cresciam e viviam apenas no Espaço, longe da sua terra. Nenhum conhecia como era a vida que eles protegiam, onde as pessoas tinham suas próprias casa, onde as pessoas viam o céu, as plantas e o mar. E o nosso protagonista é mais um desses soldados que nunca tiveram contanto com tudo isso, apenas com o Universo e com as batalhas galáticas. Consequentimente, boa parte dessas pessoas eram diferentes das demais. Provavelmente muitos desses soldados poderiam ser mais frios e com menos emoções, até por não conhecerem a vida e a cultura de quem vivia no planeta. Se é que podemos chamar aquilo de planeta, né?!

Captura de tela inteira 842013 235455

Então a humanidade decide de uma vez por todas tentar um último e fatal ataque contra os Hideauze, só que ele falha completamente. Após a luta, tentando chegar no portal para voltarem para casa, Red e seu robô companheiro, Chamber, sofrem contratempos e acabam caíndo em uma distorção de espaço-tempo, que os teleporta para qualquer lugar do Universo. Mais precisamente em um planeta bem primitivo se comparado ao deles.

Captura de tela inteira 942013 001011Captura de tela inteira 942013 001019

Mas enfim, essa primeira parte, onde nos foi apresentado o personagem e um pouco da história do futuro da humanidade, não foi tão empolgante assim, principalmente para os fãs de mecha, que reclamaram muito pela falta de criatividade no design dos robôs e também nas roupas dos personagens. Eu até que achei legal aquelas cenas de ação e luta no espaço e não me incomodei nem um pouquinho. Mas não posso negar que queria que aquilo passasse de uma vez pra ver o que realmente ia acontecer na história de Gargantia. Ficou bastante claro que esse início não foi feito para nos mostrar cenas de ação, mas sim os dilemas pessoais de Red e um pouco do seu modo de pensar. E funcionou. Claro que ainda tem muito que se explorar, mas em um primeiro momento foi bem satisfatório. Já era dito antes da série estrar, mas se comprovou mesmo nesse episódio inicial. O anime não se focará nos mechas e tende a se distanciar disso a cada episódio. Ele se focará em Red e em seus conflitos culturais e pessoais que o personagem vai ter.

Captura de tela inteira 942013 001025Captura de tela inteira 942013 001031

Depois de ser sugado por aquele portal, Red desperta de um coma-indusido de 6 meses graças Chamber. Ambos estavam em uma oficína, onde alguns humanos estavam tentando abrir e perfurar o Chamber. Nessa parte da história, bastante coisa muda. Não temos mais aquele ambiente e agitação do início. Agora eles estavam em uma oficina dentro de um navio. É nesse momento que conhecemos alguns outros personagens que farão parte dessa história, mas quem mais se destaca é a garota Amy, que trabalhava como mensageira. Amy é totalmente o oposto de Red, ela parece ser uma pessoa muito simpática, agitada e querida. Ela com certeza será a protagonista feminina da história.

Captura de tela inteira 942013 001037

A introdução dos personagens foi muito bacana. Apesar de ter sido de uma maneira comum e simples, achei bastante natural. E já era de se esperar, já que o anime tem como objetivo o desenvolvimento dos personagens. Acredito até que possa surgir um romance entre Red e Amy. Mesmo tendo apenas 13 episódios, ainda acho que será tempo suficiente para o crescimento pessoal de Red, mas sem dúvidas gostaria que fossem mais de 20 episódios.

Captura de tela inteira 942013 001241

Após todas as tentativas de abrir o robô Chamber, as pessoas vão dormir, mas é nesse momento que Red sai de seu mecha. Ele e Chamber estavam completamente perdidos, não sabiam nada sobre aquela civilização e nem as cordenadas do planeta em que estavam. O problema é que Amy volta ao local e seu esquilo acaba vendo Red, que para não ser capturado, sequestra Amy e sai correndo pelo navio. Enquanto ele corria, Chamber ia mapeando o lugar e descobrindo um pouco mais sobre aquela tal civilização. Passamos até por uma cena engraçada, onde Red da um tapa com a sua arma na bunda da Amy para pedir para ela falar, pois ia ajudar Chamber a entender o idioma deles. Lógico que ele só fez aquilo porque não conhecia quase nada da vida que não fossem guerras espaciais, por isso não saiam pensando que ele é um tarado!

Captura de tela inteira 942013 001307

Foi muito legal também o que fizeram em relação aos idiomas dos dois. As vezes que ouvíamos Red falando, não entendíamos o que Amy gritava, e vice-versa. Foi uma boa sacada. E quando Red acha uma porta que dava para a parte de fora do navio, ele finalmente tem o contato com um planeta, com o mar e com o céu. Foi um incrível choque para ele. Mais uma vez o esquilo entrou em ação e ajudou Amy a se soltar. Mas quando Red se deu conta, todos do navio estavam apontando uma arma para ele. Red chama então Chamber, que aparece atrás dele em uma linda cena. O seu mecha explica que esse planeta em que estavam era a Terra e que aquele povo não era nômade, mas sim aqueles que são a origem da humanidade. E assim o episódio chega ao fim.

Captura de tela inteira 942013 001411

Eu achei tudo muito lindo, o cenário, o fundo, o clima, o brilho, as cores, a excelente trilha sonora, a incrível animação, os bonitos traços, mas ainda assim não consegui sentir aquela sensação que Red estava tendo no momento, e acredito que isso foi o que tentaram passar aos telespectadores. Infelizmente não ficou tão bem feito assim a construção de acontecimentos para que nos levassem a grande surpresa que seria sentirmos o mesmo que o protagonista naquela hora. Pelo menos esse fim foi com uma cena muito bonita e conseguiu me deixar bastante ansioso pelos próximos acontecimentos.

Captura de tela inteira 942013 001426

Achei esse um ótimo primeiro episódio e já estou esperando alegremente pelo grande choque de cultura e de ideias que Red terá nesse novo lar, uma Terra devastada e inundada pelas águas, fazendo que as pessoas vivam em barcos catando tudo que acharem no fundo dos oceanos. Por isso esperem por mais diálogos do que ação e também esperem por um lindo crescimento de Red, tanto no seu modo de enxergar a vida quanto culturalmente, porque afinal, o desenvolvimento dos personagens que é o importante em Gargantia.

Todas as imagens foram retiradas do episódio #01 feito pela ANSK.

Captura de tela inteira 942013 001504

Estarei comentando alguns animes dessa temporada episódio a episódio. Shingeki e Gargantia já estão garantidos, mas é bem provável que eu faça de quase todos. Espero que gostem, mas se quiserem dar sugestões, sintam-se a vontade o/

facebook_gekkou_gear!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!

Siga-nos no Twitter!

att, Gekkou Hayate

8 comentários em “Primeiras Impressões – Suisei no Gargantia

      • acho q eu vi o primeiro lengedado pelo fansub Foda tava até bom se bem q não sou muito exigente e tambem era umas duas da manhã então eu tava com sono posso ter deichado passar alguns erros 🙂

        Curtir

      • hdasiojasiofa, pois é, eu vi que eles fizeram, mas como eu n conheço mt o trabalho deles, preferi esperar com algum fansub q eu já conheço o/

        Caso nao saia, eu vejo por lá mesmo

        Curtir

  1. Pingback: Giro na Blogosfera [Mês 1] | Mangamente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s