Anunciado anime de World Trigger

top

Quem imaginava?! Foi cedo demais?!

Entenda um pouco mais sobre a indústria de animes.

Ontem à noite foi anunciado pelo site oficial da Shonen Jump que o mangá World Trigger estará recebendo uma adaptação em anime. Nada mais foi detalhado e divulgado, portanto notícias quanto a data, número de episódios, produtora, estúdio e staff envolvida no projeto, apenas mais além. Atualmente o mangá se encontra com 6 volumes e com 62 capítulos publicados. Ele também faz parte da Shonen Jump Online da editora VIZ, nos EUA. O título é de autoria de Ashihara Daisuke e começou sua publicação na Weekly Jump em 2013, completando recentemente um ano de serialização.

World_Trigger_01

Um portão para outra dimensão se abriu, e dele emergiu todo tipo de criatura poderosa e gigante que ameaça toda a humanidade. A única defesa da Terra é um misterioso grupo de guerreiros que faz uso da tecnologia alienígena a fim de lutar contra eles.

Gêneros: Ação, Comédia, Sci-Fi, Shounen, Sobrenatural, Vida Escolar

Onde ler/baixar: Kyodai Scans

Acredito que muitos estejam surpresos com o anúncio do anime, e não é pra menos! Mas será que foi cedo demais? Bom, podemos observar mais de um sentido no ”cedo”. Podemos achar que está cedo demais no sentido de Trigger ter poucos capítulos disponíveis até o momento, podemos achar que foi cedo demais no sentido de que ele ainda precisaria provar mais e ter um desempenho melhor como outros títulos da sua revista, podemos achar que está cedo demais no sentido do próprio mercado de animes até. Porém, alguém realmente sabe como essa indústria funciona? Existe algum padrão nela? Existe algum limite de capítulos para ganhar uma adaptação? A série em questão precisa ser melhor que as demais de sua revista/editora e ter uma popularidade (vendas e votos) enormes?

01

Não. Indústria de animes é totalmente diferente da indústria de mangás. Digo isso e as demais coisas abaixo não só pela experiência e por várias pesquisas, mas também porque tenho a sorte de conhecer pessoas que trabalham nesse meio. Um deles, inclusive, trabalhou pela Wit em Shigenki no Kyojin e é um grande amigo do dono do estúdio, assim como do dono da Production I.G. Enfim, obviamente que um mangá ou light novel que venda bastante e seja muito popular atraia, com maiores chances, propostas para adaptações em anime. Séries assim possuem um bom potencial de mercado e poderiam ser um plus a mais para ajudar nas vendas do anime, mas isso é extremamente relativo. A mídia original não precisa ser um sucesso, nem vender bastante para ganhar uma animação. Não pode-se basear por ranks da Oricon e nem pelo desempenho nas suas revistas, pois são mercados muito diferentes. Os investidores estão pouco se importando com isso, pra eles não faz diferença se o mangá/light novel/game venda pouco, desde que sintam que a obra seja algo comercializável. Mídias para TV e cinema são muito mais fortes comercialmente do que livros e mangás. O anime de Trigger não vai depender do reconhecimento do seu mangá, o que importa mesmo é se os investidores achem que a série possa ser comercializada.

world_trigger

Por isso que muitos títulos inexpressivos ganham adaptações animadas. Podemos citar alguns exemplos, como recentemente Ping Pong, Mushibugyo, Arata Kangatari, Hatsukoi Limited, Tokyo ESP, Majimoji Rurumo, Log Horizon, entre muitos outros! Ping Pong foi publicado na década de 90, mas ganhou uma adaptação porque poderia ser uma ótima escolha comercial para se atingir um certo público alvo, um público mais cult, podemos assim dizer. Mushibugyo, por exemplo, é um shounen de pancadaria com insetos gigantes. Pra quem não sabe, crianças japonesas amam de paixão insetos, por isso o mangá é super popular – apesar de vender pouco já que crianças não podem ficar comprando vários títulos por falta de dinheiro e também porque seus pais já devem comprar vários outros pra eles – e seria uma ótima escolha comercial. Hatsukoi Limited durou apenas quatro volumes na Weekly Jump e seu anime só veio a ser adaptado depois do fim do mangá. Naquela época foi uma excelente escolha comercial, tendo em vista que o mercado de animações estava fortemente se direcionando para romcoms e moe. Tokyo ESP e Majimoji Rurumo são mais dois bons exemplos. Os autores das obras originais já tiveram outros trabalhos adaptados para as telinhas e que fizeram sucesso, então é uma ótima ideia explorar outras de suas obras tendo seus nomes como meio de divulgação. Majimoji é do mesmo autor do super popular anime de Yowamushi Pedal, enquanto ESP é do mesmo autor de Ga-rei. A indústria também possui outros focos comerciais e públicos, como foi o caso com o anime de Log Horizon, que foi patrocinado pelo próprio governo japonês, então as suas vendas realmente pouco importavam acima de tudo.

O outro lado da moeda seriam as produtoras que adaptam séries sem nenhum interesse em obter lucro com as animações feitas, como é o caso da Kadokawa. Ela tem o principal objetivo de divulgar e obter um bom retorno financeiro e de popularidade com a obra original, o que vier do anime será apenas lucro. Por isso que em geral costumam fazer temporadas com menos episódios que a maioria, como por exemplo em Blood Lad, que teve apenas dez.

Toda e qualquer animação sempre será um risco. As escolhas sempre são feitas tentando minimizar eles. Assim como uma adaptação de algo desconhecido pode conseguir dar um grande retorno financeiro, uma adaptação de algo de extremo sucesso e com grande fanbase pode fracassar. Exemplos disso é o que não falta por aí.

World_Trigger

Comercialmente falando, acredito que World Trigger possua um grande potencial. O mundo criado pelo autor é muito interessante. Tenho certeza que vai ganhar uma adaptação em game após o anime. Outro ponto relevante a se comentar é em relação ao boost que o mangá poderá ganhar. Vamos deixar uma coisa clara, ter um anime não significa que fará as vendas da obra original melhorarem. Existem milhares de casos, acho que até a maioria deles, de mangás que tiveram anime e não conseguiram praticamente nenhum aumento nas vendas. Com Trigger isso pode muito bem acontecer, então já se vacinem aqui e agora caso isso ocorra futuramente. Um exemplo recente dentro da própria Jump foi Medaka Box. No entanto, acho que WT vai ter um belo boost, nada grandioso, mas vai melhorar, sim. Tudo vai depender essencialmente da adaptação e cuidado que o anime receber. Por isso o nome da produtora (responsável por colocar dinheiro na produção) e do estúdio envolvidos serão de grande peso nisso. Estou achando que o estúdio escolhido pra Trigger possa ser a MadHouse ou a Pierrot. Não duvido que pinte um Production I.G. ou um Wit, o que eu acharia bem interessante. Tô torcendo para a MadHouse. Essa será também uma boa oportunidade pras editoras BR. Caso o anime se torne popular por aqui, a publicação do mangá nas nossas terras teria grandes chances de acontecer, até porque o título já sai nos EUA e em outros lugares do mundo, o que já é um facilitador.

World_Trigger

Outra questão que estamos em dúvida é quanto a data e ao número de episódios, que sempre é conhecido poucos dias antes da animação estrear. Espero e acredito que o anime de Trigger pinte já em Outubro deste ano e que será 2 cour (20~26 episódios). Dá, sim, muito bem para fazerem uma adaptação 2 cour de Trigger e acho que a Jump só aceitaria se fosse assim. Ultimamente suas animações sempre andam recebendo mais de 20 episódios e acho que o mangá tem capítulos suficientes para serem adaptados dessa forma. Independente de como for o retorno do anime, a Shueisha e a Jump não terão nada a perder. Eles já terão ganhado seu dinheirinho e ainda teriam o seu título divulgado. O único que sairia perdendo, caso o anime não vendesse nada, seria a produtora, então não vejo problema nessa escolha por Trigger ganhar um anime agora. A proposta deve ter sido muito boa e também seria uma ótima chance para tentar impulsionar de vez o mangá, que já vem recebendo bastante destaque desde o início do ano ao lado de Souma em capanham organizadas pela Shueisha. Esperar pra quê? Esperar demais sempre é um risco, até lá WT poderia ter decaído ou até continuado na mesma, então eles estão mais do que certos em apostar no potencial da série, pelo menos na minha opinião. Torço para que essa seja uma nova postura da editora e que outras obras ganhem animação também, vide Soul Catcher(S) \o/.

Temos alguns dados interessantes de se observar. O primeiro deles mostra com quantos capítulos os mangás em questão tiveram um anime anunciado:

Legenda: Número de capítulos – Mangá

*54….Hunter x Hunter
*62….World Trigger
*66….Bakuman
*76….Beelzebub, Nisekoi
*80….D.Gray-Man, Haikyuu
*82….To-LOVE-Ru
*85….Nurarihyon no Mago
100….One Piece, Tennis no Ouji-sama
103….Gintama
108….Reborn, Death Note
116….Medaka Box
117….Majin Tantei Nogami Neuro
119….Bobobobo Bobobo
120….Eyeshield 21
123….Toriko
127….Hikaru no Go
134….Naruto, Shaman King
136….Kuroko no Basket
138….Houshin Engi
144….Bleach
148….Ichigo 100%
159….Sket Dance
185….Whistle
973….Kochikame

03_04

E o segundo mostra também o número de capítulos em que o mangá teve o anúncio de anime e mais o que recebeu para divulgar a notícia, como páginas coloridas, capas, etc.

Legenda: #Número de capítulos – Mangá – Nada;pág. colorida;capa

*54 Hunter x Hunter (Nada)
*66 Bakuman (Nada)
*76 Beelzebub (Página Colorida Principal) Nisekoi (Página Colorida Principal)
*80 D.Gray-Man (Página Colorida Principal)
*82 To LOVEru (Página Colorida)
*85 Nurarihyon no Mago (Página Colorida)
100 One Piece (Página Colorida Principal) Prince of Tennis (Nada)
103 Gintama (Página Colorida Principal)
108 Reborn! (Nada) Death Note (Nada)
116 Medaka Box (Página Colorida)
117 Neuro (Página Colorida)
119 Bobobo (Página Colorida Principal)
120 Eyeshield 21 (Página Colorida Principal)
123 Toriko (Página Colorida Principal)
127 Hikaru no Go (Nada)
134 Naruto (Nothing) Shaman King (Nada)
136 Kuroko no Basket (Página Colorida Principal)
138 Houshin Engi (?)
140 Whistle! (Nada)
144 Bleach (Página Colorida Principal)
148 Ichigo100% (Nada)
159 Sket Dance (Página Colorida Principal)

Séries que ganharam anime após terem sido encerradas:
Busou Renkin, Hatsukoi Limited, Black Cat, Level E e JoJo.

Dessa forma, pode-se ver que World Trigger foi a segunda série da Jump com menos capítulos a ter um anúncio de anime. Até onde se sabe, o mangá estará recebendo apenas uma página colorida na issue dessa semana. Na edição #28 da Weekly Jump, WT vai ganhar a capa. Estes números são bacanas de se observar, mas não são parâmetros para comparações entre si. Não dá pra comparar os padrões do anime de Beel, de Bakuman ou de algum outro shounen de pancadaria com o anime de Trigger porque a indústria de animes está sempre em constante mudança. O que antes era um padrão e uma tendência, hoje ou amanhã não será mais. E isso vale para número de episódios, para gêneros, público alvo e tudo mais. Diferente do mercado de mangás, que muda de maneira mais calma e gradual, a indústria de animações é muito mais dinâmica e propensa a mudanças.

World_Trigger

Enfim, gosto bastante de World Trigger e estou muito feliz e otimista com o anime. Espero que ajude a, finalmente, impulsionar de vez o mangá, assim como torço para que a animação consiga fazer bastante sucesso. Caso isso aconteça, quem sabe o título não pinte por aqui também, não é?

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

10 comentários em “Anunciado anime de World Trigger

  1. Foi inesperado, mas pelo ritmo do mangá no arco atual já dá aquela sensação de que era para ter o anime de World Trigger

    Curtir

  2. Nossa cara, que show, fiquei sabendo da notícia de tarde, fiquei sem palavras.. estava com você apostando em uma light novel ou em um cd drama mesmo, dai PUFF! anime? como assim? tão cedo assim? é.. creio que é tanto pela quantidade de capítulos quanto por esse movimento no mundo dos mangás, mas agora que reparei bem.. Trigger já vem ganhando destaque há muito tempo, mesmo com suas posições baixas, realmente parece que a jump está tentando de todo jeito colocar o mangá pra vender mais, isso pode ser ruim, pelo fato de que dois cour (no momento) pegariam uns 50 capítulos do mangá, mas é capaz de não sair esse ano, talvez saia na temporada de abril de 2015, e também pode ser ótimo, já que a jump tem esse costume de cancelar qualquer obra que não seja um pílar sem mais nem menos.

    Não pera.. é um anime mesmo? ou um OVA? ¬.¬’, de qualquer forma.. estou mais que satisfeito, esperar que o mangá acabe pra depois ter um anime cobrindo todo o material seria estupidez hoje em dia, visto que é extremamente raro de acontecer, o último que fiquei sabendo foi Chaika -q, mesmo assim é da light novel.

    Total surpresa, particularmente eu acho o mangá bem top, o traço é muito bonito, pode ver que as páginas coloridas sempre deixar aquele ar de animação o_o’, fora a história.. tem aquele mundo grande pra ser explorado, tudo bem que o pessoal da border nunca sofre algo sério devido aos trajes, mesmo assim é bacana, as armas, os recentes neighbors humanoides, o sistema da border, os rankings, os grupos, personagens e etc, tem tudo pra dar certo se o anime for bem feito, espero que faça sucesso, seria mais que merecido pra obra. (puro desejo, -hue)

    Estranho.. chegou primeiro que Shokugeki no Souma, a animação dele deve ser anunciada na próxima Big News. (y

    Curtir

    • Todos esperavam por um Drama CD ou por uma light novel pq o gringo traduziu do japa como HUGE News, qnd na vdd era BIG News, por isso surpreendeu ainda mais, hahaha.

      Os últimos títulos semelhantes a Trigger a Jump não fez nada e deu em cancelamento, então é muito válido ter uma mudança de postura e ver no que dá. Foi o que aconteceu com Trigger. Mas ainda assim WT foi melhor que todos esses que tiveram desempenho parecido no início, tanto em popularidade qnt em vendas. O mangá ficou vivo por méritos próprios mesmo.

      Eu ia postar ontem de noite isso, mas queria escrever um texto mais explicativo do que notícia puro, por isso saiu só agora de tarde o/

      Não é OVA, é anime. Acho ruim nada, tem que ser 2 cour mesmo! Pq se nao fizer sucesso iriamos ter apenas um anime de 1 cour pro resto da vida . Prefiro 2 cour e esperar mais um tempo pra uma nova temporada ou 2 cour e nunca mais nada \o/

      Curtir

      • Então parece ter um diferencial do anúncio de World Trigger pros outros, fico feliz em saber disso, aumenta mais ainda as expectativas, e acredito que não seja um desespero da jump.. como você falou, foi puro mérito mesmo, a shonen jump vê potencial na obra, se não já teria sido cancelada há muito tempo.

        Isso ai, o mercado é carrasco, houve inúmeros casos de mangás totalmente fodas vendendo muito pouco e eliminando suas chances de ter uma nova temporada, porque obviamente não agradaram o suficiente, então porque esperar 13 episódios? principalmente em algo da shonen jump? tomara que venha logo 26 e que dê tudo certo, porque são essas obras que estão ai hoje em dia e as que ainda vão chegar, que sustentarão a revista futuramente, visto que One Piece irá acabar daqui há 7 anos, Naruto e Bleach estão com os dias contados (digamos assim), Kuroko no Basket parece também estar se encaminhando para o fim, nada mais justo que investir pra ter sucesso.

        Curtir

  3. Acho que existe alguém que vê muito potencial em World Trigger dentro da Jump, acredito que ele é o mais divulgado dentro da revista não? Mesmo com Souma e AssClass no topo, é WT que está em todo lado. O que não muda o fato de eu estar bem surpreso.

    A indústria de animes para mim sempre foi bastante diferente… Ou única talvez… É meio difícil prevê-la. Há boas obras que param no 1-cour para o resto da vida, e há coisas como Minami-ke. Eu amo Minami-ke, mas… COMO RAIOS ELE TEM 4 TEMPORADAS? 4 TEMPORADAS!!!!! (Mesmo que seja bastante porca na animação)

    Eu fiquei até afim de ler de fato World Trigger, tem que ter coisa boa lá, porque não é possível. Bem, existem obras que funcionam muito melhor em anime do que mangá, isso já abre algumas oportunidades. (Shingeki, ele é definitivamente mais incrível animado do que em mangá, não por arte ou roteiro, mas por ser o que é, aquele mundo não fica bem só em mangá, mesmo que fosse um Murata desenhando. Em contra partida temos o próprio Souma, adaptar aquilo… Tem que ser um diretor badass. Se não ficará enrolado demais ou rápido demais. É uma batalha de chefs de cozinha, só que sem um Gordon Ramsay analisando ‘-‘ Hell’s Kitchen sem o ‘hell’).

    Bom, fico ansioso pela estreia e torço para que vingue toda a confiança que estão plantando nele.

    Curtir

  4. Acho q eles poderiam esperar um pouco mais para lançar o anime, pra mim ainda tem pouco material + vamos ver como eles vão trabalhar com o q tem, e sera q estreia ainda esse ano ?

    Curtir

  5. Death note tem 1208 capítulos, isso quer dizer que o anuncio veio na edição do ultimo?
    E cara, jojo não acabou não, foi transferido para uma revista mensal. E a uns vinte anos fizeram um ova dele.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s