Table of Contents – Jump SQ: Edição #03/2013

Jump_SQ

Nova coluna no Gekkou Gear, e da minha revista favorita, a Jump Square!

Ainda não sabe o que é o Table of Contents (ToC)? Então basta clicar AQUI para entender o que é e o seu funcionamento.

ToC da Issue #03/2013:

#03

Owari no Seraph

Capa mais linda do ano? Sim ou claro?!

AEEEO! Finalmente a estréia da minha revista favorita no Gekkou Gear, a Jump SQ! Ela é uma revista mensal da editora Shueisha, mesma editora da Shonen Jump. É também a casa de vários mangás muito famosos no Japão e conhecidos da gente, como por exemplo, D.Gray-man, To LOVEru Darkness, Ao no Exorcist, Shin Tennis no Oujisama, Claymore, Tegami Bachi, Rosario to Vampire, AnoHana e Gate 7. Como vocês perceberam, vários desses mangás também são publicados aqui no Brasil e espero que tragam cada vez mais títulos da revista pra cá.

Alguns mangás da Weekly Shonen Jump já foram transferidos para a Jump SQ, assim como aconteceu com To LOVEru, D.Gray-manShin Tennis no Oujisama e Rosario to Vampire.

Particularmente, eu gosto muito mais de mangás mensais, apesar de todo aquele sofrimento por ter que esperar 1 mês inteiro para um novo capítulo. Além da SQ ser minha revista favorita, ela também tem séries que estão entre as que eu mais gosto entre todos os outros mangás que já li. Sou apaixonado por D.Gray-man, To LOVEru e Tegami Bachi hehe, mas ainda assim gosto muito de vários mangás semanais o/. A Jump SQ fez tanto sucesso que foi até criado uma outra antologia dela, a Jump SQ19. Que por sua vez é uma revista bimestral e que possui, além de seus mangás, capítulos especiais de To LOVEru e Ao no Exorcist. São capítulos um pouco menores, mas que são sempre muito bons.

Clique na imagem para ampliá-la

Clique na imagem para ampliá-la

A revista, além de ser uma das mais vendidas no Japão tanto em geral quanto entre as revistas mensais, também é conhecida por ser muito paciente com suas séries, por isso os seus mangás possuem um desenvolvimento bem lento, mas sempre no ponto. Eu gosto muito disso, pois desse jeito as séries correm naturalmente, sem pressa ou sem muita pressão, apesar de ela sempre existir. A revista se baseia mais nas vendas dos volumes encadernados, mas também valoriza muito os votos dos leitores, sendo classificada como na Shonen Jump, ou seja, através dos votos dos leitores. Outra característica da revista é a censura, que é muito menor que a das revistas semanais do Japão. Como a SQ é para um público um pouco mais velho que as semanais, ela libera cenas fortes, como por exemplo, muito sangue (D.Gray-man) e nudez (To LOVEru) dentro dos limites, claro.

3

As mina pira com o marcador de páginas dela xD

E quem abre a revista nessa edição é o novato Owari no Seraph. Estou gostando muito desse mangá, mas espero que as scans gringas continuem fazendo ele!! É um shounen com vampiros na história hahaha, mas ta longe de ser um crepúsculo GRAÇAS A DEUS/MADOKA! é um mangá muito bom, tenho certeza que vão gostar. Por isso recomendo, pelo menos, a leitura do primeiro capítulo o/. Owari no Seraph mal estreou e já ganhou outra capa na revista, pelo jeito está sendo bem popular, até porque o seu volume #1 teve um bom número de vendas. Pra quem não sabe, mangás mensais tem cerca de 4 capítulos por volume, que saem a cada 6 meses. E vamos combinar né gente, QUE CAPA LINDA A DESSA EDIÇÃO EIN! Pra mim ela foi a mais bonita do ano até o momento haha. E preciso falar na LINDA página colorida dupla do mangá também?

SQ1

Rosario to Vampire sempre com suas páginas coloridas muito lindas

Como perceberam, a revista costuma dar muitas páginas coloridas para suas séries e isso é algo muito legal, por que em geral são sempre muito lindas, sem falar que, além de estarmos acostumados com poucas páginas coloridas com as revistas semanais, é sempre muito bom ver a arte dos mangakás. Quem ficou com o primeiro lugar nessa Issue foi Ao no Exorcist, o mangá que mais vende na SQ. Não preciso nem dizer o quanto Ao no é popular entre os japas né. A série frequentemente ganha as capas da revista, assim como To LOVEru Darkness. Sem dúvidas são os mangás que mais capas e páginas coloridas ganham na revista. Isso porque são os mangás mais populares dela. Se D.Gray-man não tivesse essas frequentes pausas, com certeza também estaria junto dos dois. Falando em D.Gray, o mangá esteve ausente nessa edição e fica a torcida para que ele esteja presente na SQ #4 e que a Hoshino-sensei melhore cada vez mais!

SQ2

Tinha que ser publicado aqui no BR justo pela New Pop =(

Claymore conseguiu uma boa posição nesse mês, diferente de To Love, que ficou no meio da revista. To LOVEru Darkness está sempre entre as primeiras posições, por isso é um pouco estranho o mangá aparecer as vezes aí do meio pra baixo. Binbougami ga!, que se tornou muito conhecido por aqui graças a seu anime, também ficou com uma posição não muito confortável. Fiquei feliz que nessa edição Rosario to Vampire – Season II ganhou uma página colorida. Fazia tempo que o mangá não tinha esse benefício. Muitas pessoas dizem por aí que o mangá está próximo do fim, talvez seja até por isso o motivo da página colorida. Outro mangá que também recebeu página colorida foi Gate 7, do CLAMP. Que é publicado (?) pela New Pop por aqui.

4

Outro muito conhecido por nós é Psycho Pass, que ganhou uma adaptação para mangá na SQ. Parece que ele tem agradado os leitores e novamente ganha uma página colorida. E quem abre o bottom dessa edição é o nosso queridinho AnoHana, que, para os que não sabiam, ganhou adaptação para mangá na Square. As vendas dos volumes de AnoHana tem sido muito boas, pena que dessa vez o mangá tenha ido mal na classificação. E pra minha tristeza total, outro mangá que amo muito ficou no bottom dessa Issue. Estou falando de Tegami Bachi, um dos mangás com os traços mais lindos que já vi. Eu gosto muito dessa série e espero que ele saia do fundão no mês que vem. Apesar de ter ido mal, sei que ele não corre riscos de cancelamento, já que é muito popular na revista e que seus volumes vendem muito bem. Quem quiser conhecer mais sobre Tegami, sugiro que deem uma olhada nas duas temporadas do anime, apesar de eu achar o mangá muito melhor haha. Não sei se perceberam, mas em algumas páginas coloridas é possível ver também a capa do atual volume que está a venda do mangá em questão.

Na próxima edição:

SQ #4:

Yae no Sakura (Capa)
Gamma by Jun Ogino (Nova Série, Página Colorida Principal, 58 pg.)
Kono Oto Tomare!, Tanken Driland, Teiichi no Kuni, Binbougami ga! (Página Colorida)

E é isso Gekkou’s de plantão. Espero que tenham gostado dessa nova coluna mensal do blog e que descubram cada vez mais mangás novos e interessantes que marquem, nem que seja um pouquinho, a vida de vocês \o/

Obrigado também pelos inúmeros comentários que vocês sempre tem feito em meus posts. Vocês não tem ideia de como isso me motiva cada vez mais! Qualquer dúvida é só perguntar ou acessar o guia que explica o funcionamento da ToC no início do post, até a próxima!

Siga-nos no Twitter!

Curta nossa página no Facebook!

att, Gekkou Hayate

10 comentários em “Table of Contents – Jump SQ: Edição #03/2013

  1. Tbm nao gosta de dessas pausas de D.Gray Man, e nossa tegami bachi é tão bom assim ? Ta na minha lista pra assistir a dois anos e eu nunca assisto por ter cara de ser meio chatinho O.O’, rosario estou em espera para ver se a JBC vai fazer lançamento simultâneo, tomara que faça pois eu to acabando minhas unhas pra nao ler na net ! E continue firme e forte ^^

    Curtir

  2. Adoro a Jump SQ, até pq é nela q é publicada um dos meus mangás favoritos: Claymore! Essa série é perfeita, e melhora a cada capítulo lançado.

    Curtir

  3. Nada, nada, NADA SUPERA D.GRAY MAN pelo menos para mim -p
    Obrigado pela TOC é a minha revista favorita e se soubese japones importaria uma edição a cada mês (rimou…).

    Curtir

    • dhiuasfjasoiuas, D.Gray é mtttt bom mesmo! É meu shounen favorito ^^

      Que bom que gostou, mas eu que agradeço por tu te comentado o/

      Eu tenho algumas Jump Squares aqui, mas tb n sei japones haha

      Curtir

  4. Eu começei a me interessar pela JUMP SQ em 2010, época que o CLAMP lançou o one-shot de Gate 7 (afinal, sou fã do CLAMP desde 1996, quanto tempo!!!!)! Eu como fã, tenho uma peculiaridade que não sei se outros fãs de um artista específico fazem: gosto de conhecer obras de artistas da antologia que o CLAMP irá publicar. Dessa forma conheci Ao no Exorcist; Tegami Bachi; Claymore (se bem que eu conheci esse antes da transferência pra JUMP SQ) e recentimente o maravilhoso Binbougami Ga! (rachei de ri, principalmente por conta das referências que a obra aborda!!!!).
    Quanto ao Gate 7, nossa, o mangá tá incrível (acompanho em inglês), e começo a tecer teorias sobre seu desenvolvimento. Eu na minha loucura de fã, estou pensando da seguinte forma, sei lá, acho que o mangá está seguindo um padrão X: até o momento, as autoras estão apresentando muitos personagens e suas opções em que lado irão assumir na era atual e quanto mais eu leio, mais isso se fixa na minha mente. Pode ser que eu esteja me confundindo, mas não deixo de pensar dessa forma. Por hora, tá muito massa o mangá! Desde já desculpa por ter me estendido, as vezes a pessoa tem que compartilhar suas curiosidades e ansiedades em algum lugar!
    Parabéns pelo artigo e até mais!

    Curtir

    • Haha, legal o jeito que tu conheceu a SQ. E que bom que descobriu novos mangás legais tb o/

      Com certeza CLAMP é mt bom, eu nunca li Gate 7, fiquei esperando pelos novos volumes da New Pop, mas acho que vou ler pela internet mesmo

      Que isso, nem precisa se desculpar, eu que agradeço pelo comentário e pelos elogios =)

      Curtir

Deixe uma resposta para Toby Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s