Primeiras Impressões – Animes da Temporada de Primavera/2015 – Parte I

animes-abril-2015-temporada-primeiras-impressões-episodio

Parte 1 com Fate/stay night UBW, Plastic Memories, Owari no Seraph, Oregairu Zoku, Shokugeki no Souma, DanMachi, Gunslinger Stratos, Kyoukai no Rinne e Re-Kan!!

Depois de um começo de ano bem paradão aqui pelo Gekkou Gear, estamos voltando a ativa! Se bem que isso quase sempre acontece quando chegam as férias de verão. O pessoal das antigas aqui do GG já deve estar acostumado. Enfim, vamos começar a volta trazendo posts de primeiras impressões dos animes dessa 100sacional temporada de abril/2015. Hoje teremos 9 animes nessa parte 1. O sistema funcionará da mesma maneira que o Primeiras Impressões de Outubro/2014, ou seja, dividido em partes. Além de encontrar os outros posts de primeiras impressões dessa temporada no banner na lateral direita do site, cada postagem terá em seu final um mini índice com o link das outras partes pra facilitar ainda mais a vida de todo mundo. A ideia também é voltar com a coluna Análise Semanais, no qual possui comentários sobre os episódios toda semana de vários animes dessa atual season, com alguns extras a mais. Vamos ver o que vai rolar.

Dito isso, vamos então começar a primeira parte de primeiras impressões dos animes dessa temporada!

 —

Oreigairu Zoku

oregairu-ss2-ep1-image017

Que saudade!!! Amo Oregairu e estava com um mega hype por essa segunda temporada. A troca de estúdio parece ter feito muito bem pro anime, a animação ficou boa, bem superior a da temp. passada e o novo character design ficou bastante superior ao anterior. Deu uma baita melhorada e deixou mais fiel do original, tirando aquele antigo que mais parecia um rascunho.

Começamos o anime já então com a viagem escolar. Antes disso o clube do Hachiman recebeu a tarefa de tentar ajudar o máximo possível a união do Kakeru com a Hina. O passeio escolar do Hachiman, da Yui e da Yukino foi muito mais voltado a isso do que na diversão deles próprios.

O que me deixou mais curioso mesmo foi ver o Hayato meio exitante com a ideia do Kakeru e da Hina ficarem juntos. Logo ele, que sempre tenta ser o amiguinho, o mais gentil de todos! Por que será? O Hachiman percebeu claramente as reações estranhas do guri. Será que o Hayato gosta da Hina? Será que ele não quer ver o amigo namorando ela por não querer que as coisas mudem? Acredito que não deva fugir muito de algo parecido com isso. Mas que é estranho essa atitude dele, isso com certeza é!

Hachiman sendo Hachiman. O nosso querido protagonista continuou com sua personalidade diferenciada e com seus monólogos com um ponto de vista sempre interessante acerca das pessoas e das coisas. No entanto, boa parte dos seus monólogos foram cortados, assim como algumas outras cenas com a professora deles quando ele, a sensei e a Yukino deram um passeio pela rua durando a noite na viagem.

Essa segunda temporada adaptará os 4 volumes restantes da light novel e mais os volumes de side storys, isto é, aqueles volumes ”.5” que tem. Isso tende a resultar numa adaptação um pouco corrida, com cerca de 2 episódios por volume, o que eu não acho bom. O ideal todo mundo sabe que é adaptar 1 cour inteiro para 3 ou 4 volumes de light novel, dependendo da obra.

O episódio inicial foi muito bom, apesar de não ter nada muito significativo. Estou com ótimas expectativas e com aquela clássica sensação de treta e de que vai dar merda com o pobre do Hachiman já, já!

Nota: 08/10

Onde encontrar: Moshi Moshi Subs | Heaven Fansub & Tadaima Fansub

DanMachi

danmachi-ep1-image-039

É você mesma, J.C. Staff?!

Que bruxaria foi essa, gente? O anime tá com uma animação impecável, com uma ótima ambientação e com o episódio muito bem dirigido!!! Será que eles não erraram o nome do estúdio, não? Piadas a parte, a JC Staff tá realmente de parabéns! O trabalho com o primeiro episódio de DanMachi surpreendeu todo mundo.

A história é, de fato, bem divertida. Não me parece ser algo muito sério ou pesado, pelo menos nesse primeiro momento. Achei o sistema do mundo bem criativo e com uma ótima justificativa para o sistema de RPG fazer parte da história. Aliás, eu amo séries com essa amientação meio medieval misturada com RPG, haha. Muito provavelmente porque eu sempre sonhei um dia poder jogar algo assim naqueles sistemas de realidade virtual. Amo Log Horizon também. E, não, não gosto muito de SAO, hahaha. Mas não nego que me apaixonei por aquele mundo do primeiro arco da série, que por sinal o autor não soube aproveitar nada dele. Enfim, vamos continuar…

Bell é um persogem bem legal. Ele conseguiu aquela habilidade especial graças a Ais, que foi sua inspiração. Essa habilidade, além de bastante conveniente, é muito interessante e cheia de potencial, afinal quanto maior os sentimentos e vontade do portador, melhor será seu desempenho no momento e crescimento de stats para o futuro. E digamos que Bell é quase movido apenas por emoções e motivações momentâneas, o que já casa perfeitamente com a habilidade. Com certeza isso vai dar um bom power up pra ele.

Ainda sobre a Ais, também conhecida como Sword Princess, devido a sua grande habilidade e força, ela é bem estranha. Super quieta, quase sem emoções e parece que muito pouco se diverte. Por outro lado, parece ter tido um interesse estranho pelo Bell. Será que ela vai procurar por ele depois de saber que ele também frequenta aquele bar?

Ainda temos a Hestia. Essa deusinha é muito divertida. É uma ótima personagem, apesar de não ter uma personalidade muito diferenciada em comparação com a de outros personagens de alguns animes que vemos por aí, o que é bem normal, na verdade. Ela é um ponto positivo e muito bacana em Dungeon. Proporciona boa parte da boa comédia que a obra tem. Tem também a mina do bar, que aparentemente também gosta do Bell. Vamos combinar, pessoal. O Bell é muito gente boa, alguém simples e do bem, dá pra ver claramente só de se observar as suas expressões.

Além das batalhas em dungeons e da comédia, teremos também momentos de leve romance. Pelo menos foi a impressão que ficou. Coitadinha da Hestia, gosta tanto do Bell que nem se importa de não aparecer mais ninguém pra ser um seguidor dela, hahaha. Lógico que nesses casos o protagonista tende a ser um pouco banana nesse quesito, mas vamos esperar mais um pouco pra ver no que vai dar.

O primeiro episódio foi bom. Não mostrou muita coisa ainda, mas foi legal, sim. Uma das minhas maiores curiosidades mesmo é se a JC Staff conseguirá manter essa qualidade toda apresentada no primeiro episódio, também nos próximos. Acredito que haverá uma decaída mais lá pra frente, o que é bem normal.

Nota: 7,5/10

Onde encontrar: BTR Subs & AnimeCorner

danmachi-gif-3 danmachi-gif-4

Shokugeki no Souma

soma-ep1-image-041

OMG, É VOCÊ MESMA, J.C. Staff?!!! Não pode ser verdade!! Tá todo mundo da Internet, fóruns famosos, o caralho todo e até os japas apavorados com a JC tendo animes tão elogiados e com uma animação impecável numa mesma temporada!!!! É bruxaria, só pode.

Como nós não temos nada a ver com isso, só nos resta vibrar! Esse primeiro ep. de Souma ficou muito bom. Muito bem conduzido e num ritmo perfeito pra obra. É até um milagre a gente ver algo assim com animes vindo de mangás da Jump recentemente, hahaha.

Souma é um personagem bem bacana. Ainda vamos conhecer ele melhor, podem ter certeza. Digamos que ele é um puta protagonista que consegue, se quiser, carregar a obra toda nas costas. Outro ponto muito positivo da série é o fato de o escritor saber trabalhar com clichês de uma forma maravilhosa e muito interessante. Acredito que se continuar com esse nível de qualidade técnica, o anime tem tudo pra ser um grande sucesso. Mas como é 2 cour, fica difícil não imaginar uma queda de qualidade em alguns momentos. Vamos ficar de olho. Vai que a JC tenha gastado todo o orçamento nesses primeiros episódios de Souma e DanMachi, hehe.

Como deu pra ver, seu papi fechou o restaurante por alguns anos. Vai trabalhar com um amigo dele em algo grande. Enquanto isso, Souma foi para uma escola de culinária muito barra pesada. Onde apenas 10% dos alunos conseguem ser aprovados ao final do curso. E é uma escola do nível que chega a recusar propostas de 10 milhões de ienes para vender diplomas!!! Já deu pra imaginar que tenso deve ser esse negócio, né?

No fim ainda tivemos a aparição da amada pelos fãs: Erina! Próximo ep. vai tá bem legal!

Nota: 08/10

Onde encontrar: BTR Subs & Kouyou Fansub | GriloSub

Re-Kan!

11085879_1561726744101268_1142739075_o

Mais uma boa estreia dessa temporada. Muito divertido. Superou bastante minhas expectativas.

Pra quem não conferiu, Re-Kan! conta sobre uma garota, a Hibiki, que consegue ver espíritos e falar com alguns animais. Já imaginou que bizarro ver alguém conversando com o nada, sendo zoado pelos espíritos ou até mesmo se deparando com um gatinho fofinho que na verdade só estava interessado em ver o que tinha em baixo das saias das meninas?!

Pois é, o humor da obra não é muito sério, mas também não é infantil, além de ser muito bacana. Esse humor explorado sobre o tema sobrenatural acabou sendo muito interessante e que facilmente conquista o público ou faz com que nós nos identificamos com as situações e personagens.

Somado a isso temos personagens comuns, sem nada muito diferenciado quanto as suas personalidades, mas que também não deixam de serem divertido e queridos. A que mais gostei foi a Narumi e o Ero-Gato! Sério, esse tal de Ero-Gato com voz super grossa é muito engraçado. A Narumi acaba sendo tão querida e divertida por se aproximar bastante com nós dentro daquela situação bizarra. Já imaginou você ter uma colega nova que do nada conversa com espíritos e até menciona sobre alguns da sua família que você nunca havia falado pra ela? Pois é, provavelmente todos nós teríamos reações engraçadas de medo, de ficar apavorado e falando pra si mesmo que aquilo é mentira. A Narumi é bem assim, só que ainda muito mais divertida e engraçada, principalmente com as sua reações céticas, haha.

Outro personagem que talvez ganhe um destaque e acrescente as situações divertidas do anime é o único menino que tem lá. Ele parece ser apaixonado pela Hibiki, e sempre que tenta falar com ela ou algo assim, alguns espíritos vão lá e fazem ele sempre se foder, hahaha. Falando em espíritos, tem desde os assustadores até os fofinhos ou normais. A maioria deles são gente boa.

O anime parece não ter algum plot ou enredo muito sério, que talvez será desenvolvido. É provável que ele fique apenas nessa comédia cotidiana, o que não é ruim. Lembrando que o mangá é um 4-koma, aquele famoso de tirinhas, portanto devo elogiar a direção nesse primeiro episódio, porque ficou bastante natural o andar das coisas.

Sobre a animação posso dizer que achei ela bem normal. Nem boa e nem ruim. Acho que não precisa de muito para um anime como Re-Kan!, pra ser sincero.

Será que vão pintar espíritos do mau? Será que ainda expandirão um pouco mais sobre o tema? Já vimos alguns momentos que fogem da comédia, mostrando, por exemplo, a Hibiki brincando e fazendo companhia para alguns espíritos de crianças que já haviam morrido há muito tempo.

Uma coisa interessante foi ver a Narumi comentando e indagando a Hibiki sobre esse tal sexto sentido dela, dizendo que isso na verdade não traz nada de bom, é apenas um peso a mais pra ter que se lidar. A resposta da Hibiki não negou isso. Ela tentou justificar, mas acabou não respondendo, de fato, a pergunta, muito provavelmente porque é, sim, um peso a mais pra ter que carregar mesmo.

Com certeza vou continuar acompanhando. Gosto desse humor inteligente, bobinho, divertido e, por vezes, bem bolado.

Nota: 7,5/10

Onde encontrar: Punch! Fansub

Owari no Seraph

owari-no-seraph-1-45

Estreia maravilhosa! O anime correspondeu as minhas expectativas. Toda a parte técnica foi impecável. Desde trilha sonora do gênio Sawano, da animação, do character design até o ritmo e condução do primeiro episódio. Estúdio WIT de parabéns.

Eles adaptaram direitinho e bem fiel o primeiro capítulo do mangá. Lembrando que o final original escrito pelo próprio autor será algo que vai acontecer no mangá futuramente também! A trama de Owari é muito interessante e pode ser bastante explorada, apesar de não ser algo fora do comum ou extraordinário. Aquele começo foi bem legal, com todo mundo se fodendo, avião caindo, pessoal tendo ataque do coração e o diabo todo.

Sabe-se lá de onde surgiu vampiros no mundo. Por que será que ele apareceram? Quem são eles? De onde surgiram? Que doença bizarra é aquela que não afetou ninguém menor de 13 anos? Um começo cheio de perguntas e de poucas respostas. Como deu pra ver no episódio, eles apareceram, erradicaram boa parte da humanidade e capturaram as crianças levando-as para suas bases, que são uma espécie de cidades alocadas em todo lugar do mundo. As crianças não tinham chance alguma em revidar, mas é lógico que isso não ficaria assim para sempre. Como era muita gente, com certeza alguns grupos delas tentaria fugir ou se rebelar. Um destes grupos foi o do Yuuichirou e do Mika. Eles foram muito espertos e conseguiram juntar coisas com o passar do tempo, como mapa, comida, arma e traçar um plano de fuga. Infelizmente parece que aquele vampiro FILHA DA PUTA costumava fazer esse ”joguinho” de gato e rato com algumas crianças. No fim das contas, apenas o Yuuichi fugiu. Quando ele chegou lá fora viu como a cidade estava. E já era de se imaginar, o mundo estava todo como aqueles de um cenário apocalíptico.

Porém, a grande surpresa, e também esperança, surgiu. Existiam pessoas do lado de fora. Sim, seres humanos! Eles regataram o Yuuichi e até mencionaram que ele seria a tal criança da profecia que escaparia e erradicaria os vampiros do mundo. Pelo que deu pra ver, os que conseguiram não ser capturados criaram organizações para provavelmente treinar eles mesmos com o objetivo de combater os vampiros mais tarde. Provavelmente os que estão vivos tinham menos de 13 na época e por isso estão mais velhos agora e não estão sendo afetados pelo vírus, levando em conta que a doença não afeta mais as pessoas. Falta ver ainda se existem adultos por lá, que levantaria a hipótese de que certas pessoas acabaram sendo imunes ao vírus.

Será que esta ou estas organizações não são do conhecimento dos vampiros? Difícil de se imaginar. Mas por que então será que eles não atacaram em massa esses sobreviventes para impedir de ver qualquer ação de revolta, como vem acontecendo agora? Estranho. No preview do ep. #2 já deu pra ser visto que existem alguns vampiros que vão lá caçar eles. Tenho certeza que se fosse um ataque em massa como antes seria quase certa a vitória dos vampiros.

Sobre a morte das crianças do grupo do Yuuichi. Acredito que eles fizeram um plano muito bem elaborado e no limite para cabeças de até 12 anos. Não dava pra exigir mais delas. Mas será mesmo que as crianças morreram? Eu digo isso porque todos sabem que vampiros podem infectar os outros a ponto de transformá-los também em vampiros! Então seria bem razoável pensar que eles podem ter sido infectados e transformados naquele ataque. Lembrando que esses seres são imortais, então um grande furo na barriga ou perda de membros não seria motivo para a sua morte. Isso tudo também requer em armas diferenciadas para matá-los ou talvez cortar a cabeça mesmo.

Outro ponto que gostei foi o sangue e a violência. Calma, gente. Não tô dizendo que gosto de ver sangue ou membros sendo arrancados, hahaha, mas sim de que não teve censura!! Só isso já é um grande ponto positivo pro anime. Sem falar que as mortes não são burras e boa parte delas são bem fortes, pelo que deu pra ver.

Enfim, Owari #1 foi muito bom. Uma das melhores estreias até agora.

Nota: 09/10

Onde encontrar: BTR Subs | Aenianos

Gunslinger Stratos

Screenshot_26

Anime interessante. Como já era previsto, foi praticamente impecável na parte técnica, com animação boa e cenas de combate bem feitas. Uma pena mesmo que o anime não tenha recebido a melhor qualidade possível da A-1, principalmente porque o character design dos personagens no ONA do jogo é muito superior e mais detalhado, deixando o atual do anime bem sem graça. Outra coisa que eu já havia comentado e que parece ter se comprovado, ao menos em parte nesse primeiro episódio, foi quanto aos personagens. Achei eles muito clichês. Não tenho nada contra o clichê, muito pelo contrário, mas o que foi mostrado dá a entender que teremos vários personagens no anime que serão bem fraquinhos, tendo apenas o seu estereotipo repetitivo de sempre. Espero que ao menos alguns dos personagens tenham um fundo legal e interessante, mesmo sendo super estereotipados, apesar de eu não acreditar que eles terão tempo pra isso. Teve até uma personagens com 10cm de altura, tsundere e que lutará pela salvação do mundo, hahaha. Coisa triste. Enfim, isso é só uma análise de primeiro momento.

A história se mostrou meio confusa nesse começo. As pessoas são separadas por ranqueamento e vivem num futuro muito distante a ponto de toda ordem mundial ter mudado. Nem mais ”Japão” é chamado aquele país. Eles estudam numa escola bem estranha e moderna, tendo como um dos esportes na aula de educação física algo como um paintball moderno. Não entendi qual o propósito de ter aula com aquele esporte. Devem revelar isso mais adiante. O que já deu pra perceber é que ele parece ser algo muito maior por trás e isso é comprovado quando eles voltam ao passado e lá existem aquelas mesmas armas só que agora com balas de verdade e não mais de tinta.

O mundo estava tendo constantes casos de desaparecimento de pessoas. Elas simplesmente desapareciam. Ninguém conseguia explicar o porquê disso. As pessoas estavam um pouco inquietas sobre isso, apelidaram o fato de a Síndrome do Deserto. No entanto as autoridades negavam e diziam que isso não passava de uma lenda urbana. Obviamente eles sabiam, sim, que algo estava acontecendo e apenas falaram isso pra não causar um pânico nas pessoas, o que é bem razoável e comum por parte das autoridades.

Tooru, um cara que não gostava de se destacar, mas que possuía grandes habilidades, e Kyouka, uma menina linda que também é muito habilidosa e gosta do Tooru, acabam aparentemente voltando ao passado. E isso provavelmente deve ser o mesmo que aconteceu com as outras pessoas que desapareceram. Eles caíram num tipo de portal e foram teleportados NO CÉU em 2015 e conseguiram a incrível façanha física dos filmes de Hollywood de CAIR COM VIDA. Tooru foi inventar de seguir uma jovem, que parecia mais um holograma, até a puta que pariu e acabou caindo nesse portal. O curioso é que o lugar que ele e a Kyouka acabaram indo era como se fosse algo totalmente abandonado por muitos anos, parecia até uma cidade de muitos anos atrás. A menininha pedia por ajuda e sabe-se lá porque o Tooru decidiu arriscar a vida dele por ela…

Logo que caíram Hollywoodanamente milagrosamente vivos num prédio, tivemos uma cena bastante estranha. Algumas pessoas diferenciadas com habilidades especiais meio que pararam o tempo e começaram a lutar loucamente, destruindo tudo a sua volta. O mais gozado é que parecia que eles tinham ido parar em outro mundo, porque tudo ficou igual, só que sem as pessoas. Em meio a essas batalhas e tiroteiros, Tooru e a Kyouka tentaram correr pra se abrigar, mas as coisas não se saíram muito bem. A Kyouka acabou pendurada num lugar, quase caindo de uma grande altura, e impedido de salvá-la, Tooru tinha que enfrentar alguém que estava perseguindo eles. Mas pra grande surpresa do protagonista, a pessoa no qual ele devia enfrentar, e que até atirou nele, era ELE MESMO!! Além de não termos visto se a bala acertou ele ou não, ainda ficamo com aquela pulga atrás da orelha pela frase enigmática dita por aquele Tooru estranho. Ele disse ”estou um pouco atrasado… não estou?”. WTF? O que será que ele quis dizer com isso? E por que diabos ele atirou nele mesmo?!! E mais estranho ainda, por que existem dois dele?!!!

Assim como já falei no guia da temporada, Gunslinger Stratos é baseado numa VN da Nitro+ criada pelo mestre Gen Urobochi. Não é a toa que tem um tema e uma trama super interessante e cheia de potencial. Contudo, duvido muito que Gunslinger chegue aos pés do roteiro original que o Gen fez, até porque ele não está na staff do anime. Esse protagonista banana, junto com a mina linda de cabelo rosa tá me cheirando muito a Guilty Crown, haha. Ambos da A-1 Pictures, por sinal! Acredito que todo esse grande potencial será muito mal aproveitado, focando mais no fanservice para um certo público alvo. Quando eu digo fanservice não me refiro a cenas ecchis, mas sim a situações e personagens super estereotipados, que vão desde crianças lutando pelo bem contra o mal até a salvação do mundo.

Uma das coisas que eu gostei é que parece que teremos mortes! A censura também parece não existir.

Bom, é aguardar pra ver os rumos que a história vai tomar. Não tô muito otimista, mas espero me enganar.

Nota: 08/10

Onde encontrar: AnimeCorner

Plastic Memories

plastic-memories-ep1-cover

T_T

Alguém mais se emocionou com esse ep. #1?

Gente, que tristeza. O trabalho deles pode ser chamado de o pior trabalho do mundo facilmente, afinal lidam com a morte praticamente todos os dias.

Plastic Memories é outro dos muitos sci-fi dessa temporada. A animaçao ficou muito boa e o enredo e a condução desse primeiro episódio foram ótimas. A trilha sonora é muito feels, gente. Lá no final ainda me toca aquela OST de partir o kokoro de qualquer pessoa! T_T

Gostei bastante dos personagens. Eles são bastante divertidos e queridos. Já deu pra ver também que, apesar do ótimo drama, ainda teremos bons momentos de comédia.

Temos o protagonista, Tsukasa, que é um cara normal, tem 18 anos e provavelmente alguma habilidade especial, até porque foi fortemente recomendado pelo gerente geral para aquele trabalho. Acredito que ele vai evoluir e amadurecer bastante durante o anime. Ainda entre os humanos, tem a Michiru, que é meio tsudere, a Kazuki, que supervisiona o trabalho do pessoal, o Hanada e também o Takao, que é gerente deles ali. Entre os Gifitia temos o Zack, o Constance, a Sherry e a Isla. O grupo é bem divertido e unido, com certeza você se identifica rápido com os personagens. O trabalho deles é recolher Gifitias que estão chegando perto do fim de sua vida. Para isso, eles vão nas casas das pessoas em duplas, sempre com um humano e um Gifitia, para pegar, com o consentimento de seus donos, o Gifitia que está prestes a dar ”defeito”. Eles então apagam sua memória e personalidade e depois o levam de volta para a sede da empresa. Um detalhe importante de se mencionar é que os Gifitias são robôs que possuem sentimentos humanos e tem um prazo de vida de apenas 9 anos e alguns meses.

A Isla visivelmente é protegida pelos outros. Ela é como a maioria dos seres humanos, simplesmente não aceita a morte, o fato de que tudo um dia vai acabar. A dor de perder os laços, as lembranças, o convívio com quem gosta ou ama pode ser dito como a pior dor do mundo. Por outro lado, não são só os Gifitias que sentem esse temor, os próprios seres humanos sofrem bastante com essa situação. Os Gifitias são tão perfeitos a ponto de terem emoções. Diria que são pessoas com uma expectativa de vida absurdamente curta e que não adoecem. Nós temos esse ótimo e odiado hábito de nos apegarmos facilmente a coisas e a pessoas. É da nossa natureza. Somos seres sociais. Então ter um Gifitia é o mesmo que ter um parente ou um grande amigo que te deixará bem cedo. Não é fácil, não é pra qualquer um criar coragem de ter um Gifitia. Isla sente muito esse medo, ela não quer perder tudo, esquecer a todos, mas ao contrário dos outros que aparentam disfarçar ou se conter mais, ela fica muito mais abalada. Provavelmente por isso que estava sendo super protegida. Talvez até pela idade dela, não ficou claro se ela já está perto do fim ou não, mas já sabemos que ela tem alguns anos de vida.

Abordando um tema tão abrangente, interessante e que mexe, inclusive, com a moral, é que Plastic Memories consegue se sobressair dos demais. A grande notícia é que eles exploraram muito bem tudo isso nesse começo. Poxa, foi quase impossível não se emocionar com os Gifitias se despedindo dos seus donos, com todos eles chorando e tudo mais. Não é fácil perder alguém, um companheiro. Muita emoção ainda virá pela frente, assim como conflitos pessoais e morais. O Tsukasa ainda se apaixona pela Isla logo de cara. Provavelmente vai ocorrer o inverso também, então já dá pra ver como teremos o nosso coraçãozinho partido em milhares de pedaços, não é?

Vocês sabem que vagabundo é foda, né. Então creio eu que deve haver algum controle rigoroso das pessoas nas quais os Gifitias acabam indo morar. Porque se for liberado qualquer pedófilo, tarado ou algo assim poderia muito bem… Vocês entenderam.

Estou curioso pra ver como o anime continuará tratando do tema. Quero ver se eles também adentrarão no tema da pós-perda, do amadurecimento e de como devemos seguir em frente independente do que houver.

Slipped+sauce+plastic+memories_c2ebcb_5505583

Não sei porque, mas acho que a Isla já deve estar próxima do seu fim. Será que conseguirão dar um jeito de salvar ela ou suas memórias? E o que será que ela disse para a guriazinha lá no final?

Lembrando que Plastic Memories é um anime original do estúdio Dogakobo (Gekkan Shoujo Nozaki-kun, Donten ni Warau) e seu criador original, da história e enredo, é Hayashi Naotaka. O mesmo que já teve passagens pelos animes de Steins;Gate, Robotics;Notes e também o filme de Steins;Gate. É dito que ele escreve roteiros para “histórias de encontros e desencontros”.

A dubladora da Isla é a novata do momento, a Amamiya Sora (Akame de Akame ga Kill!; Kaori de Isshuukan Friends; Asseylum de Aldnoah.Zero; Elizabeth de Nanatsu no Taizai; Touka de Tokyo Ghoul). Não sei quanto a vocês, mas eu acabei nem percebendo ou fazendo essa ligação da voz da Isla com a conhecida voz da Sora. Me pareceu que ela deixou o tom de voz um pouco diferente, o que é ótimo e essencial pra todo bom dublador, mas talvez tenha sido só impressão minha, né.

Enfim, Plastic Memories foi uma grande estreia e superou bastante meu hype. Com certeza vou acompanhar!

Nota: 9,5/10

Onde encontrar: Eternal Animes

giphy

Fate/Stay Night UBW 2015

Screenshot_1

FAATEEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!

OMG, que saudades!! Esse ep. foi 100sacional! Show de animação, ambientação, trilha sonora e enredo! Ufotable sempre mitando e mostrando como se faz um anime! O negócio foi alucinante. Archer traindo a Rin e se juntando a Caster, revelações amorosas e da história e muito mais!

Tenho certeza que o mestre da Caster já se ligou que ela não pensa nele em primeiro lugar, não! O cara é muito perspicaz e inteligente. Também acho que o padre tá vivo! Aquele filha da puta não iria morrer assim tão facilmente, infelizmente. Quero ver a Rin descobrindo o que ele já fez pro pai dela. Outra coisa muito boa foi ter visto que a Saber ainda não foi totalmente controlada. Boa, Saber!!

Acho que a traição do Archer foi por um motivo diferente do qual ele falou, quando disse que apenas trocou de lado por aquele ser, agora, o lado mais forte na visão dele. Ele só tomou essa iniciativa quando a Rin acabou largando sem querer que queria mais é derrotar a Caster para salvar a Saber pro Shirou voltar a ser um mestre e também pro próprio bem dele. Quando ela falou isso o Archer parou e até mudou de expressão. Também duvido que ele realmente esteja traindo, de fato, a Rin. Provavelmente é alguma estratégia dele ou algo parecido.

Falando no Archer, ficou bem claro que ele é um herói diferenciado. Ele é um protetor, que devido as várias vezes que teve de vir para impedir que os próprios seres humanos se exterminassem, acabou pegando nojo e ódio pela nossa raça, o que é bem compreensível, diga-se de passagem, haha.

CONFISSÃO AMOROSA!!!! ME SEGURA, MADOKA!!! Rin é muito amor gente! Shirou foi lá e falou tudo de uma vez, consolando a sua amada de coração partido. A Rin ficou super surpresa e não conseguiu esconder sua alegria com seus ataques tsun tsun. Rin, como uma boa tsundere, acabou indo se aconchegar nas costas do Shirou e disse que ficou muito feliz por ele ter ido lá salvar ela. Óóóóuuunnn, gente, que amorzinho esse casal. Coitada da Sakura, hahaha. Mas o que é dela tá guardado pro ou pra sequência de filmes que terá depois dessa temporada adaptando o arco Heavens Feel, que tem o foco maior nela.

Episódio MUITO bom, super natural e fluído, com uma ambientação e trilha sonora fantásticas, como sempre. Aquele momento do Shirou e da Rin juntos naquele campinho de grama ficou sensacional. A coloração também foi outro ponto muito positivo, o que já é característico da franquia pelas mãos da ufotable.

Aquela cena de reflexão do Shirou sobre a paz que ele tanto deseja eu achei muito boa e interessante. Parece que ele não cometerá os mesmos erros que o seu pai adotivo… vamos ficar de olho!

E agora, gsus?! Como ficará o desenrolar dessa guerra com a visível vantagem da Caster?! Rin e o Shirou com certeza vão ter que mudar de estratégia. Como será que os outros mestres vão reagir ao saber de tudo isso?!

QUEERO MAIS FAATEEEE!!!! T_T

Nota: 10/10

Onde encontrar: Eternal Animes | Anime no Sekai

Kyoukai no Rinne

Screenshot_40

E aqui temos o anime de mais uma obra da nossa querida Rumiko-sensei, autora de, por exemplo, InuYasha, Ranma, Urusei Yatsura e Maison Ikkoku. Rinne teve uma boa estreia. O mangá não é nenhuma obra-prima ou algo fora do comum como um Inuyasha da vida, mas é bem divertido.

Achei o padrão de qualidade de animação melhor que o de costume para animes da NHK, mas tendo o Brains Base como estúdio já ajuda mesmo. A história é bem legal e divertida. Nada muito complexo ou fora do comum. Ela tem um potencial de crescimento bem interessante, apesar de parecer que o enredo não ficará muito sério ou maduro.

A história de Rinne conta sobre Sakura Mamiya que, quando criança, desapareceu misteriosamente no bosque atrás da casa de sua avó. Ela entrou em um portal que a levou para um lugar conhecido como terceiro mundo, aquele que é a fronteira entre o nosso e o outro. Ela voltou inteira e saudável, mas desde então ela teve o poder de ver espíritos. Agora uma adolescente, ela só quer que os fantasmas deixem-na em paz! Na escola, a mesa ao lado de Sakura está vazia desde o início do ano letivo. Então, um dia o ausente colega chamado Rinne aparece pela primeira vez.

Sakura é uma boa personagem. No primeiro episódio ela ainda não mostrou muito de si, enquanto o Rinne chegou chegante, hahaha. O cara é bem carismático e divertido. Ele é como se fosse um Shinigami. Graças a sua capa espiritual ele consegue se materializar como um espírito. O dever dele é guiar as almas que ainda possuem arrependimentos na Terra, e que por isso ainda não deixaram esse mundo, para a fronteira a fim de reencarnar. Enfim, os personagens são bem legais, assim como os espíritos e outros casos que virão pela frente. O mundo da fronteira também é bem interessante.

O caso do telefone foi bem bacana. O coitado do espírito ficava ligando pra milhares de pessoas que pegavam o número daquele celular antigo do professor. Imagina tu recebendo uma ligação dessas todo santo dia na mesma hora e dizendo a mesma coisa. Agora imagina que várias pessoas acabaram passando pelo mesmo! E quando tu decidisse ligar para esse tal número pra reclamar ou avisar que é engano, ouvisse a caixa postal dizendo que aquele número não existe! Que loucura, hahahah!!

Achei gozado o fato de o professor levar muito na boa o seu antigo e falecido colega de colégio aparecendo do nada com um vaso na cabeça, mas esse é o tipo de coisa que a gente releva em shounens não muito sérios ou que trata isso dentro da sua cota de comédia, ainda mais quando o professor tem olhos bizarros como aqueles, haha.

A ideia da caixinha de desejos foi bem interessante. Outro ponto a favor da comédia é o Rinne ser probretão e ficar sempre super emocionado com aquela mixaria de dinheiro que até mendigo recusa! Ainda tem até um narrador fazendo questão de dizer os preços das coisas, hehe.

Como disse, Rinne foi uma boa estreia. Terá 25 episódios, tempo suficiente para uma ótima e natural adaptação. Vou continuar acompanhando.

Nota: 07/10

Onde encontrar: BTR Subs

Essa então foi a nossa primeira parte do Primeiras Impressões dos animes dessa temporada de Abril/2015. Muita coisa boa, ótimas surpresas e estreias. Essa temporada promete! Espero que tenham curtido essa primeira parte e até a próxima! o/

Menu – Primeiras Impressões Abril/2015:

Parte II

Parte III

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

23 comentários em “Primeiras Impressões – Animes da Temporada de Primavera/2015 – Parte I

  1. Muitas surpresas essa temporada!! *–*
    Começando pelo Character Desing de Oregairu.. que mudança :v kkk.. ficou muito bom!! :3 gostei do primeiro ep!! Muito legal a abertura tbm!!
    DanMachi ficou muito boa a animação mesmo!! Dele e de Souma que foi perfeito demais, o ep inteiro!! *00* Não via uma boa animação por parte da J.C Staf desde Sakurasou kkkkk
    Owari ta perfeito tbm!! Ficou bem fiel ao manga, tanto em traços quanto em adaptação *–* Espero que a animação não fique oscilando muito de qualidade como aconteceu em Shingeki!! Mas foi incrivel o começo!!
    Gostei bastante de Gunslinger!! Otima animação da A-1 como sempre :3
    Fate foi incrivel como sempre, mas queria um ep de 40 minutos ç.ç Melhor Op da temporada!! *–*
    Rinne *–* gostei demais tbm!!
    resumindo.. vai ter poucos dropps essa temp!! :3 gostei de quase tudo que vi *–* kkkk

    Curtir

  2. acho que estou tendo a mesma sensação com Owari no Seraph que tive com Kill La Kill. parece que sou a unica pessoa do mundo que não gostou. O mangá é sensacional (pelo menos até onde eu li, já que parei porque sabia que um dia iriam animar e pensei que seria bom acompanhar), mas esse primeiro episódio não foi NADA legal como o primeiro do mangá.

    Teve, sim censura..E muita. o enredo tá totalmente furado, vazio. Cortaram a profundidade de alguns personagens como o Mika. Quando o Yuu chega no orfanato e fala dos pais, Mika o interrompe dizendo que ele foi abusado quando criança… Depois que aquele vampiro nobre aparece a primeira vez e chama Mika pra o visitar, a noite, quando Mika volta, ele ta todo zoado que você fica pensando se ele foi só “doar sangue” ou rolaram outras coisas tbm…
    As personalidades dos personagens não são exatamente as mesmas do mangá, aqui, o o Yuu parece só mais um Eren, mas no mangá ele é bem mais hiperativo (até um pouco parecido com Naruto) e infantil, enquanto o Mika lembra um pouco o Killua de HxH.

    O character designe tbm não é dos melhores, assim como a direção. O que se salvou mesmo foi a trilha sonora, apenas. Eu dei nota 7, espero que melhores nos próximo episódios.

    Curtir

    • A censura que me referi foi quanto ao sangue e outras cenas de violência mesmo, porque aquelas cenas do Mika era muito improvável de adaptares para as TVs, pois ela dá a entender que ele sofreu abuso sexual, e isso é completamente impróprio para as emissoras. Como eu já esperava por algo assim, não me decepcionei.

      Curtir

  3. Bons comentários da temporada de primavera xD,por enquanto Plastic Memories é o grande destaque da Season na minha opinião,claro descontando Oregairu(gostei mais do character Designer anterior do Hachiman e da Yukino)mas esse tá bom também.

    DanMachi achei bem divertido gostei da Deusa safadinha kkk,o único defeito aqui mesmo é só a voz do protagonista achei que não combinou muito com a personalidade dele,queria saber se a equipe aqui tem alguma conta no MyAnimeList seria legal por aqui para a galera ver.

    Curtir

  4. O que dizer da música “Brave Shine”, nova abertura de Fate? Meu Deus, aquilo ficou perfeito! Aimer manda muito bem! Tbm gostei bastante de Owari no Seraph, com certeza vou acompanhar. Sobre Shokugeki no Souma (ou seria Food Wars? XD) não achei ruim, mas tbm não achei lá essas coisas todas (isso no quesito história, pq a animação realmente estava muito boa). Mas vou continuar assistindo, pois pelo que vejo o pessoal falando o enredo só tende a melhorar.

    Curtir

  5. Dessa leva eu só vou acompanhar Souma e Rinne, mas dessa temporada são 7 animes ao todo, haja tempo pra assistir tudo isso, ótimo post Gekkou-san e volta logo com as TOCs (e se puder os checklists) que são meus favoritos do blog, pffff

    Curtir

  6. Ué man… vc não sabe quem é o Archer e as intenções dele na guerra?
    Tem muito mais por traz da traição dele que a Saber

    Curtir

  7. Parabéns pelas análises bem parciais e sem hatismo por conta da animação ou diretores, diferente de outro blog aí que me dá nojo de ver os reviews e análises de tanta crítica pra todos os lados que vejo por conta do dono, o cara me vem dar nota 3 pra Fate, e eu me pergunto, se Fate não for um ótimo e anime e a Ufotable não for um estúdio quase perfeito, quais são?????? Essa temporada é uma das melhores dos últimos 10 anos, e olha que ainda tem animes bons a estrearem.

    Curtir

    • Hahahaha. Muito obrigado, Hizaki! O importante é se divertir assistindo animes. Se ele tem falhas ou não, não necessariamente significa que ele seja uma porcaria, né. E Fate é amoor!!!

      Curtir

  8. Pelos comentários sobre fate deu pra ver que você nunca viu o Stay night, só vou dizer que tudo que a caster faz é para o bem do mestre dela sim!!

    Curtir

  9. Temporada incrível, e review mais incrível ainda, Gekkou xD

    Baixei 17 animes dessa temporada, se não me enganei nas contas, e os comentários que fez aqui são bem coerentes e eu concordo com grande maioria, só não achei Re-Kan! tão divirtido, achei bem monótono, na verdade. Mas enfim, gosto de animes assim, que a gente vê apenas por ver mesmo, então continuarei assistindo, fora que estou interessado no quão irão explorar os fantasmas e espíritos (e o Ero-Gato, CLARO!) xD

    Curtir

  10. Pingback: Primeiras Impressões – Animes da Temporada de Primavera/2015 – Parte II | Gekkou Gear

  11. Mais um Tooru como protagonista? hahaha… Realmente teve varias boas estreias, alguns dessa lista eu ainda não vi por medo de ser entediante, mas com essa sua explicação ficou bem mais fácil de saber quais animes ver, e o que esperar de cada um deles… Ótimo post parabéns.

    Curtir

  12. sem duvida a J.C staff surpreendeu, eles fizeram um otimo trabalho com Souma e Danmachi espero q eles continuem com o otimo trabalho.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s