Eu Recomendo – Especial Halloween

shiki

Animes e mangás de terror, suspense e violência!

E fechando o nosso Halloween com chave de ouro, trazemos agora pra vocês uma pequena lista com indicações de mangás/animes de terror, suspense, violência e que realmente nos arrepiam. Não será nada muito aprofundado, apenas algumas recomendações e comentários nossos sobre as obras em questão. Então vamos lá, é hora de sentir medo!

Gekkou_News!!

Dessa vez trouxe apenas uma recomendação, mas nada mais é do que a minha série favorita do gênero e também um dos melhores animes que já vi até hoje. Espero que gostem e que se interessem por essa obra maravilhosa que é Shiki.

Shiki

83884-shiki-shiki

Gênero: Horror, Sobrenatural, Mistério

Origem: Light Novel

Estúdio: Daume

Exibição: notaminA (Fuji TV)

Nº de Episódios: 22 + 2 OVAs

Ano: 2010

Adaptação: Além de ter ganhado um anime, Shiki também teve uma adaptação em mangá na Jump SQ.

A história se passa em um verão particularmente quente nos anos noventa, em uma vila pequena e tranquila chamada Sotoba. Ao mesmo tempo que uma família se muda para a estranha e há muito tempo abandonada mansão Kanemasa, uma série de mortes misteriosas começa a se espalhar na aldeia. Toshio, médico do vilarejo, inicialmente suspeita de uma epidemia, mas as pessoas não param de morrer e ele se encontra numa luta contra o tempo para tentar salvar as pessoas da vila.

Shiki é incrível. Sem dúvidas é um dos meus animes favoritos entre todos que já assisti. É bastante envolvente do início ao fim. Foi exibido no famoso bloco notaminA e teve uma animação impecável. O anime possui uma história excelente, muito bem desenvolvida e contada. Diferente da maioria do gênero, Shiki não se prende apenas ao terror, mas se expande a bastante ação e mistério. Mostra elementos bem realistas e ainda possui um sobrenatural  colocado e explicado de uma maneira muito aceitável. Os personagens são ótimos. Cada um se aproxima de como as pessoas realmente são na vida real, principalmente em relação aos medos, angústias, cinismos, egoísmos e qualquer outro ponto parecido. O anime consegue construir de maneira natural o cenário de cada personagem, nos apresentando os objetivos e também os desejos de cada um deles. Isso é fundamental, pois faz com que nós automaticamente formemos uma opinião pessoal acerca de cada personagem. E claro que tudo isso é feito propositalmente para os espectadores, tornando o suspense perfeito e também tornando desnecessário o uso de artifícios feitos apenas para prender as pessoas nos episódios, como vemos em vários animes por ai quando usam drama exagerado, mortes e fanservices.

Shiki.full.306112

Com uma história tão fantástica e irresistível, Shiki se foca na morte, nos levando a questionamentos sobre o que realmente é certo ou errado. Apresenta dois extremos, dois pontos de vista através de alguns personagens, que acabam conflitando dentro de nós por durante boa parte do anime. E apesar de fazer isso, Shiki consegue de maneira brilhante não fazer nenhum julgamento sobre valores pessoais de cada um de nós que está assistindo. Shiki não afirma, não diz qual é o ponto de vista certo, mas sim nos apresenta questionamentos sobre a questão e deixa a resposta para nós encontrarmos e pensarmos a respeito. É tudo tão incrível, que a obra deixa claro que não é um história sobre o bem contra o mau, pois em determinados momentos o que julgamos correto se inverte por completo, assim como os personagens que antes gostavamos tomam atitudes drásticas que nos surpreendem por completo. Shiki deixa claro que a morte chega para qualquer um, independente das crenças que possui.

Enfim, o anime apresenta uma ótima trama, extremamente envolvente, recheado de subjetivismo e até mesmo com metalinguagem em certas partes, e que em nenhum momento subestima o seu intelecto, capacidade de aceitação ou interpretação. Shiki apresenta uma narrativa bastante detalhada e cheia de pontos de vista, que faz requerer atenção de todos que forem assistir. E com uma das melhores trilhas sonoras que já vi até hoje na minha vida – que por sinal foram feitas pelo gênio do Yasuharu Takanashi (Naruto, Itazura na Kiss, Jigoku Shoujo) – Shiki apresenta aquela tensão, desconforto, suspense, medo e terror, assim como qualquer outra boa obra do gênero.

pizap.com138301252184521

Doubt

http://myanimelist.net/manga/5293/Doubt

Rabbit Doubt

Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, thriller, Suspense

Demografia: Shounen

Editora: Square Enix

Revista: Shounen Gangan

Volumes: 04 (concluído)

Autor: Yoshiki Tonogai

Spin-off: Judge

Ano: 2007-2009

Sinopse: Um jogo chamado Rabbit Doubt torna-se extremamente popular no Japão. Nele, todos participantes são coelhos e entre eles é escolhido aleatoriamente um lobo. O lobo mata um a um os coelhos, e o objetivo do grupo é descobrir quem é o lobo entre eles.

“Um lobo infiltrou-se em um grupo de coelhos amigáveis. Um dia, enquanto os outros dormiam, o lobo aparecia em sua verdadeira forma. Dia após dia, um após o outro, o lobo matava e comia os coelhos. Os coelhos não sabendo quem era o lobo, armam um encontro. Então, o tribunal decidiu sobre aquele que acreditavam ser o lobo, e o mataram. Se eles escolhessem corretamente, os coelhos venceriam. Se eles escolhessem errado, todos os coelhos seriam mortos, e comidos pelo lobo. Essa é a ideia de um jogo de adivinhação pelo celular, Rabbit Doubt. Um grupo de amigos resolve se conhecer pessoalmente, mas se vêem presos numa versão real e aterrorizante do jogo, onde cada um pode ser o assassino.

A base do mangá é como se a ”culpa” fosse do bendito game para celular, onde os personagens como já dito acima tem que encontrar o lobo disfarçado de coelho (parte fictícia) e com toda a popularidade desse jogo, um grupo de pessoas (Yuu, Mitsuki, Rei, Hajime, Eiji e Haruka) resolve se encontrar… Claro que, não seria simplesmente um encontro entre pessoas que compartilham um mesmo gosto, que seria o jogo, e para isso entre vais e vens eles acabam parando num lugar estilo Jogos Mortais e a prévia mais óbvia seria mortes… mortes… mortes!

Eles se encontram num local presos sem terem como sair, e ao decorrer da série mortes e mais mortes vão acontecendo, sendo que a única coisa que precisam fazer é: encontrar o lobo. O interessante é que a cada pedacinho a série acaba com tudo que você vai formulando, eu penso que o lobo é X pessoa e nos próximos capítulos já acho que é Y ou Z. Sério, muito tenso.

Se desenvolve de maneira muito bacana, o final porém deixa a desejar. Não por ter necessariamente acabado ruim, mas pelo fato de a serie começar de maneira tão boa e o desenrolar melhor ainda, então se espera do final um êxtase… o que não acontece, mas na minha opinião também não desanda, apenas continua no mesmo patamar. ^^

E é muitooo bom para passar o tempo. Apenas 4 voluminhos que te consome e te faz delirar, numa hora imagina uma coisa, noutra hora outra e assim vai! Não se torna enjoativo, não se torna massivo. É ”suave” no contexto de que, você que curte terror e você que quer descobrir um pouco desse mundo pode ler sem achar exagerado e sem achar fraco. A trama nos (me) faz ficar de queixo caído pelo simples fato de ser ”simples”, não há todo um rolo que precisa ser desfeito, uma teia de aranha enorme. Apenas há eles (coelhos) e o lobo, e juntamente com as mortes a dúvida de que: Quem é o Lobo?

Recomendo demais para quem não tem muito tempo e quer ler alguma coisa no minimo SUPER interessante e para aqueles mais experientes que esperam algo um pouco fora dos ares ”normais” que já tem.

Doubt_v02_ch05_cover

Mononoke

http://myanimelist.net/anime/2246/Mononoke

Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, thriller, Suspense

Episódios: 12 (completo)

Ano: 2007

Um dos aspectos mais fortes de Mononoke é o estilo de arte. Mononoke recebe o seu olhar de um estilo muito diferente. Vindo do estilo tradicional Japonês, Surrealismo, Modernismo, Cubismo, Fauvismo, etc. É um anime muito original com esquema de cores brilhantes e efeitos de textura. No entanto, o estilo adicionar ao tom da série trabalha para fazer o “macabro” da história ainda mais estranho.

Spin-off  do famoso: Ayakashi – Japanese Classic Horror, Mononoke têm origem a partir da história de Bakeneko que é assim: uma garota jovem está saindo para se casar, porém ela é ferida e morre. O Vendedor de Medicina estava lá e é acusado de ser o culpado, mas como retentores da família começam a morrer, Kusuri uri revela-se ser um caçador de demônios, e ele chama de Bakeneko a causa das mortes. A fim de exorcizá-lo com um punhal que sempre carrega junto de si, ele deve descobrir a Forma (katachi), Verdade (Makoto), e Razão (Kotowari).

Mononoke segue o personagem “Vendedor de Medicina”. Ele não tem nome ou história sobre seu passado. É muito enigmático. Ele refere a si mesmo como um simples vendedor de medicina e um ser humano, mas ao assistir alguns momentos de tanto Ayakashi ou Mononoke você não vai acreditar nele, especialmente desde o último arco que ocorre em 1900, ao passo que as outras histórias parecem ter lugar no Período Edo. Ele tem alas de papel especial ( Selos ) que são barreiras contra o Mononoke, seu espelho é usado para refletir a Verdade, e ele consegue usar a Espada do Exorcismo. Após a espada desembainhada é que ele se transforma em um alter ego que usa um kimono de ouro, tem “maquiagens” douradas, esclera preta (parte branca dos olhos), íris vermelha e amarela. Ele também tem um cabelo branco-acinzentado e muito longo. Nesta forma a espada aparentemente pequeno se parece com uma enorme chama.

Presents

Olá, pessoas, aqui é o Eru-Marks recomendando um mangá de horror/terror/qualquer coisa assim. Bem, confesso que estou muito longe de ser um especialista do gênero, mas creio eu que o mangá que recomendarei irá agradar os fãs de terror/horror/qualquer coisa assim, morte, mistério e esse tipo de coisa.

6000 (Rokusen)

57544 v01_full

“Eu estou mesmo submergindo 6000 metros no oceano com ninguém que eu possa confiar?”

Gênero: Horror, Mistério, Seinen, Sobrenatural, Tragédia

Autor: Koike Nokuto

Revista: Comic Birz (Editora Gentosha)

Volumes: 4 Volumes (completo)

Ano: 2010

Rokusen é um mangá criado por Koike Nokuto, estreiou em meados de 2010 na revista seinen Comic Birz da editora Gentosha, o mangá foi finalizado com 4 volumes, porém  o modo ilegal de conseguir traduções de mangás ainda não finalizou a obra, então não ache estranho achar apenas até metade do volume 3 traduzido.

01

Rokusen segue a história Kadokura Kengo, um engenheiro japonês de uma firma que foi comprada por uma empresa chinesa. Essa empresa está trabalhando com uma instalação a 6000 metros abaixo do mar onde três anos antes um grande e misterioso acidente ocorreu e Kengo foi enviado para trabalhar nessas instalações. Ao chegar lá, seu colega de trabalho desde ante147s que a empresa fosse comprada sofre um acidente e é retirado das instalações submarinas e agora Kengo está sozinho, com ninguém que possa confiar, 6000 metros abaixo do mar e ainda mais com coisas estranhas acontecendo naquele ambiente.

Esse mangá, pela premissa, parece que vai tratar simplesmente das relações de confianças entre as pessoas num lugar hostil e esse tipo de coisa, porém os rumos que ele toma são completamente diferentes de qualquer coisa assim. O mangá te joga perguntas atrás de perguntas e a principal acaba sendo: o que diabos está acontecendo? Construindo muito bem o mistério no mangá.

O grande ponto forte do mangá é que o autor realmente consegue te passar uma sensação de medo e até de confusão ao não explicar de cara se algo sobrenatural está acontecendo ali ou não. Se os monstros que os personagens vêem são reais ou não destacando ainda mais a pergunta de “o que esta acontecendo?”

A arte ajuda muito também no ponto de construção do feeling no mangá. O autor é muito competente, principalmente nas cenas de terror mesmo, o que agrega muito a obra.

Além de tudo, o mangá é frenético, a cada página está acontecendo algo, seja uma conversa importante sobre algum ponto relevante da trama, seja uma revelação surpreendente ou os acontecimentos que ainda mais enchem o mangá de mais mistérios.

174-175

Bem, como não quero alongar essa review para que ela se torne do tamanho das que eu faço normalmente, pararei por aqui e é isso. Recomendo 6000 ou Rokusen, como queira chamar e feliz Dia do Saci.

UndeadMavatar

Hideout

Gênero: Horror, Psicológico, Seinen, Tragédia

Autor: Kakizaki Masasumi

Revista: Big Comic Spirits (Editora Shogakukan)

Volumes: 1 Volumes (completo)

Ano: 2010

Mangá escrito e ilustrado por Masasumi Kakizaki, mesmo autor de Rainbow e Green Blood, sua marca registrada são os belos traços que trazem ambientações espetaculares, algo ideal para uma mangá de terror, fazendo você se sentir dentro do enredo. O mangá tem apenas 9 capítulos, que contam a história de Seiichi Kirishima, um homem que viaja com sua mulher para uma ilha paradisíaca um tempo após a morte de seu filho. A mulher o culpa pela morte do filho e sempre o humilha quando pode.

O cenário perfeito para um filme de terror.

A narrativa é muito interessante, pois a história é contada do futuro, o Seiichi vai relatando o que ele sentiu em cada momento importante, mas o melhor é que tudo começa como uma história bastante simples e que começa a se desenvolver em momentos assustadores e imprevisíveis.

No geral o que mais gosto do mangá junto com o traço do mangaká é o personagem principal, ele pode ser um grande filho da puta em maior parte das ocasiões, mas você acaba torcendo por ele. Como a história é contada em primeira pessoa, você sente o peso das palavras, o peso do seu arrependimento.

Koumavatar

Mahou Shoujo of the End

e

Mahou Shoujo Site

LEfPttu - Imgur

Eu lhe pergunto: Isso é uma bruxa ou uma mahou shoujo?

Mahou Shoujo of the End

Gênero: Horror, Maduro, Psicológico, Romance, Shounen, Sobrenatural, Tragédia

Autor: Sato Kentaro

Revista: Bessatsu Shonen Champion (Editora Akita Shoten)

Volumes: 3 Volumes (em andamento)

Ano: 2012

Mahou Shoujo Site

Gênero: Drama, Horror, Psicológico, Shounen, Sobrenatural, Tragédia

Autor: Sato Kentaro

Revista: Champion Tap! (Editora Akita Shoten)

Volumes: 0 Volumes (em andamento)

Ano: 2013

Digamos que após o sucesso de Madoka Magica, surgiu um novo movimento de desconstrução do gênero Mahou Shoujo. Na maioria das séries desconstruídas, o autor trabalha o psicológico das mahou shoujos, a essência das mahou shoujos etc. Mahou Shoujo of the End e Mahou Shoujo Site são dois mangás do mesmo autor, Sato Kentaro, que subvertem o papel das mahou shoujos. Convencionalmente, as mahou shoujos são as heroínas do dia, aqui, elas são as principais vilãs da obra. Interessante, não? Mahou Shoujo of the End segue a história de colegiais que sobreviveram à uma catástrofe causada por “bruxas” (acho mais legal nomear assim do que “garota mágica” xD), e que buscam um meio de dá um fim à esse apocalipse, sem saber a origem do mesmo.

Mahou Shoujo Site por outro lado, lembra um pouco Madoka Magica. O poder das mahou shoujos é um privilégio de pessoas que sofrem na vida, e não têm nenhuma forma de contra-atacar/amenizar esses ocorridos. O elemento inédito da obra são as mahou shoujos caçadoras de mahou shoujos, visto que seus poderes advém de um determinado acessório (que quando usado diminui a expectativa de vida da usuária) sendo possível que qualquer uma que o possui capaz de usar. A personalidade ingênua da protagonista também é um ótimo fator que intensifica o choque das cenas macabras do mangá.

Recomendo que primeiro leiam Mahou Shoujo of the End e depois Mahou Shoujo Site. De alguma forma as obras parecem conectar-se, chuto que se passam no mesmo universo embora em épocas distintas, mas o importante é que uma auxilia o entendimento da outra.

Luiz Jaeger

Ring

Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, Seinen, Sobrenatural

Autor: Suzuki Koji e Takahashi Hiroshi (roteiros); Inagaki Misao (arte)

Editora: Kadokawa Shoten

Volumes: 2 Volumes (concluído)

Ano: 1998

Quem nunca ouviu falar na Sadako (ou Samara), não é? A famosa personagem de O Chamado, como ficou conhecido por aqui a partir da adaptação cinematográfica americana do filme japonês, por sua vez, baseado no romance de Koji Suzuki. Há também a versão em mangá dessa apavorante história que segue basicamente o mesmo enredo do filme. Quem é fã ou adora, não pode deixar de conferir.

P.S.: dizem que este mangá tem o mesmo efeito da fita VHS, ou seja, você morrerá sete dias depois de ler. #sóquenão

68110_533065493454857_1750229606_n

Highschool of the Dead

highschool-dead-shouji-daisuke-sato

Gênero: Ação, Aventura, Comédia, Drama, Ecchi, Horror, Maduro, Romance, Shounen

Autor: Satou Daisuke (roteiro); Satou Shouji (arte)

Revista: Dragon Age (Editora Kadokawa Shoten)

Volumes: 8 Volumes (em andamento)

Ano: 2006~

Não poderia faltar visto o tema do post AHUSHAU. A historia é legal e sanguinária (e apelativa pro lado sexual xD) mas não deixa de ser um bom mangá sobre zumbis e sangue.

Kuroshitsuji

20130322256_1

Gênero: Ação, Comédia, Drama, Histórico, Mistério, Shounen, Sobrenatural

Autor: Toboso Yana

Revista: GFantasy (Editora Square Enix)

Volumes: 17 Volumes (em andamento)

Ano: 2006~

Não sei se todo mundo gostaria de fazer um pacto com um demônio para ele ser seu mordomo e tals, mas a história é até interessante e os desenhos da Yana ajudam muito. Único problema pra mim é a falta de uma saga grande, parece que as sagas são meros 5, 6 capítulos (pelo menos até onde li xD).

Joy

Jooy

Yo! E neste post a Jooy falará sobre o que sabe se melhor: mangás de Terror/Horror! Difícil me decidir entre tantas opções, mas então decidi escolher quatro títulos na qual tenho quase a certeza que agradará os fãs deste gênero. Seriam estes:  Uzumaki (meu Review sobre Uzumaki), Tomie (review de Tomie), Hideout (review de Hideout) e Gyo (review de Gyo).

Uzumaki

uzumaki_vol03_ch19_completion.uzumaki_v03_208-209

Gênero: Drama, Horror, Maduro, Mistério, Psicológico, Seinen, Sobrenatural, Tragédia

Autor: Itou Junji

Revista: Big Comic Spirits (Editora Shogakukan)

Volumes: 3 Volumes (completo)

Ano: 1998

Uzumaki: A espiral do Horror. (ou Vortex, como é conhecido algumas vezes) é o trabalho mais conhecido do honorado mangaká Junji Ito, considerado mestre na arte do mangá Horror/Terror.

Sinopse: A história é narrada por Kirie Goshima, moradora da pacata vila de Kurozu-cho. A simples garota vivia uma vida tranquila e normal ao lado de seu namorado Suishi Sato e sua família, até que um dia uma série de acontecimentos macabros recaem sobre sua vila, o que levavam as pessoas a enlouquecerem, tornando-as obcecadas. O que seria tal “coisa” que na qual enlouquecia todos? Seriam monstros, fantasmas, serial Killers? – Não. Uma forma geometria: A espiral. – Sim, era somente isso que levavam a todos uma contorcida e dolorosa morte. Com a ajuda de seu namorado a princípio, Kirie é levada a uma macabra missão de desvendar este mistério que recai em sua vila.

Uzumaki v01 001[3]

Observação pessoal: Como uma fã de Junji Ito e fiel leitora de suas obras, não teria como dizer algo de ruim desta obra, a única coisa que devo alertar é: se não gosta do gênero, não leia. Uzumaki foi sua obra de maior sucesso, e não é para menos, quem neste mundo teria uma ideia tão psicótica de colocar uma simples forma geométrica como um vilão? – Não, ninguém. Somente Junji Ito. A história se desenvolve de uma forma tranquila, permitindo aos leitores um entediamento completo do início. Seus personagens ganham destaques por serem simplesmente “normais”. Sim, nenhum deles tem poderes nem nada do tipo, são somente adolescentes passando por uma situação nada normal. Seus traços não são “lá aquela coisa de mangá shoujo”, lembrando, é um mangá de horror, os traços pesam mais para o preto e cinza, trazendo uma imagem bem sombria.

Observação da obra: Uzumaki é um mangá que possuí somente 3 volume, já se encontra completo. Uma curiosidade é que sua obra foi de um sucesso imenso que a mesma possui um filme do mesmo nome. Não o assisti ainda para poder falar sobre, mais quem se interessar pelo mangá poderá desfrutar desta obra em versão “carne e osso”.

Gyo

gyo-2376069

Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, Sci-Fi, Seinen, Tragédia

Autor: Itou Junji

Revista: Big Comic Spirits (Editora Shogakukan)

Volumes: 2 Volumes (completo)

Ano: 2001

Gyo (mais para frente ganhou o codinome “o cheiro da morte”) é uma das obras famosas mais recentes de Junji Ito.

Sinopse: a história (no mangá) é contada por Tadashi junto de sua namorada Kaori, que em uma viajem de ferias no distrito de Okinawa, decidem se reconciliar já que o casal tem passado por diversos conflitos. Não esperando eles que suas ferias seriam interferidas por nada mais e nada menos do que: Peixes andantes. As criaturas estranhas vem a aterrorizar a cidade, trazendo junto a eles o cheiro da morte em um apocalipse sobrenatural e diferentes.

(Cena do OVA)

Observação pessoal: Esqueça os Zumbis, este apocalipse é somente de peixes andantes. – Junji Ito, é claro, você espera o que sobre suas obras? O mangá é simplesmente coisa de outro mundo, com os mesmos procedimentos que Uzumaki, é composta por uma pintura escura e acinzentada, trazendo aquela imagem assombrosa. Somente uma coisa a dizer: Ito-sama estava muito “dorgado” quando fez este mangá. Na boa.

Observação da obra: O mangá é composto por 2 volumes somente, já se encontra completo. Diferente das outras obras de Junji Ito, Gyo não possui um filme, mas sim uma versão em anime composta por apenas um episodio (OVA) de 1 hora e meia. No OVA, a história não é contada por Tadashi e sim por sua namorada Kaori (sim, tem diferença). É incluído outros personagens na trama na qual não fazem parte do mangá, como as amigas de Kaori. Uma dica, assista o OVA primeiro antes de ler o mangá, depois vocês decidem qual deles é o melhor, para mim, as duas versões são maravilhosas.

Tomie

tomiev01c01003

Gênero: Drama, Horror, Josei, Sobrenatural, Tragédia

Autor: Itou Junji

Revista: Gekkan Halloween (Editora Asahi Sonorama)

Volumes: 3 Volumes (completo)

Ano: 1987

Tomie, foi o primeiro trabalho de Junji Ito, o que garantiu o mesmo várias premiações e o titulo de um dos “mestres do horror”.

Sinopse: Uma bela garota, tão linda que trazia os homens em sua volta uma angustiosa vontade: Mata-la e desmembrá-la. Está é Tomie, uma estudante do ensino médio que foi misteriosamente assassinada de forma brusca, quando todos seus colegas de classe já se adaptam com a morte da garota ela reaparece na escola como se nada houvesse ocorrido, esse foi um bom motivo para enlouquecer há todos.–“mais como? Ela estava morta, então porque está aqui?” – “está certo, eu fui a seu enterro. O que está acontecendo?” Perguntas como essas corroíam a mente de todos, até que em um dia, um de seus colegas de classe, Yamamoto, acaba empurrando a garota de um penhasco acidentalmente, como todos seus colegas de classe adoravam o garoto não o deixou se entregar e resolveram ajudar, desmembrando a garota em 42 pedaços, cada aluno foi responsável para se livrar de um pedaço, não esperando eles que a garota voltaria a aparecer, e assim nasce à lenda de Tomie, a garota imortal, vista como a imagem viva da luxuria levanto a todos ao inevitável desejo de mata-la, principalmente os homens, no qual estão cegamente apaixonados a ponto de fazer de tudo pela garota.

Observação Pessoal: O que posso falar sobre este mangá? Bom, começado, foi o primeiro mangá de Junji Ito-sama, e também foi o primeiro que eu li, e como todo traço de desenhistas iniciantes, o de Junji Ito não era tão bom assim, mostrando isso claramente no primeiro capítulo, porém demonstrou que tinha potencial e melhorou bastante no segundo capítulo. É uma história bem perturbadora e uma boa pedida para os fãs dos clássicos fantasmas japoneses, também não pode faltar na lista das pessoas fanáticas por suas obras.

Observação da Obra: Tomie é composta por 2 volumes recheados de contos macabros, o sucesso foi tanto que garantiu a obra um filme com o nome da mesma, como Uzumaki, então não há motivos pra não dar uma olhadinha nesta história fantástica.

Hideout

hideout-2855459

Gênero: Horror, Psicológico, Seinen, Tragédia

Autor: Kakizaki Masasumi

Revista: Big Comic Spirits (Editora Shogakukan)

Volumes: 1 Volumes (completo)

Ano: 2010

Hideout é uma das obras de Masasumi Kakizaki que ganhou destaque pela história envolvente e os traços incríveis na qual dá uma sensação ao leitor de estar preso em um filme, assim com todo ótimo thriller psicológico.

Sinopse: Em uma ilha paradisíaca, um casal resolve se reconciliar, Seiichi é um escritor de aluguel, na qual no momento estava se vendo em uma crise financeira e pessoal, Miki, sua esposa, uma pessoa fria aonde de inicio trata seu marido com arrogância[…] Em um certo momento, Seiichi propõe a sua esposa um passeio pelas cachoeiras locais, aonde ficava no auto das montanhas, porem algo não esperado ocorre (ou esperado né) a gasolina de seu carro acaba, e neste momento o casal resolve abandonar o carro a procura de uma casa naquela floresta, após um longo caminho eles não encontra a casa, é quando Miki se desespera e Seiichi toma uma atitude inesperada.

Opinião pessoal: Como se trata de um mangá curto, não se pode contar muito na sinopse ou isso acabará com a surpresa do leitor, por isso a sinopse está incompleta de inicio. Bom, minha opinião sobre este mangá: – Simplesmente genial, está ai um mangá que não pode faltar em sua lista. Com incríveis traços, o leitor passa pela sensação de estar preso em um filme de terror, e a história, o modo como é demonstrada com o passar das paginas, é algo de se impressionar. – Um mangá nota 10,00.

Observação da obra: Como mencionei anteriormente, este mangá é curto, contendo somente 1volume com 9 capítulos.

E termina aqui a nossa lista de títulos horripilantes. Espero que tenham gostado e conhecido um pouco mais dessas séries que possuem um gênero com uma procura bem menor que o cumum. Vocês podem conferir outras análises feitas pela Joy e pela Vane de séries do gênero terror clicando nas imagens abaixo:

Higurashi no Naku koro ni

Higurashi no Naku koro ni

Warau Kyuuketsuki e Doctor Du Ming

003

 E com isso chegamos ao fim do nosso especial de Halloween. Ano que vem tem mais e a próxima data com posts especiais será o natal e podem ter certeza que já decidimos os posts e garanto que serão maravilhosos! \o/

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

7 comentários em “Eu Recomendo – Especial Halloween

  1. Particularmente, de toda essa lista, eu só assisti Shiki. E de fato, tudo que você disse é verdade, Shiki está sem dúvidas entre os meus animes favoritos, os personagens, o clima, a tensão, é tudo PERFEITO. Me fez devorar os episódios em apenas dois dias, eu realmente amei.

    Curtir

  2. Não gosto de histórias de terror, já tive minha cota de terror pela vida toda :/
    Só de ver as imagens desse poste meu estômago deu alguns saltos D:

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s