Review – As esquisitices de Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan

001“Algumas coisas são necessárias para fazer um mistério final. Direção, história, ouvintes… No momento que eu por as mãos nessas coisas, meu mistério final nascerá”.

Com essas palavras começa o review de Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan, um bom mangá que mostra que até mangás rejeitados pelo publico podem render boas leituras.

003-004

Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan tem uma proposta meio que estranha. Tudo começa quando Nakashima Makoto decide pedir ajuda ao lendário aluno que fica no terraço da escola espalhando história de terror entre os alunos para achar sua amiga que despareceu no dia anterior, esse aluno lendário se chama Yotsuya. Reza a lenda que esse aluno pode ajudar qualquer um com casos sobrenaturais caso o sirvam com um bom mistério. E daí desenrola-se as aventuras de Makoto e Yotsuya e os mistérios que acontecem na escola que acabam sendo resolvidos por meio das histórias de terror que Yotsuya cria.057

Porém Yotsuya não ajuda Nakashima porque ele é bonzinho, muito longe disso. Ele só vê nisso a oportunidade de montar a história mais assustadora de todos os tempos e tudo que ele faz é direcionado a isso, nunca pra ajudar o próximo por ser legal e porque é o certo. Outra característica forte do Yotsuya-senpai é que ele é um excelente narrador de histórias e sua voz ajuda aos seus ouvintes imergirem na história que ele conta.

Kiben Gakuha é de autoria de Haruichi Furudate, que mais tarde viria a fazer o excelente mangá de vôlei Haikyuu, e foi publicado na famosíssima Weekly Shonen Jump em 2009, um ano depois de ter sido publicado o seu one-shot onde na verdade Yotsuya era um professor, não um aluno. Infelizmente a série não sobreviveu por muito tempo no sistema de popularidade da revista e acabou sendo cancelada após 18 capítulos que foram compilados em 3 volumes.

Mas o que faz uma série cancelada aqui enquanto há uma tonelada de mangás bons para serem indicados no site? Bem, Yotsuya é bom e por isso ele está aqui. Diferente da maioria das séries da Jump que são canceladas e acabam por deixar saudades de alguém por causa do potencial desperdiçado, Yotsuya deixa saudades porque foi bom durante seus 18 capítulos. Claro, havia muito potencial pro mangá crescer, mas acho que a qualidade que nos foi mostrada é mais importante do que imaginar o que poderia vir a ser esse mangá.

Gostaria de começar falando das duas coisas que mais me chamaram atenção pra eu querer ler Kiben Gakuha: a premissa e a arte. A premissa da série é bastante estranha mesmo, resolver mistérios via histórias de terror não faz o mínimo de sentido, mas o autor consegue executar essa ideia de forma brilhante ao longo do mangá, não só nas resoluções dos casos, as criações dos casos investigados, as construções e o crescimento desses casos foram muito bem feitas em todos os mistérios da série, além claro dos pontos altos da série que são as cenas em que Yotsuya conta sua história ao ouvinte perfeito da história.

048-049

Sobre a arte do mangá, digo que o traço do autor é um dos melhores da Jump atual em Haikyuu. Ele tem um estilo bastante único, daqueles que você bate o olho e já sabe quem é o autor e em Yotsuya esse estilo casou muito bem, principalmente em dois casos: fazer as cenas de horror e as caras e bocas dos personagens, aliás, expressões são um grande ponto da obra, de todos os personagens. Susto, medo, aflição e car001 - 02as de psicopatas parecem que são a especialidade do autor de tão boas que elas são e cada expressão do Yotsuya é um show a parte, até porque, com certeza, o Yotsuya-senpai é o ponto forte da obra.

Além de um ótimo protagonista, Yotsuya é um bom personagem. Os trejeitos dão um carisma impressionante ao senpai e como eu já disse, as expressões que ele faz é um show a parte. Ao longo da série ele é muito bem caracterizado e eu meio que acho impossível não gostar do cara.

Apesar de ter uma motivação bastante clichê Jump, Yotsuya passa longe de ser um protagonista clichê, ele não é bonzinho, determinado, um exemplo a ser seguido, nem nada disso. Ele é um cara que acaba ajudando nos mistérios da escola por seus próprios objetivos, embora ele tenha seus próprios princípios.

Nakashima, a fiel escudeira de Yotsuya, também é uma ótima personagem ao longo da obra, ela faz o trabalho de ser a pessoa normal que acompanha o Yotsuya pela escola. Nakasima também o ajuda em montar o cenário perfeito para as histórias que vão ser contadas, apesar de odiar histórias de terror por se assustar facilmente e acaba sendo a pessoa que recolhe os mistérios para Yotsuya criar suas histórias. Ela acaba por não ter tanto destaque assim por conta do Yotsuya ser um personagem espetacular, além claro de o mangá ser muito curto, mas com certeza cumpre muito bem seu papel apoiando Yotsuya tanto dentro do mangá quanto no sentido narrativo. 12-13Agora, falando de roteiro, Kiben Gakuha consegue se sair muito bem em cada caso e no todo. Cada caso tem sua própria história e resolução como em boa parte dos mangás de mistério. Nenhum deles é abaixo da média ou algo assim, o nível é mantido e todos os casos são bem feitos. Além, claro, das histórias para as resoluções serem muito boas. E o fato de ser bastante episódico ajudou Yotsuya fechar sem grandes problemas, não causando aqueles finais ruins de mangá cancelado que temos por aí.

Bem, é isso, Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan é um bom mangá, apesar de que a sorte não esteve ao seu lado durante sua publicação e vale a pena a leitura, principalmente por causa do ótimo protagonista que a série tem e da arte que consegue ser ótima em vários momentos.

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

Por, Eru-Marks

2 comentários em “Review – As esquisitices de Kiben Gakuha, Yotsuya-senpai no Kaidan

  1. Já tinha conhecimento sobre essa obra ser do autor de Haikyuu, mas nunca tive a curiosidade para dar uma olhada.
    Vou dar uma agora.. xD

    E comentando na parte de traço, acho que qlq um perde para o Kubo-sensei!!
    lero lero lero~! xD

    Curtir

  2. Comecei a ler e gostei muito, um título bem excêntrico mesmo, diferente de todos os mangás que já vi, e principalmente o personagem principal, conseguiu ganhar meu carisma. Agora só preciso de motivação pra continuar haha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s