Table of Contents – Bessatsu Shonen Magazine: Edição #11/2013

Shingeki_no_Kyojin_mangazo_de_manipuladora_00_Tierra_Freak_Tierrafreak.com.ar

E chegou a vez da revista de Shingeki no Kyojin ter suas ToCs publicadas aqui no Gekkou Gear!

AEAE, mais uma revista diferente tendo suas ToCs publicadas e comentadas aqui no Gekkou Gear! Dessa vez trago pra vocês a Bessatsu Shonen Magazine, revista mensal da Kodansha. Dentre alguns dos seus mangás temos os famosos Shingeki no Kyojin, Doubutsu no Kuni, Sankarea e Aku no Hana. A revista, apelidada de BetsuMaga, é bastante curiosa. Ela foi criada basicamente para testar novas ideias e parâmetros, dando um espaço para mangás com propostas muito interessantes e malucas que antes acabariam tendo uma mudança no roteiro para se adequarem a Weekly Shonen Magazine ou para uma revista com um público mais adulto. A ideia de criar uma revista mais ousada e experimental partiu do departamento editorial da segunda revista mais popular do Japão, a Weekly Magazine. Por isso, tudo que era bom, mas que não cabia na Magazine Semanal, acabaria indo parar na Bessatsu. E quem melhor que o próprio departamento editorial da Shonen Magazine para cuidar da nova revista?! Pois é, como a nova antologia é como uma extensão da Weekly Magazine, a própria equipe dela é quem cuida da Bessatsu. A diferença é que não é um grupo fixo. Todo mês os grupos de editores e seus respectivos líderes que compõem o departamento editorial revezam entre si no comando da revista, com o líder de equipe do grupo da vez sendo interinamente o editor-chefe. Além de todos terem sua vez, ainda ganham experiência para melhorar ainda mais profissionalmente.

Primeira capa da revista

O lema da BetsuMaga é “A coletânea das mais novas aventuras”, com a missão de publicar tudo que é bom, mas que não cabe à Weekly Magazine. A revista, que surgiu agora em 2009, faz um importante papel na indústria de mangás, testando séries que desafiam o gosto popular, mas que podem dar muito certo. Em geral ou gostam muito ou odeiam muito, por isso sempre é uma aposta. A Bessatsu também é casa para autores mais experientes testarem novas histórias e ideias, não importando se seus respectivos mangás vão durar pouco ou muito. Algumas séries inclusive acabam sendo transferidas para a Magazine Semanal para potencializar ainda mais o seu alcance e popularidade. O bacana da editora Kodansha é a sua flexibilidade, não é a toa que muitos mangakás que se sentem limitados ou que brigam com suas próprias editoras acabam indo parar na Kodansha. Ela é muito liberal, paciente e costuma dar bastante apoio aos autores.

Assim que a BetsuMaga estreou, o sucesso foi imediato. Praticamente mudou o modo de pensar e enxergar o mercado por parte de outras editoras, levando diversas revistas a adotar um modelo, se não igual, semelhante ao da Bessatsu Magazine. Alguns exemplos de revistas que passaram a ser mais ousadas e experimentais foram a Jump SQ (Shueisha) e a Gessan (Shogakukan).

O foco da revista é o shounen, tendo como público alvo pessoas com 18 anos, apesar de a própria revista admitir que a sua verdadeira média atual é de 22 anos. E isso é muito bom, porque ajuda a Bessatsu a atrair os leitores de revistas Young, como por exemplo a própria Young Magazine, da Kodansha, e também a Young Jump, da Shueisha.  Apesar de tudo isso, a BetsuMaga não possui uma tiragem tão grande como o sucesso de seus mangás. Sua tiragem gira em torno de algo como 65k. Bem longe das principais revistas shounens do Japão, que tem média de 500k pra cima. No entanto, isso não significa que ela vende pouco, porque o real objetivo dela é criar novos sucessos e servir como apoio/suporte a principal revista da editora, a Weekly Shonen Magazine. Como muitos dos seus títulos vendem bem demais, ela consegue se sustentar tranquilamente. E que coisa boa termos o privilégio de ter um laboratório de mangás todo mês, com leituras inusitadas e que nos possibilitam conhecer histórias diferentes. Uma verdadeira casa para criatividade!

Bom, agora que já conhecem um pouco da Bessatsu Shonen Magazine, vamos analisar a ToC da issue #11 de 2013. Saibam que ela adota o mesmo sistema da Shonen Magazine quanto as classificações de suas séries.

BetsuMaga Issue #11:

#11

Maotometachi_no_EdenAntes de mais nada quero avisar vocês que coloquei diversas páginas coloridas de issues passadas da revista pelo post para ajudar todos a conhecer os vários mangás desconhecidos que estarei comentando pra vocês. As páginas coloridas em tamanho grande são da própria issue #11.

Dessa vez quem ganhou a página colorida principal foi um mangá estreante na revista. Trata-se de Maotometachi no Eden, que também ganhou lindas páginas coloridas. Só de vê-las já me interessei pelo mangá. Parece ser algo que se passa mais antigamente. Também senti um toque de shounen sobrenatural na série. Ainda não existe uma sinopse para a série, assim como vários outros mangás da revista.

Maotometachi_no_Eden1

Mabinogi ficou entre os primeiros nesse mês. Pra falar a verdade não conheço muito desse mangá, praticamente nada. Só sei que ele estreou este ano e é um shounen. Por enquanto não temos nenhuma sinopse sobre a série. Quem também se deu bem nessa issue foi Sonna Mirai wa Uso de Aru, que conta história de uma garota que consegue prever o futuro e de outra que sabe se o que você está dizendo é verdade ou não. Nunca li esse mangá, mas parece legal. Existem scans gringas traduzindo os capítulos caso alguém tenha interesse. D.D.D. (Devil Devised Departure) foi o segundo título da revista a ganhar páginas coloridas nessa edição. As bonitas páginas vieram principalmente para divulgar o volume #1 do mangá que estará à venda nas próximas semanas. Também não se tem informações sobre esse novato que estreou em 2013, sabemos apenas que é um shounen com traços bem bonitos. Pelas páginas coloridas e pela capa do volume #1 o mangá parece ter uma história bem interessante. Doubutsu no Kuni, o famoso, popular e também queridinho do nosso redator fantasma KarrascO, conseguiu uma ótima posição. Ele é um dos títulos mais famosos da revista. Pra quem é fã da obra, saibam que no final do capítulo desse mês o autor deixou uma mensagem que dizia: ”No próximo mês, caminharemos para o ato final.”.

Maotometachi_no_Eden2

Arslan Senki também é outro título bastante conhecido na revista. Ele é desenhado pela Arakawa sensei (FMA, Silver Spoon) e escrita pelo próprio autor da obra original de Arslan Senki, que é uma novel. É um mangá bem legal. Fiquem com uma sinopse abaixo para conhecerem melhor:

A história gira em torno do príncipe Arslan, que após escapar de uma guerra que devastou seu país, decide reunir um grupo de aliados que almejam o mesmo que ele: a busca por vingança. Para isso, eles vão precisar formar um exército para vencer os milhares de soldados que invadiram Pals, a terra natal de Arslan, controlados por Lord Silver Mask, que voltou para tomar posse do trono e governar Pals.

Ele é feito pelo pessoal da Kyodai Scans, nossa parceira. Vocês podem conferir o projeto clicando AQUI.

Maotometachi_no_Eden3

Daisuki Imura-san! é mais um que foi bem colocado nessa issue, mas que ainda não se tem informações na internet. Ele é um shounen e estreou este ano. E mais uma vez Shuukan Shounen Girl recebe um capítulo especial. O mangá já ganhou dois na Weekly Magazine e agora um na Bessatsu. Todos eles com objetivo de promover a série, que pelo que tudo indica está fazendo bastante sucesso. É um mangá que ganhou serialização esse ano na Magazine SPECIAL e que tem traços bem bonitos. Só por toda essa divulgação vou aguardar e torcer para que alguma scan gringa pegue o projeto. O último da revista a receber página colorida foi Komori-chan wa Yaruki o Dase, um shounen que estreou ano passado na BetsuMaga. É mais um dos vários da revista que não possuem grandes informações, mas acho que pela página colorida abaixo já conseguimos ter uma ideia melhor, não é?

Maotometachi_no_Eden9

Logo abaixo tivemos a presença do grande sucesso do momento no Japão e no mundo: Shingeki no Kyojin. O mangá recebeu a capa dessa edição, que ficou bem bacana, mesmo com os traços horrorosos do Isayama sensei. O capítulo dessa issue foi maravilhoso, descobrimos que o Eren tem poderes que podem ser fundamentais para a vitória da humanidade, assim como para a vitória daquela facção de titãs, não é a toa que estão atrás dele. Teve também a Mikasa esperando um beijo do gay do Eren que nem bola deu, hahaha. Mas vamos combinar, acho que eu também não teria cabeça pra aquilo naquele momento MUITO tenso em que quase tudo foi perdido. Enfim, vi em muitos lugares gente dizendo que não teremos cap. mês que vem, o que não é verdade. Pra quem não sabe, no Japão as revistas que saem, por exemplo, em Fevereiro são descritas como de Março, ou seja, sempre com um mês na frente. É assim em todas revistas mensais do Japão e em todos os meses do ano, por isso teremos, sim, capítulo na próxima edição da revista, que será chamada de edição de Dezembro, mesmo saindo em Novembro.

Maotometachi_no_Eden4 Maotometachi_no_Eden5

Quem acompanhou SnK foi o seu spin-off muito divertido chamado de Shingeki! Kyojin Chuugakkou. Ele está vendendo muito bem com os encadernados, portanto é bastante popular para os leitores. Em sequência aparece novamente um mangá novato sem nenhuma informação na internet. Ele se chama Nakamura Koedo to Daizu Eryou wa Umaku Ikanai e é feito também por um mangaká novato. Quem apareceu depois foi um conhecido por essas bandas. Sim, estou falando de Shinsekai Yori, aquele que teve um anime exibido não há muito tempo atrás. Ao contrário do anime, o mangá é recheado de fanservices, mas todos que eu conheço e leem dizem que o mangá é muito bom. Ele teve um capítulo duplo essa semana, uma prática bem comum da revista com suas séries.

Maotometachi_no_Eden6

O próximo da ToC é mais um iniciante. Fujimi Lovers foi mais um dos vários que ganharam serialização em 2013, mas diferente da maioria, o mangá já recebeu até capítulo especial na Shonen Magazine. Depois que eu vi o cap. especial eu passei a acompanhar a série pelas raws. Achei bem legal esse mangá. É um shounen de comédia romântica com o elemento sobrenatural. Outro super conhecido por nós e também um dos mais populares da revista foi quem veio logo abaixo. Aku no Hana, que segundo muitos se encaminha para o fim, segue muito bem na BetsuMaga, tanto em popularidade quanto em vendas. O anime, apesar de não ter agradado a grande maioria, não afetou em nada negativamente o mangá, que conseguiu até algumas melhoras nas vendas dos encadernados.

Maotometachi_no_Eden7

Slime-san to Yuusha Kenkyuubu foi o segundo da revista que ganhou capítulo duplo. Eu adoro esse mangá. É tipo um queridinho meu da revista. Infelizmente tenho que acompanhá-lo apenas pelas raws, mas posso dizer que é bem divertido. Fiquem com uma sinopse abaixo:

2000 anos atrás houve uma batalha entre um guerreiro e o rei demônio. Através desta batalha épica o rei demônio ganhou. Agora há crianças entre as idades de 12 a 18 anos que são descendentes diretos do rei demônio. Cada uma possui poderes de transformação únicos e que lhes permitem se transformar em diferentes monstros, como Slimes e Golems. Imaichi Butsuko e Hinase Suiren são uma dessas crianças monstro. Com a iminente ressurreição do guerreiro, que antes fora derrotado pelo rei demônio, essas crianças terão que desfrutar suas vidas escolares diárias durante a preparação para a grande batalha!

Maotometachi_no_Eden8

Houkago Sword Club começou este ano, mas já possui várias informações. Ele é um shounen escolar de ação e esportes, mais precisamente sobre Kendo. A revista também possui um mangá bimestral, o nome dele é Daidai wa, Hantoumei ni Nidonesuru. Ele é feito pelo mangaká Abe Youichi, que já possui outra série em andamento na ASCII Media Works. Talvez por isso Daidai wa tenha capítulos a cada dois meses. Não se tem informações sobre o mangá, mas ele é outro da revista que eu acompanho pelas raws. Tem uma história bem bacana e traços muito bonitos. Espero que alguma scan gringa pegue Daidai wa algum dia. Esse foi apenas o quarto capítulo do mangá desde sua estreia.

Arslan Senki:

Fujimi Lovers:

Aku no Hana:

Macmillian Koukou Joshi Koushiki Yakyuubu:

Nakamura Koedo to Daizu Keisuke wa Umakuikanai:

Joshiraku:

Sankarea:

Half&half:

Macmillian Koukou Joshi Koushiki Yakyuubu é um mangá shounen de esportes 4-koma. Ele começou a ser publicado na BetsuMaga, mas foi transferido este ano para a Weekly Magazine, no entanto, foi novamente transferido para a Bessatsu. Provavelmente o 4-koma não deu muito certo na Magazine Semanal e decidiram botar o mangá de volta na sua primeira casa, no qual sempre foi bastante popular com os leitores. Diabolo no Soup foi o terceiro e último dessa issue que recebeu capítulo duplo. O mangá começou no ano passado e me chamou atenção pelas raws, apesar de os traços não terem me agradado muito. De qualquer forma, o mangá ganhou destaque nessa issue e está apenas com dois volumes publicados até agora, ou seja, ainda é um novato na revista.

Arslan Senki:

Doubutsu no Kuni:

Daisuki Imura-san!:

Coulomb Fille:

Chaos Wizard to Akuma no Shimobe:

Komori-chan wa Yaruki o Dase:

Shingeki no Kyojin:

Slime-san to Yuusha Kenkyuubu:

O meu outro queridinho da revista e que também acompanho os capítulos pela raws é Nemuri no Fuchi. O mangá, que estreou este ano na revista, é um shounen de horror bastante interessante. Fiquem com uma sinopse:

Há oito anos, uma menina desapareceu enquanto brincava de esconde-esconde na floresta. Começando por volta de então os casos de ‘labirintos’ e sua desova em lugares aleatórios, o que levou a um aumento da quantidade de pessoas desaparecidas. Kaori era um deles, quando ela nunca foi encontrada após o jogo de esconde-esconde ela brincava com Shuhei. Agora, oito anos depois, Shuhei ainda se sente culpado pela perda de Kaori. Ele se sente como também merecedor de ser arrastado para estes “labirintos” na busca por sua amiga perdido há muito tempo. Agora, ele encontrou uma abertura no labirinto. Nela, ele começa sua busca pela verdade por trás desse fenômeno!

É algo mais ou menos assim. Bem interessante, não acham? Olhem que legal a capa do volume #1:

A issue #11 também teve um one shot, assim como um capítulo bangaihen de Yozakura Quartet, que é publicado na Shonen Sirius e que também está com um anime em andamento nesta temporada. Já na parte inferior da revista tivemos a presença de Gringo 2061, um mangá muito legal. Tem uma história bem interessante e é traduzido por uma scan gringa, então vocês podem dar uma conferida. Ele começou a ser publicado em 2013 e é um shounen de ação, aventura, drama, horror e sobrenatural. A história que se passa no mangá é mais ou menos essa:

28 julho de 2061 foi um dia de azar para Raiji, no qual ele foi falsamente acusado de ser um procurador no transporte público. Naquela noite, ele se juntou a seus amigos, Yuma e Osamu, para assistir o cometa de Halley. O cometa acabou aparecendo algumas horas antes do previsto, no entanto ele não apenas passou pelo céu à noite. Em vez disso, houve um clarão ofuscante, e todas as pessoas, Raiji e seus amigos que estavam observando viram o comenta desaparecer. Não só isso, mas a área em torno deles se encheu de cogumelos gigantes apavorantes e rostos humanos trançados. Neste novo mundo, violento, os três vão encontrar perigos humanos e desumanos!

Muito interessante, não?! Eu disse ali em cima ”mais ou menos” porque a gente sempre corta alguns detalhes quando vai fazer a sinopse, apenas isso.

Shingeki no Kyojin & Doubutsu no Kuni:

Sankarea:

Nemuri no Fuchi:

Houkago Sword Club:

Shinsekai yori:

Aku no Hana:

Seisen Cerberus – Mou Hitori no Eiyuu:

Gringo 2061:

Coulomb Fille:

Ixion Saga:

Outro que eu acompanhava por raws infelizmente chegou ao fim. Baby Worldend, de traços lindos, começou em 2012 e chegou ao fim agora, com apenas 4 volumes. Uma pena, era um shounen de fantasia bem legal, mas pelo menos pude acompanhar por 1 ano o mangá. Difícil agora vai ser alguma scan pegar a série para seus projetos. Coulomb Fille começou este ano e terá o seu segundo volume à venda logo logo. O mangá é um shounen de aventura com traços muito bonitos. Já dei uma conferida nas raws e gostei do que vi. Quem também chegou ao fim nessa edição foi Seisen Cerberus – Mou Hitori no Eiyuu. Me lembro de que na estreia do mangá as expectativas sobre ele eram muito grandes. Tinha um mundo como pano de fundo fantástico e cheio de possibilidades, mas ao que tudo indica falhou. Eu mesmo achei que o autor estava desperdiçando muito o potencial da série com alguns capítulos que vi pelas raws. Fiquem com a sinopse do mangá que tinha tudo pra dar certo, mas que infelizmente não deu:

Guerra travada entre diversos países nesta história épica, onde os dragões, demônios e magos vagavam pelo mundo. Quando ele era apenas um bebê, a vila de Allen foi atacada por um solitário, mas poderoso mago, que destruiu a aldeia em uma varredura. Allen foi o único sobrevivente. Ele foi encontrado nas garras de sua mãe morta por uma matilha de lobos-humanóides, que levantaram Allen como se ele fosse um filho verdadeiro deles. Agora com 17 anos de idade, Allen está sozinho no mudo, buscando uma aventura para encontrar a paz e amor em um mundo cheio de caos e do mal.

Bem promissor, não acham? Os traços do autor eram bem bonitos, pena que ele não conseguiu explorar bem o mundo que criou. Mais sorte na próxima vez, afinal ele está apenas começando sua carreira.

Shingeki no Kyojin:

Fujimi Lovers:

Daidai wa, Hantoumei ni Nidonesuru:

Diabolo no Soup:

Nemuri no Fuchi:

Joshiraku:

Kimi o Mawashitai。, que ficou em penúltimo, não possui absolutamente nada de informações na internet. Eu pelo menos não achei nada, a não ser páginas coloridas e raws dos capítulos, portanto não tenho o que falar do mangá, pelo menos por enquanto. A lanterna dessa edição ficou com Shougi no Watanabe-kun, mais um dos 80% de mangás da Bessatsu que estreou este ano. E como já devem imaginar, não existe quase nada sobre a série pela internet. E por fim, tivemos 3 títulos ausentes nessa issue. Um deles foi Half&half, do mesmo autor de Kimi no Iru Machi (Shonen Magazine). É um mangá muito legal. Ele é baseado no primeiro one shot do autor em sua carreira como mangaká.

O mangá conta a história de Nagakawa Shinichi e Sanada Yuuki, no qual os dois se envolvem em um acidente e morrem juntos, mas eles recebem uma segunda chance para viverem novamente. Uma voz os deixa viver por mais sete dias. No entanto, depois deste período um dos dois deve morrer novamente.

A partir de então a vida deles será compartilhada, incluindo emoções (culpa) e sensações físicas (dor). Foi dito a eles para não deixarem o lado um do outro, senão os dois morrem. Agora, com cada um deles querendo salvar a própria vida, como serão os próximos sete inseparáveis dias? Será que eles vão se dar bem?

Uma ideia bem bacana, não concordam? Eu estou acompanhando o mangá e gostando bastante. O outro ausente é o conhecido Sankarea e também o desconhecido Mahou Shoujo WEB, que eu e a internet não fazemos ideia sobre o que se trata.

Vocês podem acompanhar os capítulos mensais de Sankarea pela Bessatsu Scans, do nosso querido membro do site, Kouma, que comenta os caps. de Beelzebub. A scan tem como objetivo trazer o máximo possível de mangás dessa ótima revista que é a BetsuMaga pra vocês. Posso garantir que o trabalho deles com os mangás é realmente excelente, então não deixem de dar uma conferida. O Kouma me disse que a scan está com vagas abertas para novos membros, por isso podem clicar AQUI e se candidatar para Bessatsu Scans caso tenham interesse.

Baby Worldend #1

Coulomb Fille #2

D.D.D. #1

Komori-chan wa Yaru Ki o Dase #1

Slime-san to Yuusha Kenkyuubu #1

Fujimi Lovers #01

Gringo 2061 #01

Houkago Sword Club #01

Shin Sekai Yori #04

Shingeki no Kyojin OUTSIDE

BetsuMaga Issue #12:

Doubutsu no Kuni (Capa)
Abyss by Ryuuhaku Nagata (Nova Série, Página Colorida Principal, 44 pg.)
  Tortoise Delivery by Aki Shimizu (Nova Série, Página Colorida, 64 pg.)
Arslan Senki (Página Colorida)

Bom, gente. O post ficou grandinho, mas acredito que seja algo normal, já que estava apresentando uma nova coluna, falando sobre a história da revista e também comentando sobre vários mangás que são desconhecidos pela maioria, inclusive colocando algumas imagens de issues anteriores para ajudar vocês a conhecerem eles melhor. Provavelmente nas próximas vezes o post não ficará assim tão grande. Espero que tenham gostado dessa novidade e conhecido alguma curiosidade ou mangá que tenham se identificado. Até a próxima! o/

facebook_gekkou_gear!!

Curta nossa página no Facebook!

twitter_gekkou_gear!!

Siga-nos no Twitter!

Feed_gekkou_gear

Assine o nosso Feed!

Ask_gekkou_gear

Nos acompanhe no Ask!

To_LOVE

Recruta-se!

hayate2co8pw9

Att, Gekkou Hayate

11 comentários em “Table of Contents – Bessatsu Shonen Magazine: Edição #11/2013

    • Aku no Hana sem duvida é um dos melhores mangas de drama existente!
      Eu torço para que no ano que vem eles façam uma segunda temporada ou até mesmo um reboot na animação. Porque a historia é muito boa para uma animação em fotoscopia barata daquelas; Se tivessem investido em uma melhor (não precisa nem ser a convencional) na mesma modalidade igual do Coppelion teria feito muito mais sucesso, alem do sucesso de criticas.
      Mas convenhamos que a animação deu um toque de realismo (por mais tosco que pareça) os traços era uma coisa que apresentava faces reais e deu um ar de serie de TV e tudo mais!

      Curtir

  1. Doubusttsu no kuni tem traços lindos ,aff nem li , e o coisa ja está para acabar , caraca será que n rola nem um anime ? poxa decepção tá ai a tanto tempo e se dando bem e nada ??? ixion saga foi outro que infelizmente acabou sem ir mais a adiante pena , traços lindos

    Curtir

  2. Entendam: o Eren é do Levi u.u Hahahaha… ~fujoshi mode on~ Adorei o Toc da Bessatsu :3 Havia alguns mangás que foram citados que eu nem sabia que eram dessa revista, nossa, bacana, e tem a Arakawa né, linda, diva e bovina *-*

    Curtir

  3. eai magazine special posta q tipo de manga? achei interessante o proposito desta revista, por isso q SNK é um sucesso. valeu

    Curtir

  4. Pingback: Table of Contents – Shonen Magazine: Edição #47/2013 | Gekkou Gear

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s